Categorias
Intercâmbio

Faça carreira internacional, mas aprenda inglês primeiro!

Fazer uma carreira internacional, morar no exterior, vivenciar outras culturas, conhecer países diferentes e falar outros idiomas de forma fluente é realmente muito interessante.

Além disso, ao fazer uma carreira internacional, você vai ampliar o seu networking pessoal e profissional, abrir a cabeça para a diversidade mundial e, além de outras vantagens, vai ganhar em moeda estrangeira, mais valorizada do que o nosso Real!

Nesse sentido, uma carreira internacional é bastante concorrida e, independente da área escolhida, você deverá se preparar bastante, com foco e determinação, desde o início da sua vida profissional.

A princípio, para viabilizar o sonho de trabalhar no exterior e construir uma carreira internacional bem sucedida, você vai precisar dominar o idioma do país onde a empresa que deseja trabalhar está localizada.


Carreira internacional e idiomas

 

E quantos mais idiomas você for fluente, maiores as oportunidades de vivência internacional, inclusive, na própria empresa, que pode te transferir para outras filiais ao redor do mundo.

Então, quanto antes você começar a estudar idiomas melhor. Mais rápido você ficará fluente e apto a se comunicar com perfeição, requisito necessário para obter um bom cargo em uma empresa fora do Brasil.

Dessa forma, é mais recomendável que você aprenda o inglês primeiro, pois é uma língua utilizada de forma universal, principalmente nos negócios e no turismo. Depois, você pode seguir aprendendo o espanhol, o alemão, o francês, o chinês, e assim por diante.

Inclusive, há pesquisas que comprovam que quanto mais idiomas você aprende, mais fácil fica para pegar novas línguas. Interessante, não é?!

Assim, a melhor e mais eficiente forma de aprender a falar inglês é, sem dúvida alguma, através de um intercâmbio de idiomas no exterior. 

 

Intercâmbio de idiomas no exterior 

 

Isto porque, além de estudar o idioma com professores qualificados e nativos no idioma, você vai poder se relacionar (em inglês) com os demais estudantes estrangeiros do mundo todo e a população local também.

E ainda, se você ficar hospedado em uma casa de família, vai poder vivenciar o cotidiano de uma família estrangeira, conhecer e entender a sua cultura, seus hábitos e costumes,  o que facilita muito a compreensão da língua e das formas como ela é utilizada.

Geralmente, os cursos regulares de idiomas são voltados para o estudo em todos os níveis, desde o aprendizado mais básico até o aperfeiçoamento mais avançado. Podendo, inclusive, incluir conteúdos específicos para a sua área de atuação: negócios, tecnologia, dentre outros.

A duração mínima do curso de idiomas é de uma semana e a carga horária de aulas é de 15 a 40 horas por semana. 

Entretanto, você ainda pode experimentar fazer um curso de idiomas e ainda trabalhar nas horas vagas em uma empresa internacional. Esta é uma experiência incrível para o desenvolvimento da sua carreira internacional!

 

Intercâmbio para estudar e trabalhar

 

Este tipo de intercâmbio está disponível apenas em alguns países e, dessa forma, tem regras específicas, de acordo com cada destino. De uma forma geral, o estudante tem que ser maior de 18 anos e há uma exigência para a duração mínima do curso de idiomas.

O intercâmbio para estudo e trabalho no exterior é excelente para o desenvolvimento da sua carreira profissional porque além de obter fluência no idioma, você vai se acostumar com o ambiente de trabalho fora do Brasil. 

E assim, poderá adquirir bons hábitos de trabalho, reconhecidos pelo mercado estrangeiro, além de enriquecer o seu currículo profissional com uma vivência no exterior. 

Então, isso vai contar muito lá na frente, quando você se candidatar para aquele tão sonhado emprego no exterior, na sua área de atuação profissional!

Agora, veja o exemplo de um programa para estudar e trabalhar na Nova Zelândia, um dos países mais populares para estudantes brasileiros que querem aprender inglês e obter experiência profissional no exterior.

 

Estudar e trabalhar na Nova Zelândia

 

  • Idade mínima: 18 anos
  • Duração mínima do curso: 14 semanas
  • Carga horária mínima de aulas: 20 horas por semana
  • Tempo do trabalho: durante o período de estudo
  • Horas de trabalho permitidas: 20 horas semanais
  • Média salarial: a partir de NZD 13.75 por hora
  • Visto: o visto de estudante é solicitado no Brasil e já vem com a permissão de trabalho

 

Converse hoje mesmo com nossa equipe e conheça mais sobre nossos programas de intercâmbio que vão te ajudar a construir a sua carreira internacional a partir de agora! Clique aqui e confira!


Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Deixe um comentário