A capital da Nova Zelândia é a segunda maior cidade do país

A capital da Nova Zelândia é a segunda maior cidade do país

Um dos países mais isolado no mundo, considerado ainda uma dos mais seguros para se viver, este território insular tem cerca de 4,8 milhões de habitantes e é um dos destinos mais procurados por intercambistas brasileiros. Conheça mais sobre a capital da Nova Zelândia.

Assim, o país, que é praticamente formado por duas grandes ilhas – do Norte e do Sul, é um dos mais desenvolvidos e suas cidades estão entre as melhores para se viver no planeta! A capital da Nova Zelândia situa-se na Ilha do Norte, junto com a maior cidade do país.

Dessa forma, a capital da Nova Zelândia é Wellington, com 395 mil habitantes, entretanto, a maior cidade da Nova Zelândia é Auckland, que possui cerca de 1,4 milhões de residentes.

Wellington – capital da Nova Zelândia

 

Então, a cidade, que possui excelente infraestrutura, foi fundada no fim da década de 1830 e se tornou a capital do país em 1865, no lugar de Auckland. Como toda cidade costeira, teve o seu desenvolvimento ao longo e a partir do porto e em aterros da faixa litorânea. 

Como foi inicialmente colonizada pela Inglaterra, a Nova Zelândia tem o inglês como uma de suas línguas oficiais, além do Maori e da Língua Neozelandesa de Sinais. Dessa forma, é um excelente destino de intercâmbio para estudar inglês e trabalhar.

Atualmente, Wellington é um relevante centro de negócios na Nova Zelândia e é também um importante polo cultural do país, abrigando museus famosos, grande parte da produção cinematográfica neozelandesa, além do balé e da orquestra sinfônica nacional.

Com aproximadamente 150 anos de história, a capital do país possui uma arquitetura urbana que compreende variados estilos arquitetônicos, desde casas de madeira, passando por edifícios em estilo art déco, neogótico, até modernos edifícios comerciais.

 

Arquitetura e edifícios históricos da cidade

A princípio, o prédio mais antigo é o que abriga o Museu Colonial Cottage, de 1858. Outras construções da cidade, importantes no contexto histórico e cultural do país, são a Capela Futuna,  a Catedral Old St. Paul´s, a igreja de St. Mary of The Angels e a Opera House.

Contudo, merecem destaque ainda, o Bond Store, um edifício em estilo imperial francês, construído em 1892 e que, atualmente, sedia o Museu of Wellington City, e o Wellington Harbour Board Wharf Office, com estilo inglês.

Por outro lado, os edifícios modernos e mais altos da cidade são o Majestic Centre, com 29 andares e 116 metros de altura, e o BNZ Tower, com 103 metros.

Como capital, Wellington sedia os principais edifícios públicos nacionais, como a Biblioteca Nacional da Nova Zelândia e o Parlamento do país, além do importante Museu Nacional da Nova Zelândia Te Papa Tongarewa, que conta a história e “guarda os tesouros do país”.

 

Estudar e trabalhar em Wellington

Portanto, na área da educação, além de várias escolas públicas e privadas de excelente qualidade, a cidade abriga duas importantes instituições de ensino do país: a Universidade Victoria de Wellington e a Universidade Massey.

Igualmente as cidades de Auckland, Christchurch, Queenstown, Wellington oferece ainda, ótimas escolas de idiomas, onde você pode estudar inglês, interagir com a receptiva população e aproveitar toda a excelente qualidade de vida da cidade. 

Além disso, o intercambista brasileiro pode optar por um programa para estudar e trabalhar legalmente no país, o que é uma super vantagem para o aprendizado do idioma e para o crescimento pessoal e profissional. 

Veja abaixo, os detalhe do curso de idiomas que possibilita trabalhar legalmente em Wellington:

 

  • Duração mínima do curso: 14 semanas
  • Carga horária mínima das aulas: 20 horas por semana
  • Período do trabalho: durante o tempo de estudo
  • Carga horária trabalho permitida: 20 horas semanais
  • Remuneração média: a partir de NZD 13.75 por hora
  • Visto: solicitado no Brasil, o visto de estudante já vem com a permissão de trabalho
  • Acomodação: casa de família, residências ou dormitórios estudantis

 

Em conclusão, a Nova Zelândia é um país perfeito para intercâmbio de estudo e trabalho, pois apresenta condições sensacionais para isso, conforme citadas ao longo do texto. Há incríveis opções de intercâmbio nas cidades de Auckland, Wellington, Christchurch e Queenstown. 

Chame nossos consultores por aqui e confira todos os detalhes e as super condições da IE Intercâmbio, para estudar e trabalhar na capital da Nova Zelândia, este incrível país insular!

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email