como-tirar-o-visto-americano

Saiba como tirar o visto americano e descubra quais os tipos

Se o seu destino é os Estados Unidos, você precisa ler esse artigo. Descubra quais as opções e como tirar o visto americano para embarcar nessa experiência. Primeiramente, tire todas as informações sobre dificuldades ou até facilidades, cada caso é um caso, certo?

Então vamos lá. São muitas questões levadas em conta, desde vínculos com o Brasil, respostas no momento da entrevista, preenchimento dos pré-requisitos e isso, obviamente, vai mudar de caso em caso. Por isso, nada de comparações.

Nesse sentido, queremos esclarecer e desmistificar como tirar o visto americano. Primeiramente, tenha muito claro quais são os seus objetivos com essa viagem, o que você pretende com essa temporada no exterior e como isso pode te qualificar e beneficiar. 

Isso vai te ajudar a identificar qual visto você precisa para ingressar no país e que tipo de documentação é necessário para a emissão. 

Antes de falar sobre quais os tipos de visto americano, confere as modalidades de intercâmbio disponíveis para estudo ou trabalho nos Estados Unidos:

 

  • Curso de Idiomas
  • High School
  • Férias Teen
  • Au Pair
  • Universidade
  • Work Experience

 

O primeiro passo para retirada do visto é preencher o formulário de visto DS-160, posteriormente a isso ocorre o pagamento da taxa de visto que é realizado em outro sistema. 

Assim, o próximo passo é agendar a sua visita ao CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto), onde deve levar os documentos requisitados. O processo de entrevista do candidato geralmente ocorre no Consulado, mas isso pode sofrer alterações dependendo da cidade.

Sendo assim, no momento da entrevista, tente ser o mais claro possível com seus objetivos para passar segurança ao entrevistador, bem como tente manter a calma durante o processo.

Após a aprovação do visto americano, você pode retirá-lo na CASV ou mesmo recebê-lo em sua residência.

Confira alguns dos tipos de visto americano e descubra qual corresponde ao seu programa:

 

 

B-1: Visitantes à negócio

 

Esse tipo de visto, como o nome já diz, é para pessoas que viajam para esse destino à negócios. Desse modo, não é um visto de trabalho certo? Inclusive, ele só é emitido quando há a garantia que o viajante não será remunerado por nenhum americano ou fonte do país. Além disso, mediante a garantia de que nenhum trabalhador americano sofrerá um processo de perda de emprego.

 

 

B-2: Visitante à passeio 

 

Com esse tipo de visto o estrangeiro não tem permissão nem de trabalhar nem de estudar no país. Só é permitido cursos de baixa carga horária. Esse visto de turismo equivale a uma validade de 10 anos, certo? Porém, o tempo de permanência que a imigração concede normalmente é de 6 meses, sendo possível uma solicitação de comprovante de tempo da viagem.

 

 

F-1/F-2: Estudante

 

Estudantes que foram admitidos em alguma instituição aprovada pelo Serviço de Imigração precisam desse visto. O estudante precisará comprovar que possui vínculos com seu país de origem, bem como que possui condições financeiras para se manter no exterior. 

Para quem deseja trabalhar no país, o visto é o mesmo, o participante precisa estar em um dos programas de trabalho dos Estados Unidos. Assim, a permissão é concedida pelo empregador e assinado pelo mesmo junto do empregado. Dessa forma, o tempo de permanência no país é concedido baseado na duração do programa que está inserido. 



 

J-1/J-2: Programa de Intercâmbio

 

Isso inclui estudantes de pós-graduação, estrangeiros graduados em medicina buscando pós-graduação ou especialização, seleções de profissionais estagiários, docentes temporários. Mesmo tendo uma nomenclatura de programa de intercâmbio, ele não se aplica para intercambistas que viajam para realizarem cursos de curta duração.

 

 

M-1/M-2: Estudante Vocacional

 

O último visto dessa lista é voltado para estudantes que pretendem frequentar uma universidade ou mesmo outra instituição acadêmica no país.

 

Em suma, hoje você soube como tirar o visto americano e quais os tipos, os quais vão variar dependendo da sua escolha de programa ou mesmo viagem. Por isso, esteja atento a isso e consulte um de nossos consultores IE caso seja necessário, eles estão aptos a tirar todas as suas dúvidas sobre visto e muito mais. 

Além disso, nas modalidades de programas descritas aqui, você encontra outras opções de destinos, certo? Com exceção apenas de Au Pair e Work Experience IE que são programas única e exclusivamente ofertados nos Estados Unidos.

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *