12 tipos de visto americano - viaje sem medo para os EUA

12 tipos de visto americano – viaje sem medo para os EUA

Se você tem vontade de fazer um intercâmbio nos Estados Unidos e tem dúvidas sobre o visto, esse artigo é para você. No decorrer do texto, traremos alguns tipos de visto americano que podem contemplar o seu tipo de programa no exterior.

Logo, pressupõe que para viajar ao país, você precisará desse tipo de documentação, certo? O que influencia na escolha dentre os tipos de visto americano é a sua escolha de intercâmbio, o que impacta diretamente na sua duração no país de destino.

Nesse sentido, os tipos de visto americano se caracterizam como sendo um documento que concede a autorização de entrada de imigrantes nos Estados Unidos, nesse caso, de brasileiros.

Dependendo das condições da viagem, os tipos de vistos dos Estados Unidos variam em relação aos direitos e restrições do passageiro, além de delimitar sua estadia no país norte americano.

Além disso, vale ressaltar que esse visto americano vale para todas as cidades e estados do país, não sofrendo modificações em relação a permissões. Portanto, o que de fato influenciará no seu documento é o seu objetivo de viagem.

Vale lembrar que existem programas de intercâmbio nos Estados Unidos para todas as idades, desde jovens, adolescentes e adultos. A opção do intercâmbio de Férias Teen é um exemplo de programa de curta duração para o público mais jovem, na América do Norte.

Confira abaixo algumas cidades que estão disponíveis para você usufruir da experiência de um intercâmbio nos Estados Unidos:

  • New york
  • Boston
  • Orlando
  • Miami
  • Chicago
  • Los Angeles
  • Fort Lauderdale
  • San Francisco
  • San Diego

Quais são os tipos de visto americano?

  • Visto B1/B2 – Visto de negócio ou turismo
  • E1 – Visto de comerciante
  • E2 – Visto de Investidor
  • Visto EB5 – Investimentos para imigrantes
  • F1 – Visto de estudante
  • H1B – Trabalho para profissionais formados
  • K1 – Visto de noiva/noivo
  • J1 – Visto de intercâmbio
  • O1 – Visto para trabalho com habilidades extraordinárias
  • L1 – Visto para trabalho em multinacionais
  • R1 – Visto religioso
  • P1 – Visto para atletas e artistas

Quais são os principais vistos americanos?

12 tipos de visto americano - viaje sem medo para os EUA

Estudar nos EUA com visto de Turismo – Visto B1/B2

Nesse caso, para quem vai viajar para os EUA com o intuito de visitar e solicita os vistos B1 e B2, é possível realizar apenas estudos informais recreativos.

Na concepção do Departamento de Estado dos Estados Unidos, “estudo recreativo” é aquele que não concede diploma, que não possui carga horária superior a 18 horas semanais e não ultrapassa o período de 3 meses.

Por isso, no momento da entrevista é importante que você deixe claro o seu motivo de viagem primário como sendo o Turismo e o objetivo secundário como sendo o Estudo.

Assim, caso solicitado, apresentar os documentos que comprovem. Fora isso, os vistos B1 e B2 são, normalmente, voltados para Negócios e Turismo, respectivamente.

Estudar nos EUA com visto de Estudo – Visto F1/J1

Esse visto é indicado para os intercambistas que desejam viajar para estudar nos EUA. Nessa classificação, o estudo é permitido de acordo com o curso especificado na carta oficial (I-20 ou DS-2019) ao longo da duração do programa de intercâmbio.

Na hora da entrevista você precisa estar com o documento I-20 ou DS-2019 original em mãos para estar apto para o requerimento do visto de Estudo.

O participante só poderá estudar legalmente nos Estados Unidos durante o período em que o mesmo estiver matriculado. Além de seguir todos os regulamentos do visto e da própria instituição acadêmica.

Assim, o visto americano J1 é destinado para programas de intercâmbio ou treinamento e o visto F1 é indicado para estudantes, sendo possível, em determinados cursos, angariar um visto para trabalhar nos EUA, temporariamente.

Trabalhar nos EUA – Visto J1

Para solicitar um visto de trabalho EUA, se você tem o intuito de trabalhar no país, você precisa estar dentro de um programa de trabalho (Work Experience ou AuPair).

O primeiro é dedicado a estudantes universitários, matriculados e com nível intermediário de inglês. Já o segundo é focado em candidatas do sexo feminino, que tenham fluência no idioma, disponibilidade de no mínimo 12 meses e que queiram ser babá.

Na hora da entrevista você precisa estar com o documento DS-2019 original em mãos para estar apto para o requerimento do visto de Trabalho e Job Offer assinada pelo empregador e empregado (se fornecido pelo programa escolhido).

Nesse sentido, o tempo de permanência do participante no país depende das condições do programa em que ele está inserido. Mas, esse visto de trabalho americano é concedido dentro das modalidades citadas acima, disponíveis na IE.

Turismo nos EUA – Visto B1/B2

Por último, essa opção está destinada para pessoas que pretendem viajar a lazer, negócios ou tratamento médico, por exemplo.

Nessa classificação é importante demonstrar vínculos com o Brasil, vínculos esses que envolvem estudo, trabalho, família, bens, entre outros. Logo, esse visto permite ao viajante entrar e sair dos EUA todas as vezes que pretender durante o período de validade.

Como solicitar um dos tipos de visto americano?

Vistos Americanos Para Viajar

Passaporte dentro da validade

  1. Formulário preenchido
  2. Pagamento
  3. Agendamento da entrevista
  4. Entrevista no CASV
  5. Entrevista no Consulado
  6. Entrega do documento

Esse é o passo a passo para que você dê entrada na solicitação do visto americano. Qualquer tipo de visto que for emitido, é necessário que você siga, na ordem, essa listagem. Por isso, confira abaixo como deve ocorrer cada passo a passo desse.

Passaporte dentro da validade

Esse tipo de documento é necessário para qualquer viagem internacional que você faça, então se você já tá prevendo uma por aí, checa se ele tá na validade. Caso ele esteja, preencha o formulário de renovação no site da Polícia Federal.

Formulário preenchido

Com o passaporte em dia, o próximo passo é preencher o formulário de solicitação online, o DS-160. Este documento está disponível no site do Departamento do Estado Americano, com a opção de tradução para a língua portuguesa.

Ah, quando terminar o processo de preenchimento, por precaução, te recomendamos a imprimir o comprovante de confirmação.

Pagamento

Escolhida a categoria de visto, esse valor pode sofrer alterações. Mas, é nesse momento que você deve realizar o pagamento da taxa de emissão do visto. Além disso, como você precisará comprovar o pagamento da taxa, guarde o comprovante e, se possível, faça uma cópia.

Agendamento da entrevista

Chegou o momento de agendar a entrevista. Isso só deve ocorrer depois do preenchimento do formulário e do pagamento da taxa, certo? Normalmente, esse agendamento é feito de forma online, no site do CASV.

Desse modo, a entrevista do CASV se faz necessária como uma espécie de pré-atendimento do Consulado e, por isso, deve ser realizada antes. Ah, lembre-se de levar todos os seus documentos, até aqueles que não julga ser tão necessário. É o momento de pecar pelo excesso e não pela falta.

Entrevista no CASV

No horário e dia marcado, compareça a entrevista no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto). Leve consigo o documento que comprove o agendamento da entrevista e todos os demais solicitados, como passaporte, comprovante de pagamento da taxa e a confirmação do formulário DS-160.

Durante essa etapa do processo, você terá suas digitais colhidas e fará um registro fotográfico.

Entrevista no Consulado

Agora sim é chegada a entrevista tão aguardada, a do Consulado. É nessa etapa que a maioria das pessoas fica com receio e acabam sendo consumidas pelo nervosismo. Por isso, a primeira dica é: vá seguro! Confie nos seus objetivos e seja verdadeiro com o que você se propôs a fazer.

Mas, lembre-se, a entrevista do Consulado também deve ser marcada. Chegue ao local no dia e horário que selecionou previamente, para que não seja pego de surpresa. Leve todos os documentos desse processo e os demais que são requeridos.

Assim, confira onde ficam os consulados americanos no Brasil:

  • São Paulo
  • Rio de Janeiro
  • Recife
  • Porto Alegre

Entrega do documento

Por fim, a etapa mais esperada: o recebimento do visto. Se você seguiu todos os passos anteriores da melhor forma, as chances de dar certo são consideráveis. Logo, o passaporte com o visto tem um período para chegarem ao seu endereço, então fique tranquilo.

Logo, o prazo dura no máximo até 10 dias normalmente, mas a chance de chegar antes é grande. Depois do recebimento, é só viajar e aproveitar da melhor forma.

Taxas de visto americano

Qual a validade do visto americano?

Tipos de visto EUA

Atualmente, a validade do visto é de 10 anos, se tratando dos vistos mais comumente emitidos. Ou seja, os vistos B1 e B2, de turismo e negócios. Porém, é sempre importante que você se informe sobre a validade do visto que está sendo emitido por você.

Afinal, isso pode variar em alguns casos específicos, se tratando dos objetivos de viagem.

Qual o tipo de visto para morar nos EUA?

Visto trabalho americano

Primeiramente, para morar nos Estados Unidos é necessário possuir o Green Card, certo? Se você ainda não sabe o que é isso, preste bem atenção. Ele é oficialmente chamado de “Cartão de Residência Permanente dos Estados Unidos”.

Ou seja, ele é um visto de residência permanente. Assim, com esse tipo de permissão, você tem praticamente todos os direitos de um cidadão estadunidense. Isso inclui algumas coisas, tais como:

  • Assistência médica;
  • Estudar em qualquer região;
  • Trabalhar em qualquer região;
  • Alugar/comprar residências;

Agora, você deve tá se perguntando como fazer para obter esse tipo de visto, né? Pois bem, a primeira coisa que você precisa saber é que não é simples, muito menos fácil conseguir esse tipo de documento.

Porém, em casos como esses abaixo, você consegue ter a chance de solicitar o famoso cartão verde, se liga só:

  • Possuir algum parentesco norte-americano, com um grau próximo. De preferência, de primeiro grau, pois essa geralmente é a exigência do governo;
  • Casar-se com algum cidadão estadunidense;
  • Ter algum tipo de visto que permite você fazer a solicitação do Green Card (visto EB5, H-1B, L1);

Enfim, é interessante que você primeiro consiga identificar seus objetivos para somente a partir disso, definir o que fará com isso. Agora, se a sua intenção desde o início é residir por tempo indeterminado, pesquise muito sobre e encontre formas legais de fazer isso dar certo.

Entenda os motivos que negam o visto americano

Visto trabalho eua

Em alguns casos, os diversos tipos de visto dos EUA podem ser negados e isso pode acontecer em detrimento de muitos motivos. Porém, para que você não seja pego de surpresa e alguma situação desagradável aconteça, vamos listar os motivos mais comuns pelos quais o visto americano pode ser negado.

  • Falta de confiança e de segurança na entrevistas;
  • Solicitação do tipo de visto errado;
  • Esquecer documentos necessários;
  • Mentir sobre o motivo da viagem;
  • Chegar atrasado na entrevista;
  • Não ter conhecimento do processo;

Em suma, você acabou de conhecer um pouco mais sobre alguns tipos de visto americano e sobre o processo de emissão do documento. Além disso, pôde conferir de que forma você pode conquistar uma estadia permanente no país.

Por isso, a nossa dica agora é a seguinte: se você tem interesse em realizar algum tipo de programa nos Estados Unidos, converse já com um de nossos especialistas. Assim, você encontra, de forma prática e segura, a opção ideal para satisfazer todos os seus objetivos com uma viagem de intercâmbio.

Fale com nossos especialistas via Whatsapp
Fale com nossos especialistas via Whatsapp

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Uma resposta

Deixe uma resposta