Escrito por: Marcelo Melo

Cultura americana: conheça 7 características norte americanas – IE

Conheça a cultura americana, suas principais características e as expressões utilizadas por um nativo no seu dia a dia nos Estados Unidos.

Início » Blog IE Intercâmbio » Cultura americana: conheça 7 características norte americanas – IE

A cultura americana, mundialmente conhecida através de filmes, livros e séries, é uma das opções mais procuradas entre viajantes que desejam viver a experiência do intercâmbio.

E não é só a cultura americana da telinha que chama a atenção, mas também o que ela diz a respeito da construção do patriotismo ao longo dos anos e o que ele representa ao país.

Se interessou pelo assunto? Então continue com a leitura para entender tudo sobre como é, na prática, a vivência da cultura americana e como você também pode ter tudo isso!


Entendendo a cultura americana e sua origem

Assim como tantas outras, a cultura americana também é formada pela união de diferentes povos durante sua colonização, e claro, seu desenvolvimento a partir de sua independência.

Habitado por povos indígenas como os primeiros ocupantes do território, o país ainda foi colonizado por holandeses, espanhóis, franceses e ingleses.

E foi graças aos ingleses, que hoje enxergamos a cultura americana como ela é, de fato.

Na bandeira, tão utilizada com orgulho pelos patriotas, podemos observar as 13 faixas, branco e vermelho, que representam as 13 colônias estabelecidas pelos britânicos.

Essas colônias, que foram estabelecidas entre os séculos XVII e XVIII trazem nomes que podem ser facilmente reconhecidos nos dias atuais, como:

  1. Província da Carolina do Sul;
  2. Província da Geórgia;
  3. Província de Maryland;
  4. Colônia de Domínio da Virgínia;
  5. Província da Carolina do Norte;
  6. Colônias de Delaware;
  7. Província de New Jersey;
  8. Província da Pensilvânia;
  9. Província de Nova Iorque;
  10. Colônia de Rhode Island;
  11. Colônia de Connecticut;
  12. Província de New Hampshire;
  13. Província da Baía de Massachusetts.

A independência do país, também conhecida como revolução americana, foi declarada em 4 de Julho 1776 pelos colonos, que já não estavam contentes com a exploração inglesa.

São 50 os estados dos Estados Unidos que hoje compõem o grande território, em que o país faz fronteira com outros 2 grandes países, como Canadá e México.

Assim como as 13 faixas representam as 13 províncias estabelecidas, a bandeira americana também eternizou os 50 Estados do país, representados por 50 estrelas.


A cultura dos Estados Unidos: quais são os costumes dos americanos

Por toda a junção de diferentes povos e em diferentes momentos da história, a cultura americana se torna um grande diferencial para quem deseja uma experiência nova.

Principalmente para pessoas que desejam aprender Inglês de forma nativa, vivendo a cultura no dia a dia e aprendendo um pouco mais sobre o país.

E, por falar em cultura dos Estados Unidos, separamos algumas das características mais marcantes que o norte americano costuma apresentar e como funciona por lá.

Pontualidade e hora marcada

Assim como seus colonizadores ingleses, que carregam a fama da pontualidade extrema, o norte americano também não gosta de atrasos.

É muito comum você encontrar eventos profissionais e até mesmo sociais com hora marcada, tanto para o início, quanto para o fim. Bem cultura americana mesmo.

Eles levam a pontualidade tão a sério, que dificilmente você receberá uma visita de um americano sem um aviso prévio com o horário informado.

Sendo assim, é de bom tom que, em caso de necessidade de atraso ou não comparecimento, você avise a todos os envolvidos com antecedência.

Aprimore seu inglês nos EUA com a IE!

Gorjetas

Diferentemente de alguns países, a cultura dos Estados Unidos enxerga a gorjeta como uma obrigação do cliente.

O valor do pagamento pode variar para cada estado dos Estados Unidos, mas é sempre esperado.

Pessoas que optam por não dar gorjeta ao final do serviço são mal vistas pelo norte americano que esteja   presente, podendo passar uma imagem ruim.

A gorjeta faz parte de uma forte cultura de meritocracia, onde é comum perceber que os americanos valorizam resultados, entrega e bom trabalho como parâmetro.

Por isso, a gorjeta é uma ação opcional em restaurantes, táxis e bares, mas é vista como uma obrigação entre cliente e prestador de serviço norte americano.

Consumismo

Como a produção americana é realizada em larga escala, é possível dizer que quase tudo nos Estados Unidos é produzido em grandes quantidades.

Consequentemente, as pessoas que residem no país, acabam se tornando muito mais consumistas e tendo uma rotatividade de produtos muito maior.

Por cultura, o norte americano tem o hábito de jogar no lixo as coisas que estão velhas, não importando o tempo de uso que isso represente. 

Atitudes assim explicam porque muitos lixos americanos estão quase sempre lotados de móveis, roupas e até eletrônicos que estão “ultrapassados”.

High School gratuito e College pago

Em todos os estados dos Estados Unidos é comum encontrar um número muito maior de estudantes de colégio público no ensino médio, do que matriculados em escolas privadas.

Isso ocorre, pois na cultura dos Estados Unidos, o povo se envolve com assuntos públicos, exigindo sempre o melhor para os serviços de senso comum.

A educação até o ensino médio, também conhecido como high school, é uma dessas áreas.

Boa parte dos estudantes estudam em escolas públicas de qualidade. Instituições particulares existem, mas cobram altos valores, limitando uma classe específica de famílias.

Já as instituições de ensino superior, que também são chamadas de college, são todas pagas, independente do tamanho do prestígio que conquistou.

Existem opções mais em conta, como as comunitárias, mas sempre pagas. Assim como ocorre com grandes nomes, como Harvard, Princeton, Yale, etc.

O norte americano leva a educação a sério, e por isso, boa parte das famílias já começa a juntar dinheiro para a faculdade a partir do nascimento das crianças.

Não usar lixeira no banheiro

Não importa em quais estados dos Estados Unidos você esteja, em qualquer banheiro que entrar, você não vai achar uma lixeira. É unânime.

Americanos não utilizam lixeiras em banheiros, pois o encanamento tem o propósito de receber todo o descarte de papel higiênico dos moradores.

Patriotismo

Não são somente os doces de Halloween que representam a cultura americana nos filmes. A figura do Capitão América demonstra isso há anos.

É muito comum encontrar enredos com personagens super fortes, prontos para salvar a nação e que sempre estejam representados por alguma referência norte-americana.

Isso ocorre, graças ao patriotismo que já é ensinado desde cedo às crianças, que entendem a importância de sentir orgulho do seu país.

O feriado de 4 de Julho, por exemplo, representa a liberdade dos Estados Unidos e também é seu feriado mais importante do ano.

Durante todo o dia 4, todos os americanos se unem, se vestem com as cores da bandeira americana e celebram o famoso Independence Day of The Fourth of July.

Outros feriados também são muito importantes para a cultura americana, que também representam sua gastronomia como ninguém:

  • Thanksgiving, que oferece pratos típicos, como pumpkin pie (torta de abóbora), mashed potatoes (purê de batatas), gravy (molho de carne), entre outros.
  • Doces de Halloween? Gostosuras ou travessuras. A data representa o dia das bruxas e é um momento de diversão para todas as idades.
  • O Natal, muito famoso na cultura americana através dos filmes com seus gingerbread (biscoitos de gengibre), cookies e leites para o Papai Noel.
  • St Patrick ‘s Day, sempre comemorado com desfiles, muita bebida e comida.

Viu? Não é só de doces de halloween e apple pie que se vive a cultura dos Estados Unidos.

Hambúrguer everywhere

Diferente dos churrascos brasileiros com diferentes tipos de carne, o churrasco americano precisa, obrigatoriamente, ter hambúrguer.

Sim, eles usam a churrasqueira para grelhar o hambúrguer, que eles consideram um churrasco. Da mesma forma, também grelham vegetais e outros alimentos.

A paixão do norte americano pelo hambúrguer passa pelo patriotismo. Afinal, a iguaria é uma invenção dos Estados Unidos, e por isso, aclamada sempre que possível.


Expressões que um norte americano fala no dia a dia

Além da gastronomia, a cultura americana também é representada por expressões cotidianas, que nem sempre são aprendidas em cursos de Inglês no Brasil.

Mas isso é muito comum e não é um grande problema. Afinal, quando um norte americano vem ao Brasil, ele também só começa a entender nossa forma de falar, com o convívio.

Pensando em facilitar a sua vida e incentivar um pouquinho a mais, a sua ideia de realizar seu intercâmbio para os Estados Unidos, decidimos separar algumas expressões também.

Cada expressão tem sua tradução e poderá te ajudar a já começar a treinar para a viagem:

  1. “Good Call”: Usada quando você quer demonstrar que gostou da ideia de alguém;
  2. “No hard feelings”: Utilizada quando alguém se desculpa e você quer dizer que está tudo bem;
  3. “So far, so good”: Usada quando você quer dizer que está tudo bem, pelo menos até aquele momento específico;
  4. “Big deal”: Pode ser utilizado como uma expressão de algo importante, como “Uau, que importante”, mas também pode ser utilizado em tom sarcástico, representando o oposto, como “Ok, grande coisa”.
  5. “Go ahead”: É normalmente utilizado para incentivar alguém a continuar uma ação, como quem diz “continue, pode ir”.

Cultura americana: tenha a melhor experiência com a IE

A cultura americana, como você pôde perceber, é riquíssima e muito diferente do que os brasileiros estão acostumados.

Agora que você já sabe que a cultura dos Estados Unidos vai muito além dos doces de Halloween e da Apple Pie, que tal viver um pouco disso na sua rotina?

No dia a dia, essa diferença cultural pode ser a responsável por uma experiência inesquecível, que irá somar para o seu desenvolvimento profissional, social e pessoal.

Além da cultura dos Estados Unidos, o país também oferece uma qualidade de vida excelente, o que explica o maior interesse entre muitos imigrantes.

Afinal, ao conhecer uma nova forma de viver a partir da ótica de outra pessoa, você expande seus horizontes e se permite a múltiplas possibilidades. O céu é o limite!

Quer viver, na pele, a experiência sem igual da cultura americana em um ambiente nativo? Então deixa com a gente! Os profissionais da IE vão preparar todo o caminho com você!

Fale com nossos especialistas via Whatsapp