Escrito por: Marcelo Melo

Espanhol da Espanha e o espanhol latino: entenda as diferenças

Que o espanhol é um dos idiomas mais falados do mundo, isso todos nós sabemos, não é mesmo? Mas você …

Início » Blog IE Intercâmbio » Espanhol da Espanha e o espanhol latino: entenda as diferenças

Que o espanhol é um dos idiomas mais falados do mundo, isso todos nós sabemos, não é mesmo? Mas você sabia que existem tipos de espanhol no mundo? Isso mesmo, o espanhol da Espanha e espanhol latino! 

E você sabe a diferença entre o espanhol da Espanha e espanhol latino? Continue lendo este artigo que você irá descobrir as principais diferenças! 

O espanhol da Espanha e espanhol latino possuem características muito marcantes, sendo até considerado fácil fazer a distinção de ambos.

Qual a diferença entre o espanhol da Espanha e espanhol latino? 

A primeira curiosidade que devemos saber é que a Espanha e quase todos os países da América Latina possuem a mesma língua oficial: o castellano, conhecido popularmente como o “espanhol”. 

Todavia, cada país tem sua particularidade em relação às características e expressões da língua. Isso pode se dar ao fato de que na época da colonização, esse processo acontecia de formas diferentes em cada país. 

Uma das características do espanhol da Espanha que o diferencia do espanhol de outros países é o uso do “vosotros”, por exemplo. Nos outros países, essa conjugação raramente é usada. 

Abaixo, separamos os países e regiões para facilitar o seu entendimento das diferentes características do espanhol.

Espanhol na Espanha

No espanhol da Espanha a pronúncia do “Z” e do “S” é diferenciada. O “S” no espanhol da Espanha tem o mesmo som do nosso “S” em palavras como “Sopa” ou “Sapo”. Já o “Z” tem um som parecido com o “th” em inglês. É necessário morder a língua para falar. 

América do Sul

Mesmo havendo semelhanças entre os tipos de espanhol falados nos países da américa do sul, cada país tem suas particularidades. 

A Venezuela, por exemplo, fala um espanhol muito tradicional e “correto” na sua capital, mas as regiões do interior possuem sotaques marcados.

No Peru e Equador, muitas palavras são puxadas para o portugês. Já no Chile, eles utilizam frequentemente muitas gírias próprias. 

Olhando para a Argentina, Uruguai e Paraguai o “Y” de palavras como “yo” (eu) ou “desayuno” (café da manhã) tem um som mais próximo do nosso “x”.  

México e América Central

O México tem uma grande população indígena. E por isso, o espanhol mexicano um sotaque um pouco mais “rápido”

E isso vale para o resto dos países da América Central também, por conta dos povos pré-colombianos que habitavam ali.

Caribe

O espanhol caribenho se diferencia dos demais por ter tido, em sua formação, uma grande influência de populações negras de distintas regiões da África.

Por isso, em países como Cuba, República Dominicana e Porto Rico, o “sotaque africano” é muito forte.


E as diferenças de vocabulário? 

Existem muitas palavras que diferenciam o espanhol da Espanha e espanhol Latino, e  que apresentarão diferentes nomes para as mesmas coisas, aqui vamos te dar alguns exemplos:

Ônibus

  • Espanha = autobús
  • Colômbia = bus
  • México = camión
  • Porto Rico e República Dominicana = guagua
  • Argentina = colectivo

Caneta

  • Espanha = bolígrafo ou só “boli”
  • México = pluma
  • Colômbia = esfero
  • Argentina = lapicera

Estar de ressaca

  • Espanha = tener resaca
  • México = tener cruda
  • Colômbia = tener guayabo
  • Chile = tener caña

Agora que você já sabe sobre a diferença entre o espanhol da Espanha e espanhol Latino, que tal planejar a sua viagem para um desses destinos? Entre em contato para conhecer mais sobre nossos programas!