Escrito por: Marcelo Melo

Gírias americanas: conheça as principais e saiba usá-las

Quando viajamos para os Estados Unidos para estudar inglês, é comum não entendermos algumas palavras, expressões idiomáticas e gírias americanas. …

Início » Blog IE Intercâmbio » Gírias americanas: conheça as principais e saiba usá-las

Quando viajamos para os Estados Unidos para estudar inglês, é comum não entendermos algumas palavras, expressões idiomáticas e gírias americanas.

Isto porque os americanos utilizam o seu idioma de maneira bem ampla, diversificada e informal, com muitas abreviações e contrações de palavras. Além de muitas gírias americanas para se expressar.

Nesse sentido, as gírias americanas são maneiras informais de expressar o significado de lugares, ações, palavras, sentimentos, dentre outros.

São realmente muito utilizadas e refletem a cultura e os costumes de cada lugar nos Estados Unidos. Assim, a compreensão das gírias americanas é fundamental para o aprendizado do idioma americano, bem como, para alcançar a proficiência verbal.

Vejamos então, as principais gírias e expressões americanas mais usadas atualmente, para aprimorar ainda mais o seu aprendizado de inglês.

Gírias americanas

  • Attitude: é muito comum e utilizada em referência a alguém que é esnobe ou arrogante. Exemplo: He is having an attitude today!
  • Badass: é a pessoa que manda bem no que faz, no trabalho, nos esportes etc. Tão bom que chega a intimidar os demais. Exemplo: Lebron James is a badass!
  • Bail: significa cancelar planos ou encontros para fazer outra coisa. Exemplo: I will have to bail on you because I need to finish my homework.
  • Cool: pode ser utilizada em forma de aprovação, tipo I’m cool with this, ou para designar alguém bem legal, gente boa, descolado. Exemplo: He is so cool!
  • Chill: “relax”, indica tranquilidade, estar relaxado. Exemplo: I’m chill (tô tranquilo) e chill out dude (relaxe cara)!

Como e onde aprender as gírias americanas

Uma pequena pausa na lista de gírias americanas para lembrar que a melhor forma de aprender as expressões informais é através de um intercâmbio para estudar inglês nos EUA.

Porém, você também pode treinar muito assistindo filmes, programas e ouvindo músicas! Continue lendo a relação.

  • Dude: forma de fazer referência a outro homem, da mesma maneira como utilizamos “cara” em português. Exemplo: Hey dude (e aí cara?!)
  • Goat: significa o Greatest of all Time (melhor de todos os tempos). Geralmente utilizada para pessoas. Ex. Mick Jagger is the goat!
  • I don’t buy that: significa que você não acredita naquilo, não compra a ideia, não vai rolar. Exemplo: I don’t buy that idea of going out alone.
  • Nuts: pessoa que não bate bem da cabeça, maluco. Exemplo: Are you nuts? (Você está maluco?)
  • Piece of cake: significa fácil de fazer, uma moleza, literalmente um pedaço de bolo! Exemplo: The test was piece of cake (a prova foi moleza!)
  • Redneck: é um termo negativo. Inicialmente, surgiu como referência ao homem do campo, colono e aculturado, que por passar muito tempo no sol possui a “nuca vermelha”. Serve para indicar alguém muito limitado culturalmente e/ou desinformado. Exemplo: Johnson is a redneck!
  • Slay: serve para mostrar que você está impressionado com a performance de outra pessoa, que faz algo muito bem. Exemplo: Britney Spears slays in her performance!
  • Spill the tea. Na tradução literal “cuspa o chá”. Mas como expressão idiomática significa fofoca, notícias “quentes”, geralmente futilidades. Exemplo: Spill the tea; what ‘s the tea?
  • Wack: alguma coisa ou alguém abaixo das expectativas. Exemplo: The show was wack tonight!
  • Weirdo: na linguagem informal, quer dizer uma pessoa estranha, esquisitona, excêntrica. Ex. Bob is a weirdo!

Então, se amarrou nas incríveis dicas de gírias americanas? Agora fica mais fácil para você se entrosar com a galera local e mandar ver no aprendizado do inglês. Entre em contato hoje mesmo para ver as opções mais maneiras de intercâmbio nos EUA!

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Deixe um comentário