Escrito por: Marcelo Melo

Gírias americanas: conheça as principais e saiba usá-las

Quando viajamos para os Estados Unidos para estudar inglês, é comum não entendermos algumas palavras, expressões idiomáticas e gírias americanas. …

Início » Blog IE Intercâmbio » Gírias americanas: conheça as principais e saiba usá-las

Quando viajamos para os Estados Unidos para estudar inglês, é comum não entendermos algumas palavras, expressões idiomáticas e gírias americanas.

Isto porque os americanos utilizam o seu idioma de maneira bem ampla, diversificada e informal, com muitas abreviações e contrações de palavras. Além de muitas gírias americanas para se expressar.

Nesse sentido, as gírias americanas são maneiras informais de expressar o significado de lugares, ações, palavras, sentimentos, dentre outros.

São realmente muito utilizadas e refletem a cultura e os costumes de cada lugar nos Estados Unidos. Assim, a compreensão das gírias americanas é fundamental para o aprendizado do idioma americano, bem como, para alcançar a proficiência verbal.

Vejamos então, as principais gírias e expressões americanas mais usadas atualmente, para aprimorar ainda mais o seu aprendizado de inglês.

Gírias americanas

  • Attitude: é muito comum e utilizada em referência a alguém que é esnobe ou arrogante. Exemplo: He is having an attitude today!
  • Badass: é a pessoa que manda bem no que faz, no trabalho, nos esportes etc. Tão bom que chega a intimidar os demais. Exemplo: Lebron James is a badass!
  • Bail: significa cancelar planos ou encontros para fazer outra coisa. Exemplo: I will have to bail on you because I need to finish my homework.
  • Cool: pode ser utilizada em forma de aprovação, tipo I’m cool with this, ou para designar alguém bem legal, gente boa, descolado. Exemplo: He is so cool!
  • Chill: “relax”, indica tranquilidade, estar relaxado. Exemplo: I’m chill (tô tranquilo) e chill out dude (relaxe cara)!

Como e onde aprender as gírias americanas

Uma pequena pausa na lista de gírias americanas para lembrar que a melhor forma de aprender as expressões informais é através de um intercâmbio para estudar inglês nos EUA.

Porém, você também pode treinar muito assistindo filmes, programas e ouvindo músicas! Continue lendo a relação.

  • Dude: forma de fazer referência a outro homem, da mesma maneira como utilizamos “cara” em português. Exemplo: Hey dude (e aí cara?!)
  • Goat: significa o Greatest of all Time (melhor de todos os tempos). Geralmente utilizada para pessoas. Ex. Mick Jagger is the goat!
  • I don’t buy that: significa que você não acredita naquilo, não compra a ideia, não vai rolar. Exemplo: I don’t buy that idea of going out alone.
  • Nuts: pessoa que não bate bem da cabeça, maluco. Exemplo: Are you nuts? (Você está maluco?)
  • Piece of cake: significa fácil de fazer, uma moleza, literalmente um pedaço de bolo! Exemplo: The test was piece of cake (a prova foi moleza!)
  • Redneck: é um termo negativo. Inicialmente, surgiu como referência ao homem do campo, colono e aculturado, que por passar muito tempo no sol possui a “nuca vermelha”. Serve para indicar alguém muito limitado culturalmente e/ou desinformado. Exemplo: Johnson is a redneck!
  • Slay: serve para mostrar que você está impressionado com a performance de outra pessoa, que faz algo muito bem. Exemplo: Britney Spears slays in her performance!
  • Spill the tea. Na tradução literal “cuspa o chá”. Mas como expressão idiomática significa fofoca, notícias “quentes”, geralmente futilidades. Exemplo: Spill the tea; what ‘s the tea?
  • Wack: alguma coisa ou alguém abaixo das expectativas. Exemplo: The show was wack tonight!
  • Weirdo: na linguagem informal, quer dizer uma pessoa estranha, esquisitona, excêntrica. Ex. Bob is a weirdo!

Então, se amarrou nas incríveis dicas de gírias americanas? Agora fica mais fácil para você se entrosar com a galera local e mandar ver no aprendizado do inglês. Entre em contato hoje mesmo para ver as opções mais maneiras de intercâmbio nos EUA!

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio