Categorias
Intercâmbio

Conheça o idioma da Suíça e surpreenda-se: são 4 oficiais!

Este pequeno país europeu tem quase nove milhões de pessoas, é um dos mais ricos e ainda sedia as fábricas dos melhores chocolates do mundo! Então, você sabe qual o idioma da Suíça?

Na verdade, há mais de uma língua falada na Suíça, e, neste artigo, vamos mostrar para você todos eles, para você decidir qual idioma da Suíça prefere estudar no intercâmbio para este país tão interessante e multicultural

Nesse sentido, além do francês, do italiano e do romanche, o idioma da Suíça que é mais falado pela população é o alemão! Assim, você pode fazer um intercâmbio para estudar mais de um idioma no mesmo país!

Isto porque, historicamente, o país foi formado por regiões diferentes, ou cantões. E estes tinham autonomia e soberania sobre seu território, com costumes próprios, economia, exército e, por conseguinte, o idioma também.

Dessa forma, o país não é uma nação unificada e sim, uma federação de estados, que não formam, necessariamente, uma identidade cultural e étnica comum. Tampouco com relação ao idioma oficial da Suíça.

Com isso, as 4 línguas faladas na Suíça são consequências das influências culturais e linguísticas dos países fronteiriços, como a Itália, a Alemanha, a França, a Áustria e Liechtenstein.

Por isso, pode-se dizer que existem “4 Suíças” que, além da língua falada, têm características culturais específicas.

Assim, o país conta com uma diversidade cultural linguística interessante, que é um grande diferencial para programas de intercâmbio de idiomas na Europa!

  • Alemã – compreende a região próxima a Alemanha, Liechtenstein e Áustria;
  • Romanda – a região perto da França;
  • Italiana – na área próxima a Itália;
  • Romanche – prioritariamente na região dos Grisões;

Agora, vamos conhecer os idiomas falados na nas regiões da Suíça, de acordo a com a sua localização geográfica.


Idioma da Suíça falado por região

  • Alemão – falado nas regiões norte, centro e leste do país;
  • Francês – utilizado na região oeste da Suíça;
  • Italiano – o italiano é falado no sul do país, sobretudo na região de Ticino;
  • Romanche – o romanche é falado na região dos Grisões, na parte sudeste da Suíça

Alemão

Utilizado por cerca de 300 milhões de pessoas no mundo. Assim, também pode-se dizer que o alemão é a principal língua oficial da Suíça, pois é amplamente falado pela maioria da população, ou seja, mais de 65% dos habitantes do país.

Falado em 17 dos 26 cantões da Suíça, entretanto, o alemão suiço pode ser um pouco diferente do alemão falado na Alemanha e mais desafiador para aprender.

Isto porque a região ainda possui vários dialetos que apresentam maneiras diferentes de falar e escrever.

Zurique, a maior cidade suíça encontra-se nessa área e dessa forma, seu idioma principal é o alemão.

Francês

Em seguida, a língua normanda é a segunda mais falada na Suíça, presente no oeste do país, nos cantões de Genebra, Vaud, Neuchâtel, Jura, Berna, Valais e Friburgo.

Assim, na região, estão as belíssimas cidades de Genebra, Lausanne e Berna. Cerca de 20% da população utiliza o francês como idioma oficial.

Italiano

É a principal língua da região sul da Suíça, abrange o cantão do Ticino, e parte do Cantão de Grisões. A cidade de Lugano é uma das mais populares nesta região, onde cerca de 7% da população nacional fala italiano como idioma oficial.

Romanche

O Romanche é uma língua que teve origem no latim, que era falado pelos romanos que habitaram a região no passado. Atualmente, cerca de 40 mil pessoas, predominantemente no Cantão dos Grisões, ainda utilizam esta língua como principal forma de se comunicar na Suíça.

Contudo, saiba que o inglês, como língua internacional universal, é amplamente falado na Suíça e pode ser utilizado como meio de comunicação também!

Agora que você já conhece as línguas que são faladas como idioma da Suíça, que tal embarcar para um super intercâmbio e aprender dois idiomas ao mesmo tempo? Legal, né?! Fale conosco aqui e veja todos os detalhes desta incrível oportunidade!


Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Deixe um comentário