Categorias
Intercâmbio

Intercâmbio e carreira: veja as vantagens para quem faz

Uma das viagens mais significativas para o seu desenvolvimento pessoal e profissional é um programa de estudos no exterior. Vejamos abaixo, as vantagens e a relação de intercâmbio e carreira profissional que você escolheu.

A princípio, programas de intercâmbio e carreira profissional têm uma relação bem definida, ou seja, a maioria dos estudantes busca fazer intercâmbio e aprender idiomas para aprimorar a sua carreira profissional internacional.

Dessa forma, programas de intercâmbio e carreira internacional bem sucedida são relacionados pela motivação que os estudantes têm para crescer profissionalmente e pessoalmente.

Intercâmbio e carreira profissional

Atualmente, todos sabemos da importância da fluência em inglês para atuar no mercado profissional, em qualquer área, de qualquer país. Isto porque, o idioma inglês é oficialmente utilizado como língua padrão nos negócios. E ainda, é a língua oficial da internet também.

Então, um intercâmbio para aprender inglês no exterior pode alavancar bastante a sua carreira, a partir do momento que possibilita grande desenvolvimento pessoal e profissional, além de outros benefícios importantes.

Vamos, então, ver abaixo, alguns dos principais benefícios do intercâmbio para estudar e, eventualmente, trabalhar no exterior.


Principais vantagens do intercâmbio

  • Promove a ampliação da rede de relacionamentos internacionais
  • Ajuda no aprimoramento do currículo profissional
  • Proporciona o aumento da independência, da maturidade e da autonomia
  • Traz melhorias para a fluência no idioma
  • Viabiliza o conhecimento de uma nova cultura
  • Possibilita uma vivência internacional enriquecedora
  • Motiva o desenvolvimento de um perfil profissional adaptável a mudanças
  • Promove a compreensão e o respeito à da diversidade

Sobretudo, os programas que incluem a possibilidade do estudante trabalhar enquanto estuda são, ainda, mais eficientes para o aprendizado do idioma, assim como, para o desenvolvimento da sua carreira profissional.

Intercâmbio com trabalho

Isto porque, a interação vivenciada em um ambiente de trabalho é bem diferente das relações entre colegas, em sala de aula. No ambiente de trabalho, o estudante vai aprender a lidar com a hierarquia entre o chefe e seus pares, aumentando a maturidade profissional.

E, dependendo do tipo de trabalho, vai precisar se comunicar intensa e claramente com clientes e demais pessoas estranhas, o que favorece a perda da timidez e traz autoconfiança e proatividade.

Também, no exterior, vai conhecer técnicas e formas de trabalho diferenciadas que, ao retornar ao seu país ao término do programa, podem ser vantagens competitivas em seu ambiente de negócios.

Além disso, trabalhar no exterior promove o desenvolvimento da capacidade de adaptação ao novo e diverso, tão importante para profissionais bem sucedidos no mercado de trabalho atual.

Sem dúvida, o intercâmbio no exterior proporciona o desenvolvimento de um perfil pessoal e profissional diferenciado e com grande destaque no mercado de trabalho.

Por último, mas não a última das vantagens do intercâmbio para estudar e trabalhar no exterior, é a possibilidade de você ganhar em moeda estrangeira e economizar uma boa grana, para ajudar a pagar as despesas da viagem ou, ainda, fazer aquela viagem maneira!

Estudar e trabalhar no exterior – como funciona

Nesse sentido, os programas para estudar e trabalhar no exterior são aqueles em que o estudante pode trabalhar nas horas de folga dos estudos.

Entretanto, é preciso que ele esteja matriculado em um curso de inglês com duração e carga horária mínima, que podem variar de acordo com o destino escolhido.

Veja 5 exemplos de incríveis destinos dos nossos programas especiais de intercâmbio para estudar inglês e trabalhar no exterior.

Austrália

  • Duração mínima do curso: 14 semanas
  • Carga horária mínima: 20 horas por semana
  • Tempo do trabalho: Durante o período de estudo
  • Horas de trabalho permitidas: 20 até 40 horas por semana durante as férias e feriados

Irlanda

  • Duração mínima do curso: 25 semanas
  • Carga horária mínima: 15 horas por semana
  • Tempo do trabalho: Durante o período de estudo
  • Horas de trabalho permitidas: 20 até 40 horas/semana durante as férias e feriados

Dubai

  • Duração mínima do curso: 12 semanas
  • Carga horária mínima: 15 horas por semana
  • Tempo do trabalho: Durante o período de estudo
  • Horas de trabalho permitidas: Ilimitado

Malta

  • Duração mínima do curso: 14 semanas
  • Carga horária mínima: 15 horas semanais
  • Tempo do trabalho: Durante o período de estudo, após 13 semanas
  • Horas de trabalho permitidas: Média de 20 horas por semana

Nova Zelândia

  • Duração mínima do curso: 14 semanas
  • Carga horária mínima: 20 horas/semana
  • Tempo do trabalho: Durante o período de estudo
  • Horas de trabalho permitidas: 20 horas/semana

Em conclusão, se você quer dar um gás no seu desenvolvimento profissional, um intercâmbio para estudar no exterior é uma excelente alternativa para alavancar o seu crescimento pessoal e profissional, além de valorizar o seu passe!

Como citado acima, há uma forte relação entre intercâmbio e carreira profissional, então, não perca tempo! Agende o seu programa para estudar no exterior e garanta um futuro promissor para você! Contate-nos hoje mesmo!

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Deixe um comentário