Pós-graduação em Portugal - 5 dicas para cursar o ensino superior

Pós-graduação em Portugal – 5 dicas para cursar o ensino superior

Primeiramente, a potencialização de um currículo abre portas para novas oportunidades dentro do mercado de trabalho, seja dentro do Brasil ou fora. Logo, a pós-graduação em Portugal é uma opção que abrilhanta os olhos de quem deseja estudar fora e crescer profissionalmente.

Por isso, hoje vamos falar sobre esse assunto aqui no blog. Afinal, uma experiência internacional, seguido de uma especialização, é um boom e tanto no currículo. Nesse sentido, a pós-graduação em Portugal faz parte dos objetivos de diversos profissionais.

Além da possibilidade do estudante de fazer uma pós-graduação em Portugal, o país oferece outras modalidades de intercâmbio que também se encaixam dentro desse segmento, digamos assim.

São essas as opções de modalidades:

 

  • Graduação;
  • Pós-Graduação;
  • MBA;
  • Cursos de Especialização;
  • Mestrado;
  • Doutorado;

 

Se você não sabe como escolher o curso ou o tipo de programa, provavelmente esse conteúdo te ajude a encontrar a melhor opção para você, aquela que mais se encaixa dentro das suas preferências e objetivos. 

Dessa forma, muitos escolhem fazer um intercâmbio em Portugal pela facilidade, seja na comunicação ou mesmo no processo de aplicação. O custo de vida, facilidade na emissão de visto, opções atrativas para estudantes e instituições mais acessíveis e renomadas são outros influenciadores para tomada de decisão.

Por isso, a pós-graduação em Portugal é uma forma de você tornar suas habilidades mais práticas, além de mais específicas. Logo, especialmente em áreas de negócios e marketing, o mercado de trabalho no país é bem exuberante.

Assim, é possível, inclusive, encontrar muitos brasileiros no país. Há quem não queira voltar para o Brasil e, por conta das relações históricas, culturais e econômicas, se sente abraçado e bem recepcionado pelos portugueses.

5 dicas para cursar uma pós-graduação em Portugal

 

 

Perfil dos cursos

 

Apesar do ensino em Portugal ser extremamente significante e de qualidade, os cursos de ensino superior no Brasil são mais profundos, com um nível de detalhamento maior que os do exterior. Nesse sentido, a dica é para você ter ciência de como está definido o conteúdo programático e saber identificar o que é necessário para o seu aprendizado.

Por isso, não escolha um curso logo de cara, identifique os perfis, compare com o seu e aí sim tome a decisão. Tenha certeza que ela será muito mais embasada do que uma decisão baseada em um contexto mais geral.

 

 

Atente-se aos prazos 

 

Normalmente os cursos em Portugal dão início em Setembro, certo? Porém, alguns cursos podem começar em períodos distintos desse. Afinal, cada escola possui um tipo de burocracia própria e sua política de aplicação pode sofrer variações também. Por isso, é de extrema importância que você consiga estar a par de todo o processo da instituição.

 

 

Carta de motivação e recomendação

 

As cartas de motivação e recomendação são documentos solicitados, em suas maioria, pelas instituições de ensino, como forma de cumprir parte do processo de aplicação. Porém, lembre-se, na carta de motivação é importante que você seja o mais sincero possível e redija de forma clara todas as suas intenções.

Além disso, na carta de recomendação, que é feita normalmente por pessoas do corpo docente da sua universidade no Brasil, deve conter uma breve descrição de orientação e reconhecimento mediante suas atitudes e intenções. 

 

 

Pagamento de propinas

 

As propinas nada mais são do que as mensalidades que você irá pagar durante o seu estudo. O que vai mudar esse valor é o período de duração do curso, obviamente. É comum que o tempo seja diferente do Brasil, levando um curso de pós-graduação em Portugal a durar menos tempo. 

Mas, é importante que você saiba o quanto quer investir, pois dessa forma será mais fácil conduzir o processo. Óbvio que nem sempre é possível seguir a risca essas previsões de investimento, mas dá pra ter uma boa noção. 

 

 

Pesquise sobre o NIF

 

O famoso número de identificação fiscal, NIF, é como se fosse uma espécie de CPF brasileiro, sabe? Antes de sair do Brasil, pesquise sobre esse tipo de informação, é necessário enquanto estudante que você saiba como proceder diante dessa solicitação. Mas o que é NIF? Então, o documento é necessário para que você consiga abrir uma conta bancária no país.

Não se engane achando que isso pode não ser necessário, certo? Às vezes, alguns estabelecimentos exigem de você o IBAN, que é uma espécie de registro bancário. Ou seja, em algum momento pode ser que você precise desse tipo de dado para prosseguir com algum tipo de serviço. 

 

Visto para pós-graduação em Portugal

Algumas pessoas têm dúvidas se precisam de visto ou não para esse tipo de modalidade em Portugal e a resposta é sim. Será necessário emitir o visto de estudante para fazer pós-graduação no país. 

Porém, em alguns casos, quando os cursos têm uma duração mais inferior, você consegue emitir outro tipo de visto, que é um temporário. Logo, esse se destina a cursos com duração inferior a 13 meses. Normalmente, não é necessário renovar este último, já que ele é mais específico para esse tipo de modalidade. 

 

Documentação para visto temporário de estudo

Confira abaixo a lista de documentos exigidos para a solicitação do visto de estudante temporário:

 

  • Formulário de pedido de visto;
  • Fotos 3×4 recentes;
  • Seguro viagem;
  • Passaporte com validade superior a 3 mese;
  • Certificado de registro criminal;
  • Requerimento para consulta do registro criminal português;
  • Cópia de reserva de título de transporte de regresso;
  • Documento emitido pelo estabelecimento de ensino (comprovante de aceitação);
  • Comprovativo de alojamento;

 

Por fim, já pensou em fazer uma pós-graduação em Portugal? Se sim, esse é o momento de começar a planejar e encarar a experiência de uma jornada no exterior. Não há limites para quem sonha alto e a IE está aqui para fazer esse desejo se tornar real. Por isso, conte com nossos especialistas e programe sua viagem. 

Mas, lembre-se, não é só em Portugal que você pode realizar esse tipo de programa. Há outros destinos que permitem você cursar o ensino superior no exterior. Logo, não há desculpas para viver o novo, de forma única e onde você desejar. Viaje. Explore. Mude! 

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email