Trabalho na Irlanda - entenda como é o mercado e no que apostar

Trabalho na Irlanda – entenda como é o mercado e no que apostar

Se o seu objetivo é conseguir um trabalho na Irlanda e estudar ao mesmo tempo, é possível. Com o visto de estudante, você pode realizar essa modalidade de intercâmbio. Porém, é preciso que você tenha maior disponibilidade de tempo para tal.

Inclusive, o país cresce gradativamente não só no quesito econômico, mas em oportunidades também. Afinal, o disparo econômico tende a gerar mais possibilidades não só para os nativos, mas para os estrangeiros que buscam uma experiência internacional.

Nesse sentido, o trabalho na Irlanda requer mão de obra qualificada e os números são positivos. O aumento do consumo impacta diretamente no investimento por parte de outras nações. Por isso, a empregabilidade é tão levada a sério no país. 

Além disso, os salários acima da média chamam atenção de quem procura um emprego na Irlanda. Apesar de muitos considerarem o custo de vida mais elevado do que o de outros destinos, o valor da hora trabalhada é um ponto positivo no final das contas.

Dessa forma, trabalhar na Irlanda é ir além. Ir além da experiência de trabalho internacional, desenvolver novas habilidades com um idioma, conhecer pessoas do mundo todo, fazer networking, adquirir mais visão de mundo e muito mais.

Não é por acaso que o destino é sim visado por muitos brasileiros. São muitas as possibilidades de intercâmbio, por exemplo. Com diferentes vieses, é possível estudar e/ou trabalhar no país. 

Por isso, confira abaixo os programas disponíveis para você aqui na IE:

 

  • Curso de Idiomas
  • Estudo e Trabalho
  • Universidade
  • Mochilão

 

Porém, vale ressaltar que, se você optar por trabalhar na Irlanda, você precisa passar um tempo maior no país, ou seja, precisa investir mais em tempo e dinheiro. Isso porque é necessário que você esteja matriculado em um curso reconhecido pela imigração do país.

 

Entenda como é o mercado de trabalho na Irlanda

O primeiro passo é você entender qual o seu tipo de nível, em relação a conhecimento, de inglês. A partir disso você consegue permear por opções de emprego mais seguras e provavelmente mais assertivas.

A língua, sem sombra de dúvidas, é um fator determinante para esse processo, afinal a comunicação é uma premissa de qualquer trabalho. Porém, em alguns casos, isso é exigido de forma mais prudente de você.

Se tratando mais especificamente do mercado de trabalho na Irlanda, pode-se destacar alguns setores que acabam se evidenciando, tais como: TI, Saúde, Marketing Digital, Atendimento e Engenharia. 

Com a alta dessas atividades, as demandas de mão de obra passam a ser maiores também, então é possível encontrar muitas opções de emprego assim. Afinal, a Irlanda também é sede para grandes empresas, aquelas bem dos sonhos mesmo.

Google, Facebook, entre tantas outras empresas necessitam de trabalho qualificado. Logo, o cenário é muito diverso e atende a jovens das mais diversas áreas. Claro, que um trabalho como esse requer muito mais de você, mas quem sabe o processo não te faz chegar até lá?

É onde justamente entra a questão curricular, porque no Brasil, alguns requisitos são levados fortemente em consideração. Mas, ter uma experiência e trabalho internacional não é pra qualquer um não e, é comum ver por aí, exigências em relação a um segundo idioma.

 

Por que trabalhar na Irlanda

A Irlanda é um país que detém uma qualidade de vida proporcional à segurança que proporciona. Além disso, os cursos de inglês são reconhecidos e as experiências profissionais também. São diversas cidades que permitem uma construção gradativa de desenvolvimento, seja profissional ou pessoal.

Além disso, o sistema educacional é referência no mundo todo, recebendo estudantes dos mais diversos destinos. Fora que é um país que, dependendo do seu estilo de vida, é economicamente mais barato para se viver. 

 

Tipos de emprego na Irlanda

Os trabalhos mais comuns da Irlanda são os mais populares e os que mais possuem vagas disponíveis. Além disso, alguns deles não exigem um nível de inglês extraordinário. Porém, são vagas que pagam um bom salário.

Fique atento nos pré-requisitos para as vagas, algumas delas pedem experiência comprovada ou algum tipo de especialização. Mas, dependendo de como seja, às vezes não é difícil organizar isso. 

 

  • Barista
  • Assistente de cozinha
  • Garçom
  • Vendedor de loja

 

Uma observação que precisa ser feita aqui é que o trabalho quem consegue é o estudante. Esse tipo de procura e decisão é responsabilidade inteiramente do aluno. Logo, a IE não se responsabiliza por encontrar uma oportunidade de trabalho, certo?

Isso te dá mais liberdade para escolher e procurar o que provavelmente te deixa mais à vontade e preparado para lidar. 

 

Visto para trabalhar na Irlanda

Apesar do país ter vários tipos de visto, quando falamos sobre estudo e trabalho, o cenário muda. Mas, primeiramente, é importante dizer que o visto para a Irlanda é emitido no território irlandês mesmo, diferente de alguns países.

Se sua viagem for apenas para turismo, não é necessário emitir o documento, afinal, nessas condições, você tem a permissão de permanecer no destino por um período de até 90 dias. Sendo assim, nesse aspecto somente é necessário o passaporte válido, passagem de volta comprada, dinheiro para permanecer no país e acomodação.

Após esse período, é necessário sim fazer a emissão do documento! Logo, o visto de estudante com permissão de trabalho é denominado de Visto Stamp 2. Assim, você pode estudar de 6 a 8 meses no país e trabalhar meio período (20 horas semanais).

Porém, vale lembrar que, se você tiver pretensões de renovar esse visto, é possível fazer isso por duas vezes. 

 

Em suma, se o trabalho na Irlanda é um sonho seu, que tal bater um papo com um de nossos especialistas? Assim, você consegue tirar todas as suas dúvidas sobre o programa e quem sabe começar a planejar a sua viagem de intercâmbio.

Além disso, fique ciente de que mesmo que esse não seja o seu destino escolhido, existem diversas outras opções de destinos para você. Inclusive, de programas também! Não perca tempo e comece a traçar seu perfil, preferência e objetivos. Dessa forma, você consegue optar com calma pelo que é o melhor pra você.  

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email