Categorias
Intercâmbio

Cidades da Irlanda: as 4 Melhores para Estudar e Trabalhar

As cidades da Irlanda representam alguns dos principais destinos mundiais para estudantes estrangeiros fazerem intercâmbio para estudar inglês, fazer um curso profissionalizante, ingressar em uma universidade e ainda trabalhar.

Isto porque, o país, que tem cerca de 5 milhões de habitantes, é um dos mais desenvolvidos da Europa, possui excelente infraestrutura, custo de vida equilibrado e as cidades da Irlanda também abrigam escolas de excelente qualidade.

Além disso, as cidades da Irlanda são relativamente pequenas, o suficiente para se tornarem muito seguras, charmosas e acolhedoras! E o governo do país autoriza que alunos estrangeiros trabalhem legalmente no país, o que é uma super vantagem!

Na verdade, dentre todas as cidades da Irlanda, a maior delas é a cidade de Dublin, que também é a capital e abriga cerca de 1,2 milhões de pessoas.

A segunda maior é Cork, com aproximadamente 210 mil residentes. E as demais não passam de algumas dezenas de milhares de habitantes.

Entretanto, em todas elas, o estudante estrangeiros que está matriculado em um curso de inglês, profissionalizante ou no ensino superior, de uma escola licenciada pelo governo, pode conseguir um trabalho na Irlanda durante o período das aulas e nas férias.

Então, se você quer saber mais sobre como estudar e trabalhar na Irlanda, fique com a gente que, ao longo do texto, vamos explicar todos os detalhes desta sensacional e única oportunidade de estudar e trabalhar no exterior.

Mas antes, confira a lista completa das 15 maiores cidades da Irlanda e, em seguida, descubra quais são as principais cidades da Irlanda, e as mais procuradas para intercâmbio na Irlanda.

15 maiores cidades da Irlanda

  1. Dublin – 1,2 milhões de residentes
  2. Cork – 210 mil habitantes
  3. Limerick – 95 mil moradores
  4. Galway – 80 mil pessoas
  5. Waterford – 54 mil habitantes
  6. Drogheda – 41 mil moradores
  7. Swords – 40 mil pessoas
  8. Dundalk – 39,8 mil residentes
  9. Bray – 33 mil habitantes
  10. Navan – 30,2 mil habitantes
  11. Kilkenny – 26,5 mil residentes
  12. Ennis – 25,2 mil habitantes
  13. Carlow – 24,2 mil moradores
  14. Tralee – 23,7 mil pessoas
  15. Newbridge – 22,8 mil habitantes

Só para você ter uma ideia comparativa, conheça o tamanho das cinco maiores capitais brasileiras, segundo o IBGE (2020):

  • São Paulo – 12,3 milhões de habitantes
  • Rio de Janeiro – 6,7 milhões de residentes
  • Brasília – 3 milhões de pessoas
  • Salvador – 2,9 milhões de habitantes
  • Fortaleza – 2,7 milhões de moradores

Cidades da Irlanda mais populares para intercâmbio

Quatro cidades da Irlanda são mais requisitadas por estudantes estrangeiros para realizarem seus programas de intercâmbio. São as quatro maiores:

  • Dublin
  • Cork
  • Limerick
  • Galway

Agora, vem com a gente nessa incrível viagem até cada uma delas. Onde apresentaremos para você tudo o que cada uma destas cidades da Irlanda tem de melhor para você aproveitar bastante durante o seu intercâmbio!

Dublin

A capital irlandesa Dublin é uma das mais antigas da Europa e está estrategicamente localizada na costa leste do país, a cerca de 3 horas de distância da Inglaterra por carro e ferry boat (barco)

Nesse sentido, facilita muito e diminui o custo das visitas ao Reino Unido e aos demais países do continente europeu.

Contudo, como em todas as principais capitais dos países ao redor do mundo, o custo de vida não é o mais barato. Todavia, dentre todas, a cidade de Dublin oferece excelente custo-benefício, ou seja, pode até custar mais, porém é muito boa para viver!

Possui serviços básicos de qualidade, com segurança pública, eficiente sistema de transporte (o que inclui até bicicletas para alugar), saneamento adequado, desenvolvimento e muitas oportunidades da área de tecnologia também.

Na educação, há variadas opções de escolas com ensino de excelência, como o Trinity College Dublin, umas das mais antigas e tradicionais instituições da Europa.

A cidade de Dublin também dispõe de muitas atrações culturais e naturais para os visitantes, assim como, possui pontos turísticos e atividades interessantes, que simbolizam a cultura da Irlanda.

Um deles é a popular fábrica da cerveja escura Guinness, maior representante da cultura da Irlanda, igualmente famosa e que é amplamente consumida no país.

Atividades típicas, baladas, pubs e muita história te esperam em Dublin, seja para turismo ou estadia temporária mais longa. Confira outras atrações imperdíveis na cidade:

  • Jameson Distillery Bow St.
  • Irish Whiskey Museum
  • Kilmainham Gaol
  • Teeling Whiskey Distillery
  • Museu Nacional da Irlanda – Arqueologia

E ainda, a chance de trabalhar legalmente no destino durante o curso na cidade de Dublin, também ajuda bastante no aprendizado e serve como um alívio para o bolso de muitos.

Cork

Localizada na região sudeste da Ilha da Esmeralda, Cork é a segunda maior e mais importante das cidades da Irlanda.

Contudo, ainda possui um ambiente interiorano e mais tranquilo, ideal para quem quer interagir mais de perto com seus moradores. Também tem bem menos brasileiros do que em Dublin, o que favorece o relacionamento com os habitantes nativos.

Conta com uma infraestrutura completa tanto para quem vive lá, como para os estudantes internacionais, pois tem ótimas condições de mobilidade e excelentes opções de escolas de idiomas.

Além disso, mesmo sendo uma cidade do interior, há diversas oportunidades de trabalho na Irlanda em grandes empresas multinacionais, como por exemplo na sede da Apple.

O custo de vida na cidade é bem menor, em comparação a Dublin e, sendo assim, a permanência na cidade é bastante recomendada para quem pensa em unir uma experiência de estudo e trabalho no exterior.

Descubra ainda mais o que fazer em Cork:

  • Crawford Art Gallery
  • Elizabeth Fort
  • Glenview Gardens & Fairy Trail
  • St. Anne’s Church
  • The English Market
  • Blarney Castle & Gardens
  • St. Fin Barre’s Cathedral

Limerick

Limerick é a segunda das cidades da Irlanda mais procuradas por estudantes para fazer intercâmbio. Fica atrás somente da capital Dublin.

A alta concentração de alunos (irlandeses e estrangeiros) torna a cidade em um importante pólo estudantil, onde a população é bem jovem: cerca de metade tem menos do que 30 anos de idade.

Com grande movimentação econômica e várias indústrias, a cidade do interior é propícia a boas chances de conseguir trabalho na Irlanda com menor concorrência do que outras cidades maiores.

Está situada na região centro-oeste do país e é considerada uma cidade moderna e multicultural, apesar de possuir uma história bem antiga que data da era viking, no século IX.

O castelo de D. João I é testemunha do desenvolvimento da cidade desde o ano de 1197 e, atualmente, representa uma das principais atrações de Limerick.

Além disso, museus e monumentos históricos medievais ajudam a preservar a história e as tradições do lugar e da cultura da Irlanda. Veja outros atrativos da cidade:

  • Saint Mary’s Cathedral
  • Thomond Park Stadium
  • The Milk Market
  • Museu Hunt
  • Lough Gur Visitor Centre
  • Curraghchase Forest Park

Eleita como principal destino cultural do país em 2014, Limerick tem variadas opções de atrações culturais, passeios ao ar livre, entretenimento e lazer.

Como na maioria das cidades do país, a cultura da Irlanda é bem representada pela grande concentração de bares, restaurantes e pubs.

A paixão pelo esporte é demonstrada nas emocionantes partidas de Rugby e Futebol Gaélico (que permite utilizar mãos e pés).

Galway

A quarta maior das principais cidades da Irlanda para estudar é um importante centro universitário. Perde apenas para Dublin.

Tranquila e cheia de cores, está localizada no litoral oeste do país e, como não é grande, é perfeita para ser explorada a pé ou de bicicleta e conhecer os principais marcos históricos, lojas, restaurantes e pubs.

E para quem tem interesse em arte, a cidade também hospeda o maior festival de artes da Irlanda.

Além disso, a beleza natural encanta até os mais acostumados com as belas paisagens ao ar livre, praias e rios. Possui ainda muitos pontos turísticos históricos e culturais, como por exemplo:

  • Connemara National Park & Visitor Centre
  • Quay Street
  • Wild Atlantic Way
  • Galway’s Latin Quarter
  • Salthill walk way
  • Galway Cathedral
  • Galway City Museum

Por fim, ela também não tem grande concentração de brasileiros e o clima pacato faz de Galway um destino ainda mais diferenciado para morar, estudar e conseguir trabalho na Irlanda.

E agora, como prometido lá no início do texto, vamos apresentar para você todos os detalhes do intercâmbio para estudar e trabalhar em uma das cidades da Irlanda.

Quem pode participar?

Estudantes matriculados em cursos de escolas licenciadas e que possuam nível de inglês intermediário.

Quanto tempo dura o curso?

Para permitir a autorização de trabalho, o curso deve ter pelo menos, 25 semanas de duração e pode ser de idiomas, profissionalizante ou de ensino superior.

Quanto tempo duram as aulas a carga horária das aulas?

As aulas têm duração bem flexível, de 15 até 40 horas semanais e são ministradas por professores especializados no ensino de idiomas para estrangeiros.

Nesse sentido, as aulas cobrem todo conteúdo teórico para o aprendizado e aperfeiçoamento do idioma, além de atividades práticas para aumentar a interação pessoal entre os alunos e ampliar as suas habilidades em se comunicar em uma nova língua.

Quando eu posso trabalhar?

O aluno precisa estar matriculado em um curso e pode trabalhar durante todo o período das aulas. Na folga das aulas, ele poderá trabalhar até 20 horas por semana e nas férias, o limite de trabalho é de até 40 horas semanais.

Onde eu vou trabalhar e quanto eu posso ganhar?

Existem diversas oportunidades de trabalho na Irlanda para estudantes estrangeiros e dependem muito do nível de fluência no inglês.

É importante ressaltar que a busca pela vaga de emprego é de responsabilidade do aluno e as principais oportunidades estão na área de serviços, como por exemplo:

  • Recepcionista de hotéis, restaurantes e bares
  • Cleaner (limpeza)
  • Auxiliar de cozinha
  • Vendedor de loja
  • Babysitter (babá de crianças)

Nestas condições, o trabalho na Irlanda é pago semanalmente e o valor atual por hora é de 10,20 EUR.

E o visto?

O visto de estudante com autorização para trabalhar é o Stamp 2 que é concedido para cursos com mais de seis meses de duração. É emitido na chegada à Irlanda e não é preciso nenhum procedimento anterior, apenas levar os documentos necessários:

  • Comprovante de pagamento da taxa de 300 euros
  • Carta da escola (matrícula em um curso de no mínimo de 15 horas de aula semanais)
  • Comprovante financeiro
  • Comprovante de endereço
  • Seguro saúde
  • Passaporte
  • Atestado de saúde

Como as regras para emissão de visto podem mudar, você sempre pode confirmar as informações dos requisitos necessários para o seu intercâmbio com nossa equipe de especialistas IE.

Quando eu posso ir?

Este tipo de intercâmbio está disponível durante o ano todo. Entretanto, nos períodos de alta temporada de férias e verão, há mais oportunidades de vagas disponíveis.

Em suma, optar por fazer um intercâmbio em alguma das cidades da Irlanda é sinônimo de coragem e de vontade. Afinal de contas, não é simples deixar algumas coisas de lado para viver uma temporada fora, por mais enriquecedora que seja.

Prepare-se para um intercâmbio para estudar e trabalhar na irlanda com a IE

Portanto, é sempre importante analisar não só as possibilidades de tipos de intercâmbio, mas também saber identificar o seu perfil, suas preferências e seus objetivos com uma viagem como essa.

Do mesmo modo, aprimorar o inglês enquanto trabalha na Irlanda, pode te encantar e te render bons e novos frutos.

A viabilidade de trabalhar no exterior dá a chance ao intercambista de ter parte do seu investimento de volta e até economizar uma grana para viabilizar aquela trip irada de mochilão pela Europa com a galera!

Vale ressaltar que o emprego internacional não é certo e o próprio estudante é quem deve procurar uma experiência no país. Com certeza, a oportunidade vai ajudar inclusive na prática do idioma que está sendo aperfeiçoado durante a viagem.

Em conclusão, após ler este texto, já deu para você conhecer as características das principais cidades da Irlanda para morar durante o intercâmbio.

E você viu ainda que a cidade de Dublin, deixou de ser o único destino apreciado pelos estudantes internacionais e outras cidades acabaram ganhando o foco.

Os programas para estudar nas melhores cidades da Irlanda incluem estudar idiomas, realizar um curso profissionalizante, iniciar uma graduação ou pós-graduação internacional e até trabalhar legalmente, conforme explicado.

Sendo assim, se você tem o desejo de fazer um intercâmbio para alguma das cidades da Irlanda, seja para desenvolver um idioma, viver uma experiência de trabalho ou ingressar em uma Universidade, agora é momento de se planejar e escolher o programa ideal para você.

Logo, é hora para você contatar nosso consultor IE e entender mais sobre o processo e o momento de viajar para as principais cidades da Irlanda, sempre levando em conta suas preferências e metas.


Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Deixe um comentário