Escrito por: Marcelo Melo

O que fazer em Dublin: confira as 12 melhores atrações da capital

Descubra os 12 principais pontos turísticos para o que fazer em Dublin. Veja as opções e vantagens do intercâmbio em Dublin para estudar e trabalhar.

Início » Blog IE Intercâmbio » O que fazer em Dublin: confira as 12 melhores atrações da capital

Dublin é uma cidade charmosa e encantadora, cheia de atrações e pontos turísticos que atendem aos mais diversos tipos de visitantes. Assim, é um dos destinos mais procurados por turistas e intercambistas. Fique com a gente e descubra tudo o que fazer em Dublin.

Sem dúvida, a capital e maior cidade do país é um destino ideal não somente para quem quer morar na Irlanda para estudar e trabalhar no exterior, mas também para aqueles que desejam curtir momentos únicos e aproveitar intensamente tudo o que fazer em Dublin

Nesse sentido, nossa lista de tudo o que fazer em Dublin é composta pelos 12 principais pontos turísticos, monumentos históricos, atrações culturais, tradições, gastronomia e coisas para fazer nesta cidade tão fascinante, que você vai se apaixonar!

Ah, e não podemos esquecer do povo bastante hospitaleiro e alegre, que adora festas e comemorações! O clima de Dublin geralmente conta temperaturas mais baixas, os passeios oferecidos são instigantes e a diversidade natural e cultural é bem atraente. 

Confira o clima em Dublin agora!

Além disso, apresentaremos para você também as diversas modalidades de intercâmbio em Dublin e suas maiores vantagens em relação a outros programas e destinos no mundo. 

E, finalmente, vamos te dar dicas super quentes para você aproveitar ao máximo tudo o que fazer em Dublin na sua próxima viagem para o exterior.

Em suma, não é difícil escolher o que fazer em Dublin, afinal há atrações para todos os gostos e logo de cara você pode cair de amores por tanta beleza e tradição. 

Entretanto, ao morar na Irlanda, você verá que, além de tudo o que fazer em Dublin, há muito mais a desvendar nas demais principais cidades da Ilha da Esmeralda. 

Isto porque não é só Dublin que carrega representações irlandesas, outros destinos incríveis reservam muitas histórias e cenários de tirar o fôlego. Conheça abaixo alguns e veja suas localizações no mapa:

  • Cork
  • Galway
  • Limerick

Em todas elas você vai encontrar atrações e pontos turísticos incríveis, além de uma completa infraestrutura para estudar, assim como no seu intercâmbio em Dublin.

E uma super dica para quem vai morar na Irlanda ou visitar Dublin é que você tem como visitar diversos lugares em Dublin gratuitamente. Alguns passeios turísticos dispõem dessa condição na primeira quarta-feira de cada mês. Demais né? 

Agora sim, confira abaixo o que fazer em Dublin durante sua estadia na cidade.

O que fazer em dublin: 12 principais pontos turísticos

  1. Trinity College
  2. St. Patrick’s Cathedral
  3. St. Patrick’s Day
  4. Phoenix Park
  5. O’Connell Street
  6. Dublin Castle
  7. Temple Bar
  8. Destilarias e cervejarias de Dublin
  9. A cadeia de Kilmainham
  10. Museu Nacional de Arqueologia da Irlanda
  11. Museu de Emigração Irlandesa – EPIC
  12. Croke Park Stadium Tour & GAA Museum

O famoso Trinity College

Não tinha como começar com outro passeio que não fosse esse. A instituição mais antiga e renomada da Irlanda é um dos orgulhos dos irlandeses. Durante o tour na Trinity College você se depara com uma arquitetura única e a oportunidade de conhecer obras únicas. 

Sua biblioteca, chamada de Old Library, possui mais de 200.000 volumes e guarda tesouros como a harpa mais antiga da Irlanda e o raríssimo documento Book of Kells.

Além disso, o cenário serviu como cenário para grandes produções cinematográficas como Harry Potter, representando a biblioteca de Hogwarts. Do mesmo modo, grandes nomes passaram pela instituição, como Oscar Wilde e Samuel Beckett. 

A icônica St. Patrick’s Cathedral

St. Patrick (São Patrício) é o padroeiro da Irlanda e é homenageado ano a ano pelos irlandeses durante o St. Patricks Day, como veremos mais abaixo.

A Catedral é a igreja mais antiga do país e possui mais de 800 anos. A arquitetura da Catedral é representada por características medievais e brilha os olhos de muitos estrangeiros que visitam o lugar. 

Caso você queira conhecer este lugar, a caminhada do centro à Catedral dura em média 10 minutos e a visita a este importante ponto turístico é feita através do pagamento de um valor simbólico. 

Porém, se a intenção for assistir à uma missa e aproveitar para visitar o lugar, pode-se fazer o passeio de graça. 

O tradicional St. Patrick´s Day

A data nacional mais importante na Irlanda é o dia 17 de março, quando comemora-se o dia da morte de St. Patricks (São Patrício) com eventos por todo o país e envolvendo pessoas de todas as idades. 

Sem dúvida, é uma das coisas mais legais de tudo o que fazer em dublin, se você estiver na cidade na data comemorativa.

Segundo a história, São Patrício foi um ex-escravo e sacerdote que recebeu a tarefa de levar a religião cristã para a Irlanda, onde se tornou padroeiro.

Durante as comemorações do feriado nacional, tudo e todos enfeitam-se de verde, as ruas recebem centenas de milhares de pessoas “esverdeadas”, que cantam, dançam, bebem bastante cerveja (tradicional Guinness escura) e se divertem bastante!

De acordo com a tradição, nos restaurantes e casas das famílias, há receitas especiais, preparadas para garantir sabor e a união dos familiares e dos amigos mais queridos, como o pão de soda irlandês e o guisado de carne Guinness.

Então, se você está planejando visitar ou morar na Irlanda, não deixe de experimentar o tradicional Dia de São Patrício e vivenciar a fundo a cultura irlandesa.

O belo e ornado Phoenix Park

Em meio a tantos atrativos e tudo mais o que fazer em Dublin, não poderíamos deixar de citar um dos lugares mais queridos por visitantes e nativos. 

Localizado em Dublin, Phoenix Park é o maior parque urbano da Europa e é um lugar agradável para curtir uma tarde ensolarada junto à natureza. Inclusive, a residência oficial do presidente da Irlanda fica localizada lá no parque, um luxo, não é mesmo?! 

Entretanto, como é um lugar público, é possível fazer passeios de bike, caminhar, fazer piqueniques, visitar um zoológico, apreciar monumentos e exposições artísticas e muito mais. E tudo de forma gratuita e ao ar livre!

A charmosa e movimentada O’Connell Street

Por aqui há muito o que fazer em Dublin, na sua rua mais importante: a pitoresca O’Connell Street! Por exemplo, uma atração bastante interessante para conhecer lá é o Escritório Central dos Correios, onde foi proclamada a República, em 1916.

Considerada a avenida mais importante de Dublin, é bem movimentada e cheia de gente em todas as horas do dia, que aproveitam as lojas, bares, restaurantes, cafés, pontos de informações turísticas e demais lojas que permeiam o local.

Suas amplas calçadas oferecem um ambiente muito agradável para caminhar e admirar as vitrines e demais monumentos arquitetônicos e pontos turísticos pela rua. Veja alguns exemplos:

  • The Spire foi construída em 2003 e representa uma grande agulha de 120 metros de altura que se funde com a cor do céu.
  • As estátuas de alguns líderes irlandeses como Daniel O’Connell (que nomeia a rua), Sir John Gray, James Larkin, Charles Stewart Parnell e o padre Theobald Mathew.
  • Os edifícios históricos do Hotel Gresham (1817) e as lojas de departamento Clerys, de 1822.

Ou seja, já deu pra perceber que o lugar tem uma carga histórica e cultural bastante representativa, né? Com certeza, você não vai se cansar de passear pela O’Connell Street durante o seu intercâmbio em Dublin.

O imponente Dublin Castle

Fundado em 1204, o Dublin Castle foi reconstruído em 1684 e é considerado um dos principais pontos turísticos de Dublin, com características históricas e culturais marcantes. 

Fica localizado bem no meio da cidade e já serviu de fortaleza militar, residência real, sede do Tribunal de Justiça da Irlanda e casa da Administração Inglesa em terras Irlandesas. Atualmente, o edifício é utilizado como local para eventos oficiais do governo.

Também, é constituído por alguns lugares que podem ser frequentados de forma gratuita na cidade de Dublin. Porém, caso você queira conhecer por completo o espaço e saber todos os seus detalhes, é cobrado um valor para tal visita, que dura 45 minutos.

O tradicional ambiente no Temple Bar

Sem dúvida, uma das características mais populares e alegres do povo irlandês é a sua capacidade de beber (e produzir) bebidas alcoólicas, sobretudo o uísque e a cerveja. 

Dessa forma, há muitos bares (pubs), destilarias e cervejarias por todo o país e, sem dúvida, visitá-los é uma das melhores coisas de tudo o que fazer em Dublin. 

Para os amantes de pubs, restaurantes e casas noturnas, esse é um bom destino. Há muitos lugares para conhecer e é quase impossível não encontrar esse lugar animado, sério. 

O famoso bairro Temple Bar é um dos mais atraentes e não é o único que recebe turistas e nativos, há ainda muito mais opções para explorar. Reúne diferentes espaços culturais com dezenas de bares e pubs típicos irlandeses.

Se você vai morar na Irlanda, definitivamente precisa conhecer o Temple bar!

Com certeza, Dublin é uma cidade boêmia e que conta com bares de todos os tipos, para todas as pessoas, em todos os dias! Confira 10 dos pubs mais concorridos e anote na sua lista do melhor o que fazer em Dublin.

  1. The Confession Box
  2. The Long Hall
  3. The Cobblestone
  4. The Mulligan´s
  5. The Old Storehouse
  6. The Brazen Head
  7. O’Donoghues Bar
  8. Stag’s Head Dublin
  9. The Bank Pub
  10. The Hairy Lemon

As destilarias e cervejarias de Dublin

Como citado anteriormente, a Irlanda possui uma longa (e bem merecida) tradição na produção de uísque e cerveja de excelente qualidade. Com certeza, a cerveja Guinness é a mais conhecida e consumida por lá.

Dentre os destilados, existem diversos rótulos de uísque de alta qualidade, como o Green Spot 10 Year Irish Whiskey, West Cork Bourbon Cask Irish Whiskey, Tullamore D.E.W Irish Whiskey e o Teeling Whiskey Company Small Batch Irish Whiskey.

Além de produzir a bebida, muitas delas oferecem visitas guiadas e espaços para degustação. As mais populares que você deve incluir na sua lista de tudo o que fazer em Dublin são:

  • Jameson Distillery Bow St.
  • Irish Whiskey Museum
  • Teeling Whiskey Distillery
  • Guinness Storehouse

A cadeia de Kilmainham

Aberta em 1796, a cadeia de Kilmainham serviu de lar para diversos presos políticos envolvidos na luta pela independência irlandesa por mais de um século. 

Atualmente, durante a visita ao antigo presídio desativado, pode-se ver as celas e as zonas comuns, onde ocorriam e eram observadas as inúmeras execuções. 

Esta outra atração para o que fazer em Dublin, é um local único, que tem muita energia e é importante de ser visitado para quem quer entender mais sobre a cultura dos irlandeses e a história do desenvolvimento do país.

Conheça a história irlandesa no Museu Nacional de Arqueologia da Irlanda

Inaugurado no final do século IX, atualmente o Museu é um dos principais e mais visitados da capital irlandesa. É público e por isso tem a entrada gratuita. O seu acervo ajuda a contar a história do país e da população da Irlanda.

Com dois andares, o edifício abriga milhares de peças valiosas datadas de até 7.000 a.C. No térreo estão os objetos que remontam às épocas da Pré-história e da Idade do Bronze da Irlanda, como ferramentas, armas, tumbas e manifestações artísticas.

No andar de cima estão os objetos elaborados desde a chegada do povo Viking (795 a.C.) até o período da Irlanda Medieval, além de representações que ajudam a contar a história destas épocas.

Testemunhe a história no Museu de Emigração Irlandesa – EPIC

Este é outro museu imperdível, que deve constar na sua lista para o que fazer em Dublin. Principalmente se você é daqueles intercambistas que realmente se interessam pela cultura do destino. 

Ele revela a história da emigração do povo irlandês para todo o mundo. Moderno, oferece uma visita bem interativa, com histórias verdadeiras narradas pelos próprios emigrantes do passado, em instalações audiovisuais e telas sensíveis ao toque.

Vivencie o grandiosos Croke Park Stadium Tour & GAA Museum

O principal estádio de futebol de Dublin é o terceiro maior de toda a Europa e tem capacidade para mais de 82.000 espectadores. 

Sem dúvida, assistir a uma partida de futebol gaélico é a melhor forma de conhecer este grandioso estádio nacional que é uma referência há pelo menos 100 anos!

Entretanto, também é possível conhecê-lo através de passeios guiados e experimentar áreas mais exclusivas, como por exemplo:

  • a área VIP de assentos
  • a visão panorâmica dos jornalistas do centro de mídia
  • a parte interna e os vestiários
  • o museu GAA, sobre os jogos gaélicos desde os tempos antigos até hoje 

Por fim, o visitante pode seguir os passos das lendas até o campo enquanto passa pelo túnel dos jogadores!

O que fazer em Dublin: modalidades de intercâmbio

Dentre os principais tipos de intercâmbio em Dublin, você pode optar por fazer um curso de idiomas, um curso de idiomas com trabalho ou ingressar em uma graduação ou pós-graduação em uma universidade na Irlanda.

Conheça a modalidade de intercâmbio em Dublin que é a mais procurada por intercambistas brasileiros e que oferece vantagens sensacionais, tanto para o seu desenvolvimento pessoal como profissional. 

Intercâmbio em Dublin para estudar e trabalhar

Antes de tudo, para participar desse programa de intercâmbio com estudo e trabalho no exterior o candidato deve possuir nível do inglês intermediário e ter idade mínima de 18 anos.

O visto de estudante que dá autorização para trabalhar pode ser solicitado pelo estudante na Irlanda mesmo, desde que sejam apresentados os documentos necessários​, conforme orientação do seu consultor de intercâmbio.

Os programas de intercâmbio em Dublin podem ser realizados durante todo o ano.

Entretanto, para a opção com trabalho, as oportunidades de emprego são mais numerosas durante os períodos de alta temporada, como nas férias de verão (junho/julho/agosto) e de inverno (dezembro/janeiro/fevereiro). 

Veja mais detalhes do intercâmbio em Dublin para estudar e trabalhar:

  • Tempo de duração mínima do curso: 25 semanas​
  • Carga horária mínima das aulas: 15 horas por semana​
  • Autorização para trabalhar: durante o período de estudo​s
  • Remuneração mínima: EUR 10.20 por hora​
  • Horas de trabalho permitidas durante as aulas: até 20 horas por semana
  • Horas de trabalho permitidas durante as férias: até 40 horas semanais​

Principais vantagens do intercâmbio em Dublin para estudar e trabalhar:

  • A interação potencializa a compreensão da forma em que as palavras são utilizadas
  • Facilita a compreensão de termos e expressões técnicas e específicas no trabalho
  • Aumenta a rede de relacionamentos internacionais – networking
  • Proporciona maior entendimento e imersão cultural
  • Possibilita aprimorar o aprendizado do novo o idioma
  • Traz autonomia pessoal e profissional, maior amadurecimento e responsabilidade
  • Dá para ganhar um dinheiro extra, que pode ser utilizado para pagar o curso e viagens
  • Cria experiência profissional internacional diferenciada
  • Enriquece o currículo acadêmico e profissional

Em conclusão, não dá pra dizer que não existe vontade de visitar a capital Irlandesa, não é? É quase impossível não se apaixonar por esse lugar. 

E o intercâmbio em Dublin também é sensacional, não é mesmo?! São tantas as vantagens que vão fazer você aprender inglês de uma forma rápida, segura e consistente. 

Além disso, a vivência e o trabalho internacional vão trazer enorme desenvolvimento pessoal e profissional para você, que vai ganhar um diferencial para o resto da vida.

Assim, você pôde perceber que o que fazer em Dublin vai além de passeios e se estende a oportunidades de estudo e/ou trabalho na cidade. Converse com nosso especialista e planeje tudo para morar na Irlanda.

Referências

https://dublin.ie/