DELE - o que é, como se preparar e por que fazer o exame de espanhol

DELE – o que é, como se preparar e por que fazer o exame de espanhol

De antemão, já falamos sobre outros testes de proficiência, porém os voltados para o idioma inglês. Hoje, especificamente, vamos falar sobre o DELE, que segue o mesmo objetivo, porém para comprovação de conhecimento do espanhol.

Não é por acaso que muitos desejam passar uma temporada no exterior. Porém, muitos desconhecem a necessidade de um exame desse ou mesmo acham que para qualquer intercâmbio é necessário comprovar habilidades em um idioma. 

Desse modo, estamos aqui para te falar que não. Você pode sim fazer um programa no exterior mesmo com o nível básico ou mesmo que não tenha nenhum conhecimento. Se tratando do DELE, existe uma recomendação para algumas pessoas, certo?

Por isso, como já dito anteriormente, o exame de proficiência em espanhol, DELE (Diplomas de Español como Lengua Extranjera), são exames oficiais que comprovam e certificam o grau de conhecimento e domínio de habilidades do idioma espanhol. 

Logo, esse exame oficial do Ministério da Educação e da Ciência da Espanha é solicitado por algumas instituições, órgãos e competências para certificar que o aluno ou colaborador possui conhecimento necessário na língua.

São quatro habilidades testadas (compreensão textual, auditiva, produção escrita e oral) e as provas são realizadas normalmente três vezes ao ano. Assim, vale ressaltar que a prova de proficiência em espanhol não é eliminatória.

Além disso, o DELE é dividido em seis níveis (A1, A2, B1, B2, C1 e C2), onde cada nível caracteriza um conhecimento digamos. Cada um deles qualifica o aluno através de habilidades diferentes e determina um nível.

Antes de saber mais sobre como se preparar para o exame e do porquê fazê-lo, confere alguns destinos para você estudar no exterior:

  • Espanha
  • Argentina
  • Chile
  • Colômbia
  • Peru
  • Equador

Saiba como se preparar para o DELE e por que é necessário que algumas pessoas façam o exame de espanhol:

 

A maioria dos testes de conhecimento linguístico, contemplam quatro requisitos que são avaliados, como já dito anteriormente. A primeira fase digamos testa conhecimentos mais básicos, por exemplo, a compreensão de expressões e diálogo mais informal.

Sendo assim, a cada fase o teste vai se tornando mais complexo e subindo de nível, isso para que seja claro identificar as habilidades desse aluno. No nível B1, o aluno é qualificado entre o básico e o intermediário, o que ainda não quer dizer que ele esteja totalmente inserido no nível mediano.

Ou seja, não necessariamente ele saberá responder questionamentos mais complexos. A ordem é mais ou menos essa e as classificações também. 

No penúltimo nível, o C1, o participante é classificado com competência para lidar com situações que exigem nível avançado do idioma. Geralmente esse é o nível exigido por instituições de ensino superior que aceitam alunos estrangeiros.

Assim, para se preparar é muito importante que você pratique. Seja sozinho ou mesmo com alguém que tenha conhecimento do idioma. Além disso, você encontra pequenas amostras de exames antigos na internet, o que sem dúvida vai te ajudar a se planejar.

 

Por que fazer o DELE?

Além de ser um teste oficial, é hiper considerado pelas instituições, empregadores e órgãos. O exame também é reconhecido internacionalmente, inclusive serve como um pré-requisito para quem deseja cursar nível superior em algumas universidades do exterior.

Você não precisa necessariamente fazer pelo simples fato de desejar morar um tempo fora estudando, mas por caráter pessoal também. Às vezes a falta de prática pode te deixar confuso em relação às suas habilidades com o idioma. 

Em síntese, esperamos que tenha ficado claro o que é, por que fazer e como se preparar para o DELE, exame de proficiência em espanhol. Se você deseja fazer uma Universidade no exterior e aperfeiçoar seu espanhol, planeje seu intercâmbio com a IE.

Porém, se você tem a intenção de aprender outro idioma no exterior, estudar por menos tempo e quem sabe até unir um intercâmbio a uma viagem de turismo, descubra as possibilidades com um de nossos consultores

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *