Escrito por: Marcelo Melo

Exames de proficiência: tudo que você precisa saber para se preparar

Antes de mais nada, a maioria dos programas de intercâmbio no exterior exigem exames de proficiência por parte do participante …

Início » Blog IE Intercâmbio » Exames de proficiência: tudo que você precisa saber para se preparar

Antes de mais nada, a maioria dos programas de intercâmbio no exterior exigem exames de proficiência por parte do participante antes do embarque. Isso porque em muitos deles, ter o idioma a partir do intermediário é um pré-requisito para fazer intercâmbio no exterior.

Por isso, qualquer pessoa pode se submeter a um teste caso queira validar seu conhecimento em algum idioma específico. Porém, os exames de proficiência oficiais são pagos, afinal é um tipo de investimento que caracteriza o diferencial de um participante.

Nesse sentido, os exames de proficiência nada mais são que testes que avaliam a fluência e a capacidade de se comunicar de uma pessoa, seja por fala, escrita, leitura, audição, em um determinado idioma. 

Do mesmo modo, diversas universidades do exterior exigem o teste de proficiência para aceitar alunos estrangeiros em suas instituições de ensino. Até porque, em alguns casos, você não poderá ter o nível básico do idioma.

Os exames de proficiência mais comuns são os voltados para a língua inglesa, mas também são realizados testes em idiomas como: espanhol, francês, alemão, entre outros. Se você comprova que tem domínio e habilidade com o idioma, as suas chances são positivas.

Antes de conferir alguns tipos de testes, nós separamos algumas dicas para você se preparar da melhor maneira para realizar essas avaliações. Assim, você consegue entender a funcionalidade e o formato de um exame, além se se sentir mais seguro para realizá-lo.

Em todos os casos de exames é necessário que você estude muito para que consiga se sair bem, certo? Por isso, confere algumas dicas:

  • Entenda como funciona o teste de proficiência que irá prestar;
  • Treine a escuta e a fala;
  • Cronometre o tempo de estudo;
  • Faça aulas preparatórias (caso necessário);
  • Tenha um planejamento;

 

Confira alguns tipos de exames de proficiência para quem deseja fazer um intercâmbio no exterior:

 

Língua Inglesa

O TOEFL é um dos exames de proficiência mais conhecidos para testar a sua habilidade com o inglês. Pode ser exigido por instituições em países onde o inglês não é a língua oficial. Ele é aceito em muitas universidades e em mais de 130 países no mundo.

É predominantemente usado nos EUA, já que o país tem como idioma oficial o inglês. Esse tipo de exame serve, também, para aquele aluno que deseja cursar uma graduação, um MBA, mestrado, entre outros cursos do ensino superior, no exterior. 

O TOEFL em si contempla testes de compreensão auditiva e textual, além de um exame escrito e oral que devem testar sua habilidade e seu conhecimento perante ao idioma. 

Um outro tipo de exame bastante conhecido para o teste de nivelamento do mesmo idioma, é o IELTS, que mede sua proficiência caso você opte por estudar e trabalhar no exterior em um país de língua inglesa. 

Esse tipo de teste também vale para fins de imigração. Compreensão auditiva, interpretação de texto, conversação e redação são avaliações que conferem a pontuação desse tipo de prova de proficiência.  

 

Língua Espanhola

Da mesma forma, listamos dois testes mais conhecidos para medir a proficiência na língua espanhola, são eles: DELE e SIELE. O primeiro na verdade é uma espécie de diploma que concedido pelo governo espanhol para o estrangeiro por tempo indefinido.

É como um teste de nivelamento verdadeiramente, onde seu conhecimento no idioma é identificado através de níveis que correspondem aos resultados das avaliações do processo desse teste.

Já o SIELE tem validade de dois anos e nele são testadas habilidades em relação à audição, leitura, escrita e fala. Nesse tipo de exame, o participante pode escolher ser avaliado nas competências que julgar válidas ao seu processo.

 

Língua Alemã

Nesse caso, o exame que comprova a proficiência no idioma alemão é o Goethe-Zertifikat. O nível de conhecimento exigido vai sofrer alterações mediante as universidades. Porém, são considerados níveis de A1 a C2. 

 

Língua Francesa

Em contrapartida, para medir a proficiência na língua francesa, as opções de testes são o DELF e o DALF. O primeiro é recomendado para participantes que tenham o nível intermediário do idioma, já o segundo é destinado para aqueles que contemplam o nível avançado do mesmo.

Para o estudante ser aceito na instituição é necessário que ele faça previamente uma avaliação para descobrir em que nível ele se encontra da língua. 

Os diplomas provenientes desse tipo de teste tem duração vitalícia e os estudantes que almejam um ensino superior, podem ser aceitos a partir do nível C1.

 

Sendo assim, esses são alguns dos exames de proficiência para alguns idiomas. O teste de nivelamento é realizado para medir as competências do aluno perante ao seu conhecimento e habilidade com o idioma que deseja aperfeiçoar no exterior. Se você deseja saber mais sobre e conferir as opções de programa disponíveis, fale com um especialista IE.

Deixe um comentário