Como fazer intercâmbio e o que você precisa saber na hora de viajar

Como fazer intercâmbio e o que você precisa saber na hora de viajar

A princípio, a dificuldade de muitas pessoas que querem fazer intercâmbio hoje é financeira. Sabemos que um investimento num intercâmbio tem um valor relevante.

Gastos como curso, acomodação, passagem aérea, entre outros, requer coragem e, principalmente, planejamento.

Se você tem o desejo de estudar fora, enxergue essa vontade como um projeto de vida.

Mas o que temos de interessante na IE e que nós fazemos questão de acompanhar de perto é o desejo de milhares de pessoas de fazer intercâmbio.

Pessoas que se esforçaram, juntaram seu próprio dinheiro, fizeram um planejamento para hoje estarem na Irlanda, na Austrália, no Canadá, em Malta, na África do Sul, nos Estados Unidos, em diversos países.

Fazer intercâmbio é uma imersão cultural, com troca de conhecimento e de experiências, que além de te possibilitar crescimento e desenvolvimento pessoal, te abre um leque de possibilidades profissionais.

Porém, um intercâmbio educacional requer preparação, para isso é necessário que, em primeiro lugar, você entenda qual que é o tipo de intercâmbio que mais vai combinar com o seu perfil, preferências e objetivos.

Em segundo lugar, é importante que você passe a ter um planejamento, tanto financeiro quanto de tempo. Dessa forma, você terá tempo hábil para decidir qual o melhor período para fazer seu intercâmbio.

Saiba o que você precisa definir antes de fazer intercâmbio:

  • Perfil
  • Preferências
  • Objetivos

Em um papel ou bloco de notas, você vai escrever seu nome, sua idade, seu estado civil e se você tem filhos. Depois, colocará se você trabalha e se a resposta for sim, com o que especificamente. Faça o mesmo caso sua resposta seja positiva para seu estudo. Se você considerar mais algo relevante, coloque aqui, só fique atento se diz respeito ao seu perfil.

Em preferências, você vai colocar tudo aquilo que você gostaria de encontrar numa viagem de intercâmbio, além obviamente do que você vai aprender.

Você pode inclusive ver as suas preferências de países de destino, bem como preferências de clima. Em seguida, você deve colocar os seus hobbies. Isso tudo pode inclusive ser assimilado dentro da sua viagem.

Seus objetivos são o mais importante dentro do seu projeto, afinal de contas é o que vai justificar o seu investimento na sua educação em outro país.

O objetivo pode ser aprender inglês, pode ser estudar na sua área de formação e pode ser morar em outro país. Você pode elencar quais são os seus objetivos em ordem de prioridade, certo?

Contudo, caso o seu receio em fazer intercâmbio seja a falta de coragem, vai em alguma IE no Brasil, nós te oferecemos o suporte necessário e ainda te apresentamos o seu intercâmbio 360°.

Você visita as possíveis escolas através de um óculos de realidade aumentada e conhece a estrutura das instituições antes mesmo de viajar.

Sendo assim, você percebe que fazer intercâmbio diz respeito muito mais a planejamento, do que a falta de dinheiro e/ou de coragem.

Dessa forma, tendo clareza do seu diagnóstico, definindo seu PPO (perfil, preferências e objetivos), entendendo que é necessário um planejamento financeiro e de tempo e contando com o auxílio de especialistas em intercâmbio e carreira, fazer intercâmbio se torna muito mais fácil.

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *