Viajar sozinho: 5 motivos para você fazer o seu intercâmbio sem medo

Viajar sozinho: 5 motivos para você fazer o seu intercâmbio sem medo

Muitos desejam encarar a experiência de um intercâmbio, mas a possibilidade de viajar sozinho às vezes pode assustar. Isso porque o medo e a insegurança podem tomar conta.

O que está por vir gera ansiedade e talvez desistência, seja por esses sentimentos ou até mesmo pelo apego incondicional que existe aos amigos e familiares.

Por isso, hoje nós vamos falar um pouco sobre os benefícios que viajar sozinho pode gerar, seja para uma viagem de turismo ou mesmo para um intercâmbio no exterior. A verdade é que esse processo requer coragem e vontade.

Nesse sentido, viajar sozinho é como se permitir adentrar em um processo de autoconhecimento, amadurecimento, autonomia e de bastante aprendizado. E ao contrário do que muitos pensam, viajar sozinho não é sinônimo de solidão e desamparo, certo?

Então, se você tem esse desejo e ainda não embarcou nessa por receio de uma vida solitária e frustrante, a gente veio aqui pra desmistificar isso. A verdade é que você irá conhecer muitas pessoas do mundo todo e trocará experiências, compartilhará conhecimento e fará bons amigos que podem durar por toda vida.

Escolher passar por isso sozinho é mais uma forma de se sentir livre para tomar decisões, para resolver os problemas do dia a dia, para arriscar e para se descobrir. O intercâmbio é, sem dúvida, uma possibilidade para você que ama conhecer novas culturas, viajar e aprender coisas diferentes.

Se está na sua lista de coisas para fazer, aprender um novo idioma ou viver uma experiência de trabalho no exterior, por exemplo, aqui é o lugar certo para isso. Ante de mais nada, checa só algumas opções de lugares para viajar sozinho:

  • Estados Unidos
  • Canadá
  • Reino Unido
  • Irlanda
  • Austrália
  • Malta
  • Emirados Árabes

 

Descubra 5 motivos para você encarar a experiência de viajar sozinho para um intercâmbio sem medo:

 

Sair da zona de conforto

Um dos motivos mais importantes dessa vivência é a possibilidade que você tem de sair da zona de conforto. Viver em um outro país, com costumes diferentes, pessoas de diversas etnias e desenvolver habilidades de comunicação em uma nova língua vão intensificar esse processo.

Essa pode ser a parte mais difícil do processo, mas é uma das que traz mais benefícios. A decisão de viajar sozinho, por si só, já é uma enorme prova para si mesmo que você consegue viver além da zona de conforto.

 

Autoconhecimento

Não há melhor maneira de desenvolver autoconhecimento senão estando sozinho, você terá tempo suficiente consigo mesmo para se entender e se ouvir. Descobrirá mais sobre suas limitações e vontades, bem como saberá onde pode melhorar.

Passar por situações inesperadas também vai te deixar ainda mais preparado para enfrentar problemas e situações do cotidiano. Você será capaz de fazer sua próprias escolhas e arcar com as consequências delas. Isso nem sempre vai ser fácil, mas será engrandecedor.

 

Fazer novos amigos

A verdade é que, longe de pessoas que você está habituado a viver, ainda mais em um país diferente do seu, é mais propício que você se abra para novas relações e descubra novos amigos.

Dessa forma, fica ainda mais fácil conhecer novas culturas e, quem sabe, desenvolver habilidades com diferentes idiomas. Você vai encontrar gente do mundo todo e sentirá que em cada lugar, terá um pouco de si e de suas vivências.

 

Autoconfiança

Olha, se você passa por alguns momentos inesperados e situações problemáticas vivendo em sua zona de conforto, tenha certeza que algumas delas podem te pegar de surpresa durante seu intercâmbio.

Vai ser preciso confiar em si mesmo, acreditar que você é capaz de superar problemas e de enfrentar coisas sozinho, pois não saberá quando contar com um amigo, por exemplo. Quando você passa a criar esse hábito, torna-se ainda mais fácil enfrentar questões do dia a dia.

 

Se planejar com antecedência

Desde o momento que você embarca já é importante que você tenha consciência das suas responsabilidades e de como faz diferença se planejar. Isso desde pagar contas no dia à atribuições voltadas a estudo e/ou trabalho. 

O fato de se planejar faz com que você otimize seu tempo, encare uma condição de vida melhor, além do fato de você conseguir organizar melhor seus passeios, atividades e tudo que uma viagem sozinho para outro país pode te proporcionar.

 

Em suma, espero que você tenha anotado os motivos para viajar sozinho, deixe o medo de lado e encare o desejo de viver um intercâmbio no exterior. Opções de estudo e/ou trabalho, em programas como Curso de Idioma, Work Experience, High School, Estudo e Trabalho, você encontra na IE para você.

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *