fbpx
intercambio

Cresce a procura por intercâmbios depois dos 30 anos

Há quem pense que fazer intercâmbio é uma oportunidade ideal apenas para pessoas mais jovens. Porém, segundo levantamento da IE Intercâmbio, houve um aumento na procura por cursos voltados à faixa etária de 35 a 45 anos. O crescimento corresponde a aproximadamente 36% no comparativo entre 2016 e 2017.

De acordo com o especialista em educação internacional e carreira, Marcelo Melo, os fatores que motivam esse crescimento é referente às exigências das empresas para que o funcionário fale em inglês. Além disso, a atual situação econômica e financeira do Brasil contribui para uma experiência fora do país.

 

“As pessoas nessa idade entendem que investir na imersão cultural é muito importante para a vida delas. Ou, até mesmo conseguir um reconhecimento melhor na área em que atua dentro do mercado de trabalho. Os cursos escolhidos são focados na carreira”, explicou o Marcelo.

Mais dados

De acordo com a pesquisa realizada, neste ano, pelo Selo Belta (Associação brasileira que reúne as principais instituições atuantes nos segmentos de cursos, estágios e intercâmbios no exterior), 94% dos brasileiros têm interesse em fazer um intercâmbio.

Desse total, 33,9% disseram preferir curso de idioma com trabalho temporário, seguido curso de idioma com 22%. Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Nova Zelândia e Irlanda, na sequência, figuram os destinos que mais despertaram interesse nos brasileiros, segundo a pesquisa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *