Escrito por: Marcelo Melo

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Se você está pensando em ir para o Canadá, fazer um intercâmbio ou passear, este post é perfeito para você! …

Início » Blog IE Intercâmbio » O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Se você está pensando em ir para o Canadá, fazer um intercâmbio ou passear, este post é perfeito para você! Nele, vamos apresentar as melhores atrações e tudo mais o que fazer em Vancouver, uma das principais cidades canadenses.

Em qualquer época do ano, seja no verão ou no inverno, você verá que há muito o que fazer em Vancouver, uma cidade cosmopolita e moderna, com cerca de 650 mil habitantes e que é uma das principais opções dos intercambistas brasileiros para morar e estudar no Canadá.

Entretanto, antes de conhecer tudo o que fazer em Vancouver, é importante saber mais sobre esta cidade tão incrível, de onde muitos intercambistas que optam por esse destino, sequer querem voltar para casa.

Como é Vancouver, no Canadá?

Além das oportunidades acadêmicas e profissionais, Vancouver é uma cidade segura, com uma qualidade de vida alta e com muitos recursos a favor do desenvolvimento. Logo, o que fazer em Vancouver diz muito sobre o poder que a cidade tem sob você.

Cheias de praias, florestas, montanhas e cenários de tirar o fôlego, o território canadense é uma das recomendações mais feitas a jovens que buscam uma experiência para estudar no exterior. Confira a localização de Vancouver:

Sem dúvida, além de tudo o que fazer em Vancouver, a sustentabilidade e a diversidade cultural são pontos fortes da cultura e história da cidade. Um ponto chave do turismo em Vancouver é que a cidade, como em todo o Canadá, valoriza muito a multiculturalidade.

Nesse sentido, Vancouver é uma porta aberta para a diversidade e aceitação. Muitas nacionalidades imigrantes convivem na cidade onde as relações são construídas baseadas no respeito ao próximo e na liberdade de expressão.

Mas vamos lá! Nossa lista de coisas o que fazer em Vancouver é composta de atrações históricas, culturais e muita natureza.

Apresentaremos em seguida, os pontos turísticos mais importantes, além do melhor o que fazer em Vancouver, que é a terceira maior cidade do país.

No final, vamos incluir na lista o que fazer em Vancouver, as diversas modalidades do nosso exclusivo programa de intercâmbio Canadá.

Sendo assim, já vamos começar com uma super dica de visita: o Museu de Antropologia, localizado dentro da Universidade de British, na Columbia e é um dos principais pontos turísticos da cidade. Assim, você conseguirá se aprofundar na história da nação.

O que fazer em Vancouver: as 15 principais atrações

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Com certeza, existem muitos pontos turísticos em Vancouver contudo, hoje nós selecionamos somente as 15 mais significativas atrações e coisas para fazer nesta cidade costeira.

Nesse sentido, dependendo da estação do ano, algumas atrações ficam mais em evidência, como os lugares ao ar livre durante o verão e os ambientes fechados no inverno. Confira abaixo o clima em Vancouver e, em seguida, as atrações nas duas estações.

O que fazer em Vancouver no Verão

1. Passear pelo Stanley Park em Vancouver

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Em todo o Canadá, os parques são pontos turísticos sempre presentes nas listas de coisas para fazer durante esse período mais quente do verão.

Em Vancouver, não poderia ser diferente. Afinal, o destino é considerado a terceira cidade mais quente do país, atrás apenas de Montreal e Toronto. E o fato de estar localizada no litoral ajuda bastante na regulação do clima ameno.

O Stanley Park é famoso em todo o país e super popular na cidade, entre moradores e visitantes. Conta com paisagens belíssimas e muita natureza para ser apreciada e usufruída, inclusive animadas caminhadas e românticos picnics.

É importante ressaltar que, esse parque já foi eleito, algumas vezes, como o melhor do mundo e está localizado no centro da cidade grande. Possui uma calçada de bicicletas e patins, estando à beira do mar, é impossível não curtir a atmosfera do local.

2. Curtir a Kitsilano Beach

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Outro dos principais pontos turísticos ao ar livre, Kitsilano Beach é a praia mais movimentada e badalada de Vancouver.

Assim, é uma das atrações mais especiais da cidade e atrai muitos estrangeiros, principalmente o público mais jovem que viaja ao país e gosta de pegar uma praia!

Limpa, preservada e bem organizada, há um monte de coisas para fazer e curtir por lá, desde bares, esportes, piscina pública, calçadão, restaurantes, dentre outras opções. Ou, simplesmente, relaxar e não fazer nada!

Mas saiba que, como qualquer boa praia no mundo, ela costuma ficar bem cheia no período de verão, então, tente chegar cedo! Ah, e não esqueça do protetor solar!

3. Desfrutar da English Bay

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

No verão, o clima é quente e seco, e se tem uma coisa que não pode faltar de jeito nenhum é praia né? Se uma é boa, duas é melhor ainda e é por isso que nossa terceira dica é uma praia de Vancouver.

A praia fica localizada perto de Stanley Park e chama atenção pela beleza. Com uma areia branquinha, o pôr do sol reflete no mar e faz de um fim de tarde único. Como está localizada em uma baía, as águas são calmas e propícias para deliciosos mergulhos.

Dá pra fazer canoagem no local, frequentar alguns restaurantes locais e desfrutar de um belo passeio à beira mar. Logo, essa opção é ótima para quem gosta de curtir um tempo sozinho ou mesmo com a família e amigos.

4. Atravessar a ponte Suspensa Capilano

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Dentre as diversas coisas para fazer em Vancouver, esta opção a céu aberto é uma daquelas mais emocionantes e com mais adrenalina! Literalmente, de tirar o fôlego!

Distante apenas 15 minutos do centro da cidade, o passeio pela Ponte Suspensa Capilano oferece a oportunidade de desfrutar da natureza, respirar ar puro e entrar em contato com o meio natural.

A ponte tem 137 metros de comprimento e atinge 70 metros de altura, na sua parte mais alta. Lá embaixo, uma vista verde exuberante e deslumbrante enfeita as margens do rio Capilano, que batiza o local.

Você ainda pode experimentar aventura-se nas atrações de : Treetops Adventure e Cliff Walk. Imperdíveis!

5. Experimentar o Granville Island Market

O Mercado Municipal de Granville Island é uma das mais populares coisas para fazer em Vancouver, tanto para turistas como para os próprios habitantes da cidade.

Aberto ao público e com entrada gratuita, é reconhecido pela qualidade da comida, pelo ambiente descontraído e acolhedor, além de ótimo preço.

Um dos mais populares e movimentados pontos turísticos da cidade, tem lojas que vendem carnes, peixes, especiarias, doces e outras iguarias com toque caseiro.

Definitivamente, é parada obrigatória para visitantes que desejam vivenciar autênticas experiências canadenses, principalmente experimentando a culinária local, com sopas, frutos do mar, peixes, pratos asiáticos, dentre outras delícias.

E, por fim, durante a visita ao mercado, não esqueça de provar a cerveja do Granville Island, fabricada por ali mesmo, ela é considerada a melhor cerveja de Vancouver.

6. Aproveitar a praia de Long Beach (Tofino)

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Esta praia fica nos arredores de Vancouver, a cerca de 4 horas de carro ou ônibus. Para chegar nesta praia, eleita a mais sensacional do país, o percurso litorâneo é cheio de paisagens naturais maravilhosas, com rios, lagos, praias e montanhas.

Na praia, que é banhada por águas cristalinas e cercada por uma intensa vegetação verde, que cobre as montanhas ao seu redor, há diversas opções de coisas para fazer.

É possível fazer passeios turísticos de barco até o alto mar para ver baleias e leões marinhos. Para a galera do surfe, rolam altas ondas em Long Beach e ainda é possível alugar equipamentos e ter aulas para aprender a surfar por ali.

Você também pode caminhar por trilhas dentro de uma das florestas mais antigas do mundo, assim como, andar de caiaque ou experimentar a gastronomia local, em um dos restaurantes da região ou ainda, fazer aquelas comprinhas básicas no movimentado comércio local!

Então, se você já experimentou tudo o que fazer em Vancouver, não deixe de separar um dia ensolarado para aproveitar a incrível Long Beach!

O que fazer em Vancouver no Inverno

7. Visitar o Aquário de Vancouver

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

De tudo o que fazer em Vancouver, esse é o passeio que agrada a família inteira. O Aquário de Vancouver fica situado em Stanley Park, conta com mais de 60 mil espécies de animais do mundo todo, dentre eles:

  • Mamíferos
  • Répteis
  • Aves
  • Invertebrados
  • Peixes
  • Anfíbios

O lugar é super seguro, tem mapas por todos os lados (para ninguém se perder) e é climatizado para a proteção dos bichos que vivem em locais muito frios, por exemplo.

Há também atrações de golfinhos e você pode apreciar esse espetáculo. Inclusive, é possível, em algumas situações, ter contato com alguns animais. Sensacional, não é mesmo?!

8. Conhecer as Estações de Esqui

No período entre dezembro e março as estações de esqui passam a ser mais frequentadas. Mesmo que as temperaturas muito negativas não sejam constantes, esse período é o mais frio do ano.

O mais legal é que em Vancouver, ao norte, é possível encontrar estações de esqui com pistas que contemplam diversos níveis de prática do esporte.

Logo, se você é mais experiente, tem opções voltadas para você e, se você não é tanto, também. Para as crianças, também existem opções, que são aquelas estações com toboáguas, os chamados snow tubes. Se liga só em algumas dicas de estações:

Whistler Blackcomb é uma das maiores e mais famosas do país. Fica num resort e possui cerca de 200 pistas.
Grouse Mountain oferece ainda: snowboard, skyride e snowshoeing.

9. Patinar nas Pistas de Gelo

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Outra opção, o que fazer em Vancouver, são as pistas de gelo que oferecem lazer e diversão para toda a família e pessoas de qualquer idade. E, por isso, é uma das atividades mais queridinhas e frequentadas durante o inverno canadense.

As pistas de gelo são um atrativo e tanto para os estrangeiros. Inclusive, a Grouse Mountain oferece uma pista de patinação bem no topo da montanha.

Além disso, um outro lugar que oferece esse tipo de diversão é o Robson Ice Rink, que recebe diversas pessoas ano a ano para curtir uma boa patinação no gelo.

10. Admirar a vista do Vancouver Lookout

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Na verdade, este é um dos pontos turísticos de Vancouver que podem ser desfrutados em qualquer estação. Entretanto, é bem estruturado para o frio e oferece uma vista deslumbrante da paisagem da cidade branquinha quando neva.

Mas olha, durante o verão o pôr do sol, que nessa época acontece por volta das nove horas da noite, é simplesmente incrível de ser apreciado do topo de um dos arranha-céus mais altos da cidade, com cerca de 170 metros.

O embarque é feito através de um elevador panorâmico e é possível ver boa parte, senão toda, da cidade. Apesar do trajeto ser curto, a experiência fica guardada na memória para sempre.

11. Aprender no Museu de Vancouver (MOV)

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Este é outro museu que não pode ficar de fora da nossa lista. Inaugurado em 1894, tem um acervo dedicado à história da cidade e da sua população, com peças sobre a composição étnica dos habitantes, entre outros artefatos e antiguidades do Egito e da Ásia.

Periodicamente, também abriga exposições temporárias muito bacanas. Então, se você vai para Vancouver, não deixe de conferir a programação da página do museu na internet.

12. Admirar as obras da Vancouver Art Gallery

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Para aqueles mais ligados em artes plásticas, a Vancouver Gallery é uma excelente escolha para o que fazer em Vancouver. Dispõe de mais de 10 mil peças de obras de arte, que são constantemente trocadas a fim de prestigiar novos artistas.

É uma das maiores galerias de arte do país, inaugurada em 1931 é hoje um dos mais visitados pontos turísticos de Vancouver. A visita à galeria pode ser guiada por guias capazes de explicar cada detalhe sobre as peças expostas e a história do lugar.

13. Descobrir o Museu Marítimo de Vancouver

Outro museu que não poderia ficar de fora da lista de coisas o que fazer em Vancouver é o Museu Marítimo de Vancouver. Em seu acervo, possui diversos tipos de embarcações, documentos históricos e técnicos sobre a navegação no Canadá.

O museu também possui vários modelos de navios expostos, além de muitas informações e arquivos sobre a história marítima.

A principal exposição permanente do museu, que foi inaugurado em 1959, é sobre o navio St. Roth, utilizado pela Royal Canadian Mounted Police durante expedições pelo Ártico.

Também conta com muitas atrações e exposições temporárias e, por isso, vale a pena dar uma checada na programação antes de ir.

14. Refletir na Christ Church Cathedral

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Já apresentamos atrações e coisas para fazer que têm relação com a arte, a natureza e o estilo de vida dos habitantes de Vancouver. A Christ Church Cathedral é a nossa dica sobre o que fazer em Vancouver, para quem curte história, arquitetura antiga e tradições.

Fundada ainda no século XIX, teve sua primeira missa celebrada em outubro de 1889. É o edifício mais antigo de Vancouver e a sua aparência atual é fruto de várias intervenções e melhorias na estrutura.

Nesse sentido, merecem destaque para as peças em madeira no seu interior e as obras artísticas do Ícone Tríptico, dos vitrais coloridos e Cruz Céltica.

15. Desvendar a Ciência no Museu Science World

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Finalizando nossa lista das 15 principais atrações do melhor o que fazer em Vancouver, o Museu de Ciências mantém diversas exposições permanentes e temporárias.

Com brinquedos, muita tecnologia, laboratórios e atividades interativas, a visita ao Museu oferece muita diversão para toda a família e leva à reflexão sobre a vida no planeta Terra, a preservação da natureza e os seres humanos.

Assim, estas foram as 15 principais atrações de Vancouver que, sem dúvida, tem muito mais a oferecer, seja para curtir o friozinho do inverno ou para aproveitar os longos e calorentos dias de verão!

E, como prometido lá no início do texto, vamos apresentar para você outra das coisas para fazer em Vancouver que é simplesmente imperdível: o programa de intercâmbio Canadá.

A princípio, as modalidades disponíveis para o intercâmbio Canadá são as seguintes:

  • Curso de idiomas – aprenda inglês nesta cidade tão multicultural
  • Cursos profissionalizantes – para jovens recém-formados aumentarem sua experiência
  • Cursos executivos – focado no mercado de trabalho e na terminologia específica
  • Férias Teen – Discover Vancouver – colônia de férias MUUUUITO divertida!
  • High School – faça o ensino médio no Canadá
  • Universidades no Canadá – cursos de graduação e pós-graduação
  • Estudar e trabalhar no Canadá –

Veja agora, os detalhes do intercâmbio Canadá para estudar e trabalhar no país. Um dos programas para estudar no exterior mais procurados por estudantes brasileiros.

Intercâmbio em Vancouver

O que fazer em Vancouver: 15 atrações imperdíveis!

Nesse incrível programa de intercâmbio da IE, é possível estudar no Canadá em um curso superior ou profissionalizante e trabalhar de forma segura e legal. Não é demais?!

São muitas as opções de emprego, que o estudante deve buscar por conta própria, mas a escola confere todo o suporte necessário na documentação e nas referências.

Sem sombra de dúvida, este programa de intercâmbio Canadá para estudar e trabalhar em Vancouver oferece ao estudante uma oportunidade única de aprendizado e desenvolvimento profissional.

Entretanto e antes de tudo, saiba que esta modalidade de intercâmbio não é válida para cursos de idiomas. Então, é preciso estar matriculado em um curso superior ou profissionalizante, conforme o regulamento do governo canadenses. Confira abaixo os detalhes:

  • Visto de estudante: no Brasil (deve-se solicitar a permissão de estudo e trabalho)
  • Duração mínima exigida para o curso: 24 semanas em curso profissionalizante
  • Carga horária mínima de aulas: 20 horas semanais
  • Permissão de trabalho durante os estudos: até 20 horas por semana
  • Autorização para trabalho durante as férias: até 40 horas por semana
  • Remuneração salarial média: CAD 13/hora (varia por região)
  • Acomodação em casas de família ou residências estudantis

A acomodação em uma casa de família (Host Family) é obrigatória para menores de 18 anos e permite ao estudante conviver com uma família local, participar do cotidiano familiar e se aprofundar mais na cultura e nas tradições locais.

As refeições estão incluídas e o ambiente é bem familiar. Em alguns casos, os estudantes criam vínculos duradouros e para a vida toda, com os “pais” adotivos!

Além disso, a constante interação com os membros da família e demais nativos do idioma, principalmente durante o trabalho, potencializa o aperfeiçoamento da língua e permite ao aluno desenvolver uma postura profissional de acordo com requisitos internacionais.

As residências estudantis são opções de acomodação para maiores de 18 anos e que tenham perfil mais independente e autônomo. Nesse sentido, o estudante vai compartilhar o mesmo ambiente com outros alunos estrangeiros e ainda, dividir despesas e deveres domésticos.

As refeições não estão incluídas mas, geralmente, ficam próximas das escola, então dá para economizar bastante em transporte, pois você pode se deslocar a pé ou de bicicleta!

É uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de importantes soft skills, como a responsabilidade, adaptabilidade, tolerância, empatia e aceitação à diversidade cultural.

Principais vantagens do intercâmbio Canadá para estudar e trabalhar em Vancouver

Além de todo o desenvolvimento pessoal e profissional que o intercâmbio Canadá pode conferir aos alunos, a modalidade de estudo e trabalho é ainda mais eficiente na promoção de uma vivência internacional única e muito enriquecedora. Confira as principais vantagens:

  1. Promove a autonomia do estudante
  2. Abre a cabeça para a diversidade cultural
  3. Enriquece o currículo profissional e acadêmico
  4. Possibilita conhecer outro país e viabiliza a imersão em outra cultura
  5. Amplia o networking profissional
  6. Aumenta a bagagem cultural e profissional
  7. Dá para trabalhar durante os estudos e ganhar em moeda estrangeira
  8. Promove uma formação acadêmica multidisciplinar
  9. Desenvolve a autoconfiança, a flexibilidade, a maturidade e o crescimento pessoal
  10. Possibilita a vivência do mercado profissional internacional

Em conclusão, estas foram as nossas dicas de ouro para te ajudar a elaborar uma super viagem a Vancouver.

Agora que você já conhece os principais pontos turísticos e as melhores coisas para fazer em Vancouver, entre em contato com nosso especialista de intercâmbio Canadá e organize tudo com bastante antecedência.

Junto com ele, você vai poder definir o seu perfil de estudante, escolher o destino de acordo com as suas preferências e ainda, reservar a modalidade ideal de intercâmbio para você voar alto, rumo ao seu sucesso profissional!

Então, para finalizar, comenta aqui embaixo e conta pra gente o que você achou da nossa super lista de tudo o que fazer em Vancouver e qual o tipo de intercâmbio que você mais gostou! Fale com a gente!


Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Deixe um comentário