5 dicas para aproveitar melhor Paris

louvre

1. Museu grátis

Paris é cara. Demais. Os valores podem não assustar tanto porque tudo em euro ‘custa aos olhos’ menos do que em real, mas quando você converte, toma um susto danado. Então precisamos aproveitar cada oportunidade de fazer programas legais pagando pouco. No primeiro Domingo de cada mês, a entrada é grátis na maioria dos museus da cidade (exceto o Louvre, que só funciona grátis no primeiro Domingo entre Outubro e Março). A boa é ir ao Louvre nas sextas-feiras, porque ele funciona até mais tarde. E chegar cedo, para aproveitar bem o dia inteiro.

Screen Shot 2014-07-30 at 11.30.03 PM

2. Le BonBon

O Le BonBon é um portal desconhecido entre os brasileiros, mas muito popular entre os parisienses jovens. É um guia detalhado e muito atualizado da cidade, com as boas da programação semanal. Boas não, as ótimas: onde encontrar cinema ao ar livre, concertos de piano grátis nos parques, exposições, festivais de música. Quando morei lá, entrava todos os dias para decidir o que fazer após a aula.

chatelet

3. Evitar Châtelet

Châtelet é a principal estação subterrânea de Paris, ponto de interseção da maioria das linhas de metrô e trens da rede urbana (e periferias). Olhando no mapa, pode parecer muito prático fazer uma baldeação por lá, mas é a estação mais perigosa da cidade, sempre muito cheia e muuuito grande, anda-se muito para chegar nos cantos por ela.

soldes

4. Liquidação

O verão de Paris é super astral: as pessoas estão felizes, tomam as ruas, invadem os parques, a beira dos rios. E também é o período das liquidações, as famosas ‘soldes’, que acontecem em junho e julho. Excelente chance de comprar roupas de grife (vi uma camisa da Kenzo por 40 euros), e realmente se esbaldar no consumo. Os parisienses já estão acostumados com as liquidas, que acontecem todo o ano. Aproveite para exercitar um pouco o consumo à la française: mesmo com os preços baixos, eles não saem comprando tudo o que veem pela frente, investem em itens básicos e atemporais no guarda-roupa.

quartierlatin

5. Quartier Latin é uma furada

Taí um reduto queridinho dos brasileiros que é a maior furada: o Quartier Latin. É um ‘bairrozinho’ de Paris, cheio de restaurantes, de várias culinárias, bem point turístico. Nem preciso dizer que a comida da maioria desses restaurantes é muito fuleira, né? Os menus de 12 euros com sobremesa podem até parecer uma boa oferta, mas a comida é geralmente uma fritura bem escrota. Aliás, em Paris, desconfie sempre dos lugares com menu em inglês na porta. Você sempre poderá encontrar um lugar mais autêntico, charmoso, francês de verdade.

Deixe um Comentário

Envie um Whatsapp

Precisamos de algumas informações para enviar sua mensagem.

Condições Gerais

*Valores expressos em reais com o câmbio de 01/11/2018, considerando USD = R$ 3,87; AUD = R$2,81; CAD = R$ 3,02; EUR = R$ 4,51; GBP = R$5,15 e NZD = 2,73. Haverá atualização do câmbio no ato da compra. Parcelamento em até 13x sem juros, sendo 30% de entrada + 12 vezes no cartão de crédito, restrito à programas com destinos e durações específicas e sujeito a disponibilidade de datas. Desconto de taxas e de até 40% no valor dos cursos de idioma, com escolas específicas. Promoção com 1 semana de seguro Global gratuita para programas com duração superior a 3 semanas. Não inclui taxa de consultoria no valor de USD 129, CAD 185, AUD 185, GBP 99 ou EUR 129, a ser cobrada na moeda do programa. Todos os programas possuem vagas limitadas que podem se encerrar sem prévio aviso. Serviço de assessoria de visto requer aplicação de visto com prazo mínimo de 3 a 5 meses antes do início do programa. Fale com seu consultor IE para maiores informações.