Ter uma experiência internacional no currículo é um diferencial que pode abrir muitas portas no mercado de trabalho

Além de demonstrar domínio de outro idioma, quem tem experiência internacional no currículo adquire habilidades como adaptabilidade, flexibilidade, autonomia e visão global. 

Existem diversas formas de ter uma experiência internacional no currículo, dependendo do seu perfil, objetivo e disponibilidade. 

Uma delas é participar de programas específicos que oferecem a oportunidade de trabalhar em outro país, como o Au Pair ou o Work Experience

Há também a possibilidade de ter um currículo internacional ao estudar e trabalhar ao mesmo tempo, em países como Malta, Irlanda, Austrália e Nova Zelândia.

Neste artigo, vamos explorar cada uma dessas opções e mostrar como elas podem enriquecer o seu currículo e a sua vida pessoal. 

Você vai descobrir quais são os requisitos, os benefícios e os desafios de cada uma delas, além de dicas para se preparar para uma viagem internacional. 

Se você tem interesse em ter um currículo internacional, continue lendo para saber mais.

Que tipo de experiência internacional colocar no currículo?

Você pode colocar qualquer tipo de experiência internacional no seu currículo, mas muitos estudantes procuram por opções para ampliar ainda mais seus horizontes, como por exemplo:

  1. Intercâmbio de estudo e trabalho;
  2. Curso profissionalizante + trabalho;
  3. Au pair como experiência de trabalho internacional.

Intercâmbio de estudo e trabalho

O intercâmbio de estudo e trabalho é uma experiência educativa e profissional no exterior, permitindo que estudantes aprendam um idioma enquanto trabalham meio período. 

Essa modalidade oferece uma imersão cultural e no idioma local, ajudando a desenvolver habilidades como adaptabilidade e visão global, e pode ajudar a cobrir custos da viagem. 

É ideal para enriquecer o currículo e ganhar experiência internacional

Requisitos incluem ter pelo menos 18 anos, um nível básico no idioma, e escolher um país compatível com essa modalidade, como:

  • Austrália;
  • Irlanda;
  • Nova Zelândia;
  • Malta.

Curso profissionalizante + trabalho

Os cursos profissionalizantes, conhecidos como VET (Vocational Education and Training) na Austrália, e os Career programs no Canadá, oferecem formação especializada e experiência de trabalho. 

Com duração de 6 meses a 2 anos, esses cursos cobrem áreas como TI, Business, Hospitalidade e Turismo. 

Eles permitem trabalho em meio período e podem facilitar o acesso a universidades estrangeiras. 

Para participar, é necessário ter no mínimo 18 anos e um nível intermediário de inglês.

Au pair como experiência de trabalho internacional

O intercâmbio de Au Pair é uma experiência de trabalho internacional que combina cuidados com crianças em uma família estrangeira e imersão cultural em outro país. 

Durante o programa, o participante recebe uma remuneração semanal e ajuda educacional de até 500 USD para cursos, como inglês. 

Essa modalidade facilita a integração na língua e cultura local, envolvendo convivência com a família anfitriã e participação em atividades domésticas. 

Além disso, o Au Pair também é uma oportunidade para desenvolver habilidades como responsabilidade e criatividade. 

O intercâmbio desse tipo é destinado a candidatas com no mínimo 18 anos, nível intermediário de inglês e experiência com crianças.

Conquiste sua experiência internacional no currículo com a IE

Fale com nossos consultores e construa sua experiência internacional no currículo com quem entende tudo de intercâmbio!