Trabalhar na Alemanha: Saiba tudo sobre trabalhar no país

Compartilhe:

Se você deseja conhecer um pouco sobre os alemães, a cultura e aprender o idioma do país, trabalhar na Alemanha é a melhor opção!

Trabalhar na Alemanha traz diferentes possibilidades e oportunidades para aproveitar melhor o seu tempo na Alemanha.

A possibilidade de estudar e trabalhar na Alemanha, dá a oportunidade de conhecer muitos países em pouco tempo, além de proporcionar uma das melhores experiências para os intercambistas.

Afinal, como trabalhar na Alemanha?

Existem muitas formas de trabalhar na Alemanha, mas cada uma tem seus pré-requisitos e precisam seguir etapas para contratação, além de exigirem um nível mais avançado de alemão.

Além do intercâmbio na Alemanha, o país também é um ótimo local para trabalhar, com diversas oportunidades.

Para trabalhar na Alemanha é preciso persistência e paciência para achar a vaga que se encaixa no seu perfil. 

Assim, para conseguir um emprego na Alemanha, primeiro é preciso ser flexível e aberto a oportunidades de emprego e avaliar quais áreas mais te chamam atenção. 

As principais etapas para ter um emprego na Alemanha são:

  1. Possuir a documentação necessária para permanecer no país;
  2. Já ter oportunidades com entrevistas, propostas formais ou fazer um curso de ensino superior que dê a permissão de trabalho;
  3. Possuir um currículo com índice, carta de apresentação, currículo com foto, cartas de recomendação e certificados acadêmicos com tradução juramentada em alemão ou inglês;
  4. Fazer uma entrevista de emprego;
  5. Assinar o contrato de trabalho.

Onde conseguir uma vaga de emprego?

Existem algumas formas básicas para encontrar um emprego na Alemanha. As mais comuns de se conseguir uma oportunidade para trabalhar na Alemanha são por meio dos portais de emprego ou redes sociais. 

Outra opção para conseguir um emprego é verificar a oferta de vagas diretamente nos sites das empresas que despertam interesse.

Para quem pretende estudar e trabalhar com um programa de intercâmbio na Alemanha, há uma maior facilidade de achar emprego nos murais e nos programas que a escola pode oferecer.

Documentos para trabalhar na Alemanha

Para conseguir uma vaga de emprego para trabalhar na Alemanha, é preciso inicialmente da documentação necessária para ter o visto de trabalho.

A primeira coisa que vai precisar é de uma autorização de residência, para poder ter um emprego na Alemanha mesmo como cidadão brasileiro.

Já o visto de trabalho alemão também vai ser necessário caso não possua cidadania alemã ou visto de estudante que permita trabalhar na Alemanha.

Existem diversos documentos que podem ser exigidos na solicitação do visto de trabalho alemão, assim como os documentos básicos que quase sempre são solicitados.

Para solicitar o visto de trabalho é preciso possuir os seguintes documentos básicos (alguns podem não ser solicitados):

  • Passaporte válido pelos últimos 10 anos;
  • Para cidadãos brasileiros: RNE/RNM (cópias dos dois lados e comprovante de residência);
  • Preencher o requerimento para autorização de residência;
  • Duas fotos biométricas atuais;
  • Formulário “Erklärung zum Beschäftigungsverhältnis” preenchido e assinado pelo empregador;
  • Contrato de trabalho assinado (caso já tenha oportunidade);
  • Currículo profissional em alemão ou inglês;
  • Comprovação da qualificação profissional;
  • Pré-aprovação do Departamento de Estrangeiros para a emissão do visto (caso tenha);
  • Comprovação de conhecimentos do idioma alemão ( nível A2 ou B1), dependendo da atividade pretendida;
  • Caso tenha completado 45 anos de idade, comprovante de previdência adequada;
  • Comprovante de seguro saúde com cobertura mínima de 30.000€ (ou 50.000 USD) a partir do dia da entrada na Alemanha.

Os documentos necessários para obter o visto de trabalho no país podem variar de acordo com o emprego que irá se candidatar para trabalhar na Alemanha. 

No entanto, os documentos básicos para conseguir o visto de trabalho são:

  • Passaporte válido pelos últimos 10 anos;
  • Formulário de requerimento de autorização de residência preenchido online e impresso em duas vias;
  • Duas fotos biométricas atuais;
  • Formulário preenchido e assinado pelo empregador (caso já tenha oportunidade);
  • Contrato de trabalho assinado (caso já tenha oportunidade);
  • Currículo no padrão europeu em alemão ou inglês;
  • Comprovação de qualificação profissional (diploma universitário ou de formação técnica) com tradução juramentada;
  • Comprovante de conhecimento em alemão (no nível A2 e B1), caso o emprego precise do idioma;
  • Verificar equivalência do diploma no banco de dados Anabin (caso seja necessário).

Recentemente, a Alemanha disponibilizou um novo tipo de visto de trabalho, para ter mais ingresso de mão de obra especializada, o Chancenkarte, conhecido aqui como Green Card.

Para solicitar esse tipo de visto de trabalho é preciso preencher ao menos 3 dos 4 requisitos estabelecidos pelo governo:

Currículo para trabalhar na Alemanha

Os padrões de um currículo alemão para conseguir um emprego na Alemanha, não são muito diferentes dos currículos brasileiros. Há uma preferência por currículos tabulares. 

Currículos tabulares são com tabelas, sem linhas de borda, que organizam o conteúdo em temas e separem as colunas entre período/ano e cargo/atividade.

Eles apreciam uma boa foto e uma explicação sobre sua carreira. Além de colocar os cargos que já exerceu é importante colocar suas atividades enquanto o possuía.

Caso esteja em um programa de intercâmbio na Alemanha, coloque o que está cursando para ajudar a explicar o seu perfil.

Também a preferência por currículos que possuam dois tipos de carta: carta de intenção para trabalhar na Alemanha e uma carta de motivação.

Uma carta de intenção é um documento declarando as intenções para uma vaga. Uma carta de motivação é um texto que explica por que é o candidato ideal para determinada vaga.

Nem todas as vagas pedem as cartas, mas vale a pena dedicar algumas horas para escrever a sua, pois vai diferenciar você de outros candidatos. 

Salário na Alemanha

Trabalhar na Alemanha

As últimas pesquisas feitas, mostraram que o salário na Alemanha mínimo é de 12€ a hora trabalhada, ou seja, cerca de 2880€ por mês

Em média, o salário na Alemanha costuma ser de 2.636€ líquidos. A Alemanha consta em 7º lugar no ranking europeu de salário mínimo, ficando acima da média da União Europeia.

Porém, caso o profissional trabalhe em período noturno ou aos finais de semana, é comum que recebam outros benefícios e salários melhores.

As estimativas dizem que o salário na Alemanha médio mensal bruto é de 4105€. Após a aplicação das taxas são de 2.740,07€ mensais. 

Profissões com salários mais altos

É importante lembrar que quanto maior o nível de educação e maior tempo de carreira, maior as chances de ter uma vaga boa de trabalho e um salário na Alemanha mais alto que a média.

Pesquisas apontam que os profissionais mais bem pagos em 2022 foram: médicos, gestores de vendas, gerentes de investimentos financeiros, gestores comerciais e gestores de TI.

As profissões de maior salário na Alemanha apontadas na pesquisa exigem ou um alto nível de escolaridade, ou bastante tempo de experiência, por isso são mais bem pagos.

Impostos no salário na Alemanha

Em primeiro lugar, é importante destacar que o sistema tributário da Alemanha é bem diferente do brasileiro.

O imposto de renda (Einkommensteuer)  é retido diretamente na folha de pagamento, e pode variar de 15% a 45% do salário.

Entretanto, não é necessário fazer a declaração em alguns casos específicos, como:

  • Profissionais autônomos;
  • Quem possui renda fora da Alemanha (imóveis, aposentadoria, etc.);
  • Quem tem mais de uma fonte de renda;
  • Quem recebe qualquer tipo de auxílio do governo;
  • Quem pretende solicitar possíveis restituições.

Além disso, pessoas que ganham um salário na Alemanha inferior ao mínimo, estão isentas de pagar o imposto de renda.

Outros fatores considerados são os estados civis da pessoa, a região em que ela vive, assim como a quantidade de filhos, filiação religiosa, idade, seguro saúde, dentre outros.

Na hora da declaração de imposto de renda, existem as seguintes classes:

  • Classe 1: solteiros, viúvos, divorciados ou pessoas que não moram com o cônjuge;
  • Classe 2: pais solteiros;
  • Classe 3: casados com renda superior à do cônjuge na classe 5 e pessoas que recebem algum tipo de benefício do governo;
  • Classe 4: casados que recebem salários equivalentes;
  • Classe 5: casados cuja renda é inferior à do cônjuge na classe 3;
  • Classe 6: quem possui mais de uma fonte de renda, não dependendo do estado civil.

Salários de empregos

O salário na Alemanha varia de acordo com profissão, instituição e o currículo de quem procura uma vaga de emprego para trabalhar na Alemanha.

Pesquisas realizadas em 2023 mostram a média de salário na Alemanha de determinadas profissões. Dentre elas:

  • Advogado: 82900€
  • Consultor fiscal: 71600€
  • Gerente de produto: 63800€
  • Auditor de TI: 63600€
  • Agente de call center: 25300€
  • Taxista: 24100€

Direitos dos trabalhadores na Alemanha

Emprego na Alemanha

Assim como no Brasil, todos os trabalhadores possuem direitos, porém existem algumas diferenças entre os direitos trabalhistas alemães para os direitos trabalhistas brasileiros.

Quais as diferenças dos direitos trabalhistas? 

As principais mudanças são que os trabalhadores na Alemanha não costumam receber 13º salário, vale-transporte ou vale-refeição.

Porém, ainda há algumas semelhanças, como a licença maternidade, sendo concedidas 14 semanas de licença integralmente remunerada às mães. Os pais recebem 10 dias de licença remunerada.

Contudo, existe o chamado “Elternzeit“. Trata- se de uma licença com remuneração parcial proporcional ao salário, a qual é concedida por até 12 meses a um dos dois responsáveis pela criança.

O Elternzeit pode se prolongar por até três anos, sem que haja remuneração, mas existindo a estabilidade da manutenção no emprego.

Além disso, há também o Kindergeld, um auxílio mensal de 250€ concedido pelo governo por filho, independentemente de quantos tiver, até que completem, pelo menos, 18 anos.

Férias de trabalho na Alemanha

Os profissionais que trabalham 5 dias por semana possuem direito a, no mínimo, 20 dias úteis de férias remuneradas.

Entretanto, algumas empresas oferecem um número maior de dias de férias aos seus funcionários, mas isso é determinado pelo contrato de trabalho.

As férias são oferecidas de maneira proporcional ao período a ser trabalhado no ano calendário, sendo possível solicitar as férias já após o primeiro mês de trabalho.

Em sua maioria as férias expiram no dia 31 de dezembro do ano vigente e deve usá-las até essa data. Há exceções, em que poderão ser transferidas e usadas até o dia 31 de março do ano seguinte.

Há uma grande flexibilidade na utilização das férias, podendo fazer pequenas folgas durante a semana, emendar feriados e organizar da forma que quiser, avisando previamente o seu empregador.

Dúvidas sobre o trabalho na Alemanha

Visto de trabalho na Alemanha

Quando se trata de trabalhar na Alemanha, existem muitas perguntas em relação a legalidade e condições de trabalho.

Por isso decidimos responder às perguntas mais frequentes em relação a trabalhar na Alemanha para te ajudar a conseguir seu emprego na Alemanha.

Quais as áreas com mais oportunidade de emprego?

Com a escassez de profissionais qualificados, muitas empresas procuram funcionários, em especial, nos setores de saúde, gastronomia, comércio e no setor de logística.

De acordo com pesquisas feitas, os grupos ocupacionais com mais vagas no mercado para trabalhar na Alemanha em dezembro de 2022 foram:

  1. Transporte, logística (exceto condução);
  2. Ocupações de vendas;
  3. Profissões médicas de saúde;
  4. Mecatrônica, energia e profissões elétricas;
  5. Profissões de engenharia mecânica e automotiva.

As pesquisas apontam que em 2023, outros área de emprego na Alemanha com maior oportunidade e bons salários são:

  • Pilotos;
  • Professores (especialmente universitários);
  • Pesquisadores;
  • Gerentes de banco e diretor de finanças;
  • Profissionais de turismo e hotelaria.

Carga de trabalho alemã

A carga horária alemã de um emprego na Alemanha é muito parecida com a carga horária brasileira, sendo a mais comum de 40 horas semanais.

Também é relativamente comum que algumas pessoas optem por trabalhar na Alemanha em período parcial, com carga horária de 20 ou 30 horas semanais.

Um diferencial, é que na Alemanha não há obrigatoriedade de uma pausa mínima de 1 hora para o intervalo de almoço, geralmente, os funcionários fazem apenas um lanche rápido.

Existem, ainda, os empregos chamados mini jobs para trabalhar na Alemanha com carga horária de aproximadamente 10 horas semanais.

Necessidade de cidadania europeia

A cidadania europeia pode ser um grande facilitador para ingressar no mercado de trabalho na Alemanha, porém não é obrigatório, sendo substituído pelo visto de trabalho.

A vantagens em possuir a cidadania europeia, dentre elas a dispensa da necessidade de uma permissão de residência ou visto de trabalho.

Outras vantagens da cidadania ao invés do visto, é o poder de exercer profissões que não estejam relacionadas à sua área de formação, embora não seja muito comum.

Os estudantes com cidadania europeia não possuem a mesma limitação de carga horária que os estudantes estrangeiros para trabalhar na Alemanha, conciliando os estudos com trabalho em tempo integral.

Validação de diploma

A validação de diploma de ensino superior para ter um emprego na Alemanha é necessária em casos específicos.

Quem possui nível superior e pretende trabalhar na Alemanha em sua área de formação, precisa, de uma forma geral, validar o diploma no país.

Entretanto, caso realize um curso de graduação ou pós-graduação antes de ingressar no mercado de trabalho da Alemanha, não há essa necessidade.

Fluência em alemão

A fluência em alemão não é obrigatória, porém, deve-se ter um conhecimento médio em inglês e básico em alemão para conseguir um emprego na Alemanha.

Ainda que para muitas vagas a fluência em alemão não seja pré-requisito, é provável que em algum momento surgirá uma demanda que exija o idioma.

É preciso ter um conhecimento mínimo sobre a língua para que consiga se comunicar minimamente, principalmente para trabalhar na Alemanha nos mini jobs.

Intercâmbio na Alemanha

A Alemanha é um país desenvolvido, com uma das melhores economias europeias e uma boa qualidade de vida, dois atrativos para quem quer fazer um intercâmbio na Alemanha.

Motivos para fazer intercâmbio na Alemanha

O governo alemão oferece um pacote de benefícios para quem faz intercâmbio na Alemanha que facilita a imigração e pode ser solicitado pelo estudante após a conclusão do curso em uma universidade alemã.

Outros motivos para realizar um intercâmbio na Alemanha são:

Além disso, com um intercâmbio na Alemanha terá maior facilidade para conseguir um emprego para trabalhar na Alemanha e não precisará dos documentos dos vistos de trabalho.

Além de escolher o local ideal, precisa entender quais são os seus objetivos pessoais e profissionais de aprendizado e experiência profissional no seu intercâmbio na Alemanha.

Programas de intercâmbio na Alemanha

Os quatro tipos de intercâmbio na Alemanha são:

  1. Graduação, Pós-graduação ou MBA;
  2. Cursos profissionalizantes e técnicos;
  3. Cursos preparatórios para exames de proficiência em alemão;
  4. Cursos de idioma (de alemão ou de inglês).

Conheça a Alemanha com a IE

Intercâmbio na Alemanha

Agora que conhece tudo que precisa sobre trabalhar na Alemanha, então que tal realizar o seu sonho de ir para a Alemanha?

A IE tem mais 25 anos de experiência organizando com muito sucesso programas de intercâmbio e para trabalhar na Alemanha e, em diversos destinos no mundo. 

Entre em contato com um de nossos especialistas, e prepare as malas para realizar um intercâmbio e trabalhar na Alemanha.

Thumb Málaga Espanha

Espanha

Málaga

Estude desde o nível básico

12X de R$ 535*

Receba nossas novidades