Como morar na Irlanda - um guia cheio de dicas sobre o país

Como morar na Irlanda – um guia cheio de dicas sobre o país

Você já se imaginou morando em outro país? Sabe como fazer para realizar esse desejo? Pois bem, independentemente da sua resposta, a gente te aconselha a ficar coladinho aqui hoje. Afinal, vamos falar sobre como morar na Irlanda, um destino tão bem quisto e disputado.

Escolher um destino é, quase sempre, um desafio. Há tantas opções incríveis para se viver, além daquelas oportunidades de intercâmbio que você já conhece. Porém, é necessário uma avaliação de perfil e preferências, antes dessa decisão.

Claro que as facilidades em detrimento de alguns destinos acabam por colaborar com essa escolha. Mas, se você quer realmente saber como morar na Irlanda, vai adorar descobrir tudo que o destino tem a oferecer. 

O país está localizado no noroeste do continente europeu e abraça inúmeros brasileiros ano a ano. Não é à toa que saber como morar na Irlanda é um dos pontos de partida para quem decide ir embora do Brasil e escolhe esse destino.

Em outras palavras, viver na Irlanda pode abrir portas para outras possibilidades. Inclusive, se você tem vontade de estudar e/ou trabalhar no país, essa é uma grande oportunidade. 

Isso acontece porque o governo irlandês concede uma espécie de permissão temporária de trabalho para quem deseja viver essa experiência internacional e quem sabe angariar parte do investimento feito no programa. 

Mas, é claro que não é só isso que envolve um planejamento como o de morar fora. Alimentação, transporte, moradia, segurança, qualidade de vida, custo x benefício, entre tantas outras coisas precisam ser avaliadas antes.

Afinal, saber como fazer para morar na Irlanda se torna vago se não há um propósito pré-estabelecido aliado à questões que envolvem suas preferências. Enfim, antes de saber mais, confere algumas cidades que listamos para você viver:

  • Dublin
  • Cork
  • Limerick
  • Galway

Um guia cheio de dicas sobre como morar na Irlanda

 

Bom, vamos lá. Há quem diga que apesar das divergências culturais, viver na Irlanda e se adaptar não é um processo demorado para os brasileiros. Um fato que sem dúvidas pode regir esse sentimento é que os irlandeses são extremamente receptivos e alegres. 

Ou seja, o medo do julgamento com o estrangeiro, você pode deixar de lado. Em contrapartida, uma coisa que não é tão favorável assim e que é levada em consideração é o custo de vida. Em relação a outros destinos, a Irlanda pode ser um local caro de se viver.

Mas há quem diga que compensa, afinal os salários da Irlanda não costumam deixar a desejar, são bem atrativos inclusive. Ótimas oportunidades de estudo e de trabalho você também encontra e faz o investimento valer a pena.

Por exemplo, se você deseja fazer um intercâmbio de inglês na Irlanda, o programa pode até sair mais em conta do que um programa no Canadá, na Austrália, nos Estados Unidos. Algumas variantes vão exercer influência nesse resultado, óbvio.

 

Sobre ao visto para a Irlanda

 

Mesmo que você não possua dupla cidadania, há opções de visto para estar legalizado no país, certo? Por exemplo, para os brasileiros esse tipo de permissão de residência vem através de um curso de inglês, de um trabalho, de uma universidade, etc. 

Porém, ao contrário de alguns outros destinos, esse tipo de visto é solicitado no próprio país de destino. Afinal, é permitida a entrada de brasileiros que têm o interesse de permanecer por um período de até 90 dias no país. 

 

Deu pra perceber que a escolha por esse destino não é sem motivo, né? A Irlanda, além de todo o cenário exuberante é um país que valoriza os profissionais e estudantes estrangeiros e os recebe extremamente bem. É até difícil ver alguém que optou por esse lugar e se arrepende por isso.

Enfim, para mais informações sobre como morar na Irlanda, contate-nos! Será um prazer compartilhar esse sonho com você e fazer parte da sua jornada rumo à uma experiência enriquecedora.

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta