Quanto custa um intercâmbio? Saiba mais sobre esse investimento

Quanto custa um intercâmbio? Destino, programa, duração!

Uma dúvida que muitas pessoas têm quando desejam passar uma temporada estudando no exterior é justamente sobre quanto custa um intercâmbio. 

Na verdade, dizer quanto custa um intercâmbio com exatidão é bastante relativo e isso vai depender de diversos fatores, os quais discutiremos aqui logo abaixo. Mas antes disso, é super importante que você esteja ciente da necessidade de um planejamento de longo prazo.

Em outras palavras, o custo de um intercâmbio é caracterizado pela duração do mesmo, além do destino escolhido, da instituição de ensino, entre outros gastos mais relativos como acomodação, transporte, alimentação e entretenimento.

Quanto custa um intercâmbio: começando a planejar

Quanto custa um intercâmbio: começando a planejar

Nesse sentido, é ideal que você, primeiramente, esteja atento a todas as suas preferências com relação a essa viagem para saber exatamente quanto custa fazer um intercâmbio que combine com seu perfil e objetivos. 

 

Saiba identificar seus objetivos e metas durante o período que estará fora do Brasil e conheça profundamente as características do seu perfil de intercambista.

 

Pode parecer besteira mas, depois de identificar quanto custa um intercâmbio, essa é umas das principais dificuldades dos estudantes: se autoconhecer!

 

Bem, antes de tudo, você deve estar preparado para lidar com situações que exigirão gastos extras de você, especialmente no começo da experiência, até que haja uma estabilidade financeira (se você for trabalhar durante o intercâmbio).

 

Com certeza, o planejamento com antecedência é fundamental para definir quanto custa um intercâmbio e adequá-lo ao seu orçamento disponível.

 

Sabemos que imprevistos sempre aparecem e é de sua responsabilidade estar atento e preparado para enfrentá-los e resolvê-los!

 

Então, vamos lá. Apresentaremos em seguida, os principais elementos que representam o custo do investimento no intercâmbio para aprender um idioma, ingressar em uma universidade ou estudar e trabalhar no exterior.

 

Acompanhe nossas dicas e depois, entre em contato com os consultores da IE para reservar o programa de intercâmbio perfeito para você. Eles têm ótimas opções com condições incríveis de pagamento. Confira!

 

Quanto custa um intercâmbio: principais fatores

Quanto custa um intercâmbio: principais fatores

Duração

 

Um dos fatores que vão exercer maior influência em cima do valor que você vai investir no seu intercâmbio, sem dúvida, é a duração do programa escolhido, que pode ser de curta, média ou longa duração.

 

Além da diferença de valores entre as escolas, há uma diferença na especificidade do curso, na duração e na sua carga horária.

 

O que você precisa estar atento e ter muito bem claro em mente são as suas condições para realizar um intercâmbio no exterior. Ou seja, a sua disponibilidade de tempo.

 

A partir daí, pode-se elaborar um programa de intercâmbio de acordo com o seu tempo disponível e com o seu objetivo. O curso pode ser mais ou menos intensivo, com maior ou menor carga horária de aulas, por exemplo. 

 

Há bastante flexibilidade, desde que sejam respeitadas as regras da escola e do país destino. Contudo, o preço do intercâmbio é cobrado de acordo com o número de semanas. Quanto mais semanas cursadas, menor é o valor cobrado. 

 

Da mesma forma, é diretamente proporcional  quando se fala de carga horária, ou seja, quanto maior o número de aulas por semana, maior é o valor do curso.

 

Então, sempre que for comparar os orçamentos, preste atenção neste item. Às vezes, o que está deixando um orçamento inferior ao outro é a carga horária do curso.

 

Com certeza, você encontra programas aqui na IE com durações variadas e, dependendo do seu propósito, se encaixa melhor em uma delas.

 

Destino

Um outro ponto que vai ser decisivo é o destino escolhido. Isso talvez esteja mais ligado ainda a todas aquelas despesas que você vai ter com moradia, acomodação, transporte, saúde e afins, ou seja, viver no exterior.

Porém, é evidente que alguns destinos possuem um custo inferior se comparado a outros, por exemplo. Entretanto, é preciso ter em mente que o valor quanto custa um intercâmbio está diretamente relacionado com a qualidade de serviços que o destino vai oferecer.

Mas, acreditamos que a escolha do seu destino não deve estar pautada única e exclusivamente ao seu poder aquisitivo, correto? 

Para calcular o valor de um intercâmbio, você deve considerar também, o benefício do programa para o seu desenvolvimento pessoal e profissional, certo?!

Isso sem dúvida é um dos fatores relevantes, mas defina as suas reais prioridades e as combine com o destino ideal e a modalidade de intercâmbio que mais combina com você!

Em conclusão, confira abaixo uma relação de alguns destinos, por exemplo, para estudar no exterior durante as férias e faz uma comparação do investimento em educação entre eles:

  • Canadá – $
  • Estados Unidos – $
  • Reino Unido – $
  • Malta – $
  • África do Sul – $

Fora estes, inúmeros destinos estão disponíveis para você, cada um com suas características de custo bastante individuais. Logo, cada um conta com suas vantagens e desvantagens, seja do curto, médio ao longo período.

E não deixe a taxa de câmbio te desestimular! Mesmo que a moeda local no país seja mais valorizada do que o Real, ainda assim, o destino pode valer a pena financeiramente.

Por exemplo, na Inglaterra, a Libra Esterlina custa aproximadamente 7 vezes o valor do Real, atualmente.

Todavia, o custo de vida de algumas localidades na Inglaterra é tão baixo que, ao converter o valor de um produto ou serviço para o Real, ele pode ficar ainda mais barato do que se você consumisse a mesma coisa no Brasil.

Tipo de Programa

Este é outro fator que pode fazer o valor quanto custa um intercâmbio variar bastante! Um exemplo disso é que um Curso de Idiomas no exterior pode acabar sendo mais caro do que um Estudo e Trabalho dependendo da duração do seu intercâmbio.

Isto porque, no intercâmbio para estudar e trabalhar, o aluno pode trabalhar de forma legal no país destino e ganhar em moeda estrangeira. Dessa forma, dá para ganhar uma grana extra que serve também para ajudar a pagar a viagem, entendeu?

Um Highschool pode vir a exigir de você um investimento superior ou inferior do que uma Universidade, novamente dependendo do período em que você opta por estar morando fora.

Assim, quanto mais longo for o período no exterior, maior o valor de um intercâmbio!

O preço do intercâmbio em si sofrerá mais interferências externas de valor, como por conta do destino escolhido, da duração do programa e do tipo de contratações opcionais que você faz no fechamento do seu pacote. 

Serviços extras

Um exemplo é a contratação de acomodação, o que deixará mais caro ou mais barato para você, dependendo do modelo escolhido: casa de família ou residência estudantil.

A hospedagem em uma casa de família inclui a alimentação (2 refeições) e as despesas com energia, internet, água, gás etc. Além disso, proporciona mais privacidade ao estudante, porque ele terá um quarto só para ele.

Nas residências estudantis, o valor dessas despesas pode ser rateado entre todos os estudantes que alugam o espaço, baixando o custo. Contudo, o compartilhamento do ambiente é maior entre os ocupantes e não há alimentação incluída.

Outros exemplos são os serviços de seguro viagem, transfer de chegada do aeroporto e partida, passagens aéreas, dentre outras opções.

Além disso, existem algumas taxas obrigatórias e outras opcionais, que devem ser consideradas para a elaboração do orçamento do preço do intercâmbio e precisam ser esclarecidas logo no início do planejamento:

  • Taxa de matrícula da escola
  • Taxa de material do curso
  • Taxa para emissão do visto
  • Taxa administrativa da agência
  • Taxa de despachantes
  • Taxa de envio de documentação, dentre outras

Sendo assim, não existe um programa mais caro ou mais barato, certo? Esse valor de um intercâmbio vai variar mediante as suas escolhas perante as suas necessidades e prioridades durante esse período que irá morar fora.

E, sem dúvidas, o intercâmbio é um investimento em educação que se paga rapidamente ao longo da vida e traz muitos benefícios, desde os primeiros momentos. 

Confira as principais vantagens de estudar no exterior, que você precisa levar em conta na definição do preço do intercâmbio escolhido.

Vantagens do intercâmbio no exterior

Vantagens do intercâmbio no exterior
  1. Trabalhar no exterior de forma legal (na modalidade de estudo e trabalho)
  2. Transformar, para melhor, a sua vida e a de outras pessoas (no intercâmbio voluntário)
  3. Interagir de forma mais intensa com as pessoas
  4. Aprimorar o aprendizado do idioma
  5. Conhecer o destino a fundo: sua cultura, gastronomia, costumes e tradições
  6. Enriquecer o currículo profissional
  7. Ampliar o networking profissional
  8. Adquirir experiência profissional internacional diferenciada (estudo e trabalho)
  9. Ganhar em moeda estrangeira (estudo e trabalho)
  10. Conhecer muita gente legal
  11. Adquirir maturidade, responsabilidade, autonomia e autoconfiança

Então, me diga quanto custa cada uma destas vantagens!? 

A verdade é que são praticamente impagáveis, e o investimento em educação no intercâmbio perpassa a dimensão acadêmica. É, definitivamente, uma experiência de vida única, de valor inestimável!

Em resumo, essas são algumas das variáveis que vão exercer influência no seu investimento em educação no exterior. 

Nesse sentido, saber quanto custa um intercâmbio é bastante relativo tendo em vista que são diversas opções de programas, serviços e destinos. Converse com nossa equipe pelo WhatsApp e elabore o seu orçamento junto conosco! Temos as melhores condições!

Fique por dentro de tudo sobre intercâmbio

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta