O que fazer em Liverpool: Descubra a cidade dos Beatles

Compartilhe:

Liverpool é uma cidade inglesa famosa por sua rica história, cultura e esportes. Se você está planejando visitar essa cidade, pode se perguntar: o que fazer em Liverpool? 

Neste artigo, vamos dar algumas dicas de atrações imperdíveis para quem quer conhecer melhor a região, descobrindo o que fazer em Liverpool para aproveitar ao máximo a experiência.

Para saber mais informações sobre pontos turísticos e as melhores dicas sobre o que fazer em Liverpool, continue com a leitura!

O que fazer em Liverpool: 

Entre os principais pontos turísticos em Liverpool para conhecer e aproveitar a viagem, temos:

  1. The Cavern Club
  2. Botanic Gardens
  3. Albert Dock
  4. The Beatles Story
  5. Museu de Liverpool
  6. Liverpool Cathedral
  7. Anfield
  8. Walker Art Gallery
  9. World Museum
  10. St George’s Hall
  11. Chinatown
  12. Liverpool ONE
  13. Royal Liver Building
  14. Sefton Park
  15. Mersey Ferry
  16. Speke Hall
  17. International Slavery Museum
  18. The Beatles Fab Four Taxi Tour
  19. Mendips
  20. The Philharmonic Hall
  21. Croxteth Hall and Country Park
  22. Festival Gardens

The Cavern Club

Este é o lugar onde tudo começou para os Beatles e, por isso, um dos pontos turísticos em Liverpool mais famosos.

Por isso, atrai muitas pessoas que procuram o que fazer em Liverpool ao longo de todo o ano.

Foi neste bar subterrâneo que eles fizeram suas primeiras apresentações e foram descobertos pelo empresário Brian Epstein. 

Hoje, o The Cavern Club é um ponto de encontro para os fãs da banda e um palco para shows ao vivo de rock e pop, que movimentam o cronograma dos turistas que procuram o que fazer em Liverpool. 

O bar fica na Mathew Street, no centro da cidade, e abre todos os dias das 10h às 2h, com entrada gratuita durante o período do dia e valores que vão de 2 a 5 libras, dependendo do evento, à noite.

Botanic Gardens

Para definir o que fazer em Liverpool, é preciso saber que a cidade possui dois jardins botânicos que valem a pena visitar: o Wavertree Botanic Garden and Park e o Ness Botanic Gardens. 

Ambos oferecem uma variedade de plantas e paisagens, além de atividades educativas e culturais para quem procura o que fazer em Liverpool. 

São eles:

Wavertree Botanic Garden and Park

O Wavertree Botanic Garden and Park é um parque público do século XIX que ocupa uma área de 14,6 hectares, perfeitos para quem procura o que fazer em Liverpool, sem deixar o contato com a natureza. 

Um dos mais famosos pontos turísticos em Liverpool originalmente foi construído como um jardim botânico privado, mas foi adquirido pela prefeitura de Liverpool na Inglaterra em 1846 e expandido em um parque. 

Ele é listado como Patrimônio Histórico da Grã-Bretanha e possui um conservatório, um lago, uma fonte, um relógio floral e vários monumentos que são procurados diariamente por quem procura o que fazer em Liverpool. 

A atração também abriga o Wavertree Botanic Museum, que exibe coleções de plantas, animais e minerais, que fazem parte do roteiro de viajantes que planejam o que fazer em Liverpool. 

Ness Botanic Gardens

O Ness Botanic Gardens é um jardim botânico da Universidade de Liverpool na Inglaterra que fica na península de Wirral, com vista para o estuário do rio Dee, que também é muito procurado por quem estima o que fazer em Liverpool. 

Foi fundado em 1898 por Arthur Kilpin Bulley, um comerciante de algodão da cidade com paixão por jardins e plantas. 

Ele foi doado à universidade em 1948 por Lois Bulley, filha do fundador, possuindo uma área de 24 hectares e conta com mais de 15 mil espécies de plantas, incluindo rododendros, camélias, narcisos e sorbus. 

A área também conta com uma estufa, um herbário, um centro de visitantes, uma loja e um café. O jardim organiza eventos, atividades, cursos e passeios guiados durante todo o ano.

Com funcionamento diário, o jardim abre às 10h e custa 9 euros por adulto e 4 euros por criança, que estão em busca de opções sobre o que fazer em Liverpool.

Albert Dock

Complexo de docas e armazéns que foi inaugurado em 1846 e foi um dos principais portos comerciais do mundo e pontos turísticos em Liverpool

Atualmente, o famoso ponto de turismo em Liverpool Albert Dock, é uma área revitalizada que abriga vários museus, galerias, lojas, restaurantes e cafés

Entre as atrações do Albert Dock para quem procura o que fazer em liverpool estão:

  • The Beatles Story;
  • Museu de Liverpool, Inglaterra;
  • Museu Marítimo de Merseyside;
  • Tate Liverpool.

O Albert Dock está localizado às margens do Rio Mersey, que fica a aproximadamente 15 minutos do centro de Liverpool na Inglaterra, e conta com acesso gratuito.

The Beatles Story

O museu The Beatles Story é dedicado à história e ao legado dos Beatles, sendo um local muito procurado por fãs e curiosos do mundo todo que estão em busca de o que fazer em Liverpool para aproveitar a viagem.

Ele conta a trajetória da banda desde seus primórdios na cidade Liverpool até sua consagração mundial, com exposições interativas, objetos originais, cenários temáticos e áudios narrados pelos próprios integrantes. 

Além disso, o museu também tem uma réplica do famoso Submarino Amarelo, em homenagem à música “Yellow Submarine” e uma área dedicada à carreira solo de cada Beatle. 

O The Beatles Story fica no Albert Dock e abre todos os dias das 10h às 18h, com ingressos que custam 10 libras para crianças e 17 libras para o público adulto.

É ideal para quem deseja uma viagem animada e procura o que fazer em Liverpool ligado aos Beatles.

Museu de Liverpool

Com entrada gratuita, o Museu de Liverpool na Inglaterra é o museu que celebra a cultura e a identidade da cidade e de seus habitantes através de 4 andares com exposições para quem planeja o que fazer em Liverpool.

Dentre os temas principais, relacionados ao museu como um ponto de turismo em Liverpool, citamos:

  • História;
  • Geografia;
  • Economia;
  • Sociedade;
  • Arte.

Tudo desde a época pré-histórica até os dias atuais da cidade, sendo assim, uma ótima escolha para quem procura se planejar e viver a experiência de montar um roteiro sobre o que fazer em Liverpool. 

O museu também tem uma vista panorâmica para o rio Mersey e uma área interativa para crianças, abrindo todos os dias das 10h às 17h para turismo em Liverpool.

Liverpool Cathedral

A maior catedral da Grã-Bretanha e a quinta maior do mundo, tendo sido construída entre 1904 e 1978 em estilo neogótico, com uma torre de 101 metros de altura, que oferece uma vista espetacular da cidade. 

Ela também tem um órgão com mais de 10 mil tubos, um relógio com o maior sino da Grã-Bretanha e uma capela dedicada aos Beatles. 

Sua localização fica na St James’s Mount, a cerca de 20 minutos a pé do centro da cidade, e abre todos os dias das 8h às 18h. 

A entrada para o turismo em Liverpool é gratuita, mas há uma taxa sugerida de 3 libras para contribuir com a manutenção do edifício.

Você pode visitar a torre da catedral por £5,50 por adulto e £4,50 por criança.

Anfield

Anfield, com capacidade para 54 mil espectadores, é o estádio do Liverpool Football Club, um dos times mais populares da Inglaterra. 

Ele também tem um museu que conta a história do clube e seus ídolos, como Steven Gerrard, Kenny Dalglish e Mohamed Salah. 

O estádio fica na Anfield Road, a cerca de 4 km do centro da cidade Liverpool, e abre todos os dias das 9h às 17h. 

Os valores dos ingressos para o museu variam entre 10 libras para adultos e 8 libras para crianças.

Para assistir a um jogo, é preciso comprar o ingresso com antecedência pelo site oficial do clube.

A Walker Art Gallery é uma das maiores e mais antigas galerias de arte da Grã-Bretanha, fundada em 1877, contando com uma coleção de mais de 8 mil obras, que abrangem desde a Idade Média até os dias atuais. 

Entre os artistas expostos estão Rembrandt, Rubens, Monet, Picasso, Hockney e Freud. 

Com entrada gratuita, a galeria também tem exposições temporárias, eventos educativos e uma loja de souvenirs. Um dos pontos turísticos em Liverpool mais visitados.

Ela fica localizada na William Brown Street, no centro da cidade, e fica aberta todos os dias das 10h às 17h. 

World Museum

Com entrada gratuita, este é um museu que explora a diversidade do mundo natural e cultural, com exposições sobre astronomia, biologia, arqueologia, etnologia e história. 

A atração de turismo em Liverpool conta com:

  1. Planetário;
  2. Aquário;
  3. Viveiro de borboletas;
  4. Galeria egípcia;
  5. Coleção de dinossauros. 

O museu também tem atividades interativas para crianças e adultos e fica na William Brown Street, no centro da cidade. A entrada é gratuita e ele abre todos os dias das 10h às 17h. 

St George’s Hall

St. George-s Hall é um edifício neoclássico que foi construído entre 1841 e 1854 para abrigar tribunais de justiça e salões de festa em Liverpool, Inglaterra

O edifício é considerado um dos mais belos da Europa, com uma fachada imponente, uma escadaria monumental e um teto abobadado, contando também com:

  • Órgão com mais de 7 mil tubos;
  • Piso em mosaico com mais de 30 mil peças;
  • Prisão subterrânea que pode ser visitada. 

Ele fica na St George’s Place, no centro da cidade, e abre todos os dias das 10h às 17h. A entrada é gratuita.

Chinatown

Chinatown é a área onde se concentra a comunidade chinesa da cidade de Liverpool, que é a mais antiga de toda a Europa. 

A área tem vários restaurantes, lojas, mercados e templos que oferecem uma amostra da cultura e da gastronomia chinesas. 

O espaço também tem o maior arco chinês fora da China, que foi inaugurado em 2000 para celebrar o ano novo chinês, com 15 metros de altura, sendo decorado com dragões esculpidos à mão. 

Para visitar Chinatown, você precisa ir até a Nelson Street, a cerca de 10 minutos a pé do centro da cidade.

Liverpool ONE

Liverpool ONE é um complexo de compras, lazer e entretenimento que foi inaugurado em 2008 e é um dos maiores da Europa, além de ser completo para quem procura o que fazer em Liverpool. 

O complexo tem mais de 170 lojas, 35 restaurantes, um cinema, um parque e uma pista de gelo, além de uma área verde chamada Chavasse Park, que oferece uma vista para o Albert Dock e o rio Mersey. 

Com localização no centro da cidade, entre as ruas Paradise e Hanover, o Liverpool ONE abre todos os dias das 9h30 às 20h (ou até as 23h nos fins de semana).

Royal Liver Building

O Royal Liver Building é um dos edifícios mais emblemáticos da cidade de Liverpool e um dos primeiros arranha-céus de todo o mundo. 

Construído entre 1908 e 1911 para abrigar a sede da Royal Liver Assurance, uma companhia de seguros, o edifício tem 90 metros de altura.

Ele é coroado por duas estátuas de pássaros mitológicos chamados Liver Birds, que são o símbolo da cidade, contando ainda com um relógio com o maior mostrador da Grã-Bretanha. 

A construção fica na Pier Head, na margem do rio Mersey, e pode ser visitada com um tour guiado que custa 15 libras para adultos e 10 libras para crianças.

Sefton Park

Sefton Park é um dos maiores e mais bonitos parques da cidade, com 94 hectares de área verde, sendo ideal para quem está planejando o que fazer em Liverpool. 

Foi inaugurado em 1872 e tem lagos, fontes, jardins, campos esportivos e uma estufa vitoriana chamada Palm House, que abriga mais de mil plantas exóticas. 

O parque também é palco de eventos culturais, como o Liverpool International Music Festival e o Africa Oyé Festival. 

Ele fica na Aigburth Drive, a cerca de 4 km do centro da cidade de Liverpool, e tem acesso gratuito.

Mersey Ferry

Mersey Ferry é um serviço de balsa que cruza o rio Mersey entre a cidade de Liverpool e Birkenhead, oferecendo uma vista panorâmica da cidade e de seus edifícios históricos. 

A balsa também faz um passeio temático chamado River Explorer Cruise, que conta a história do rio e sua importância para o desenvolvimento de Liverpool enquanto toca músicas dos Beatles durante o trajeto. 

O Mersey Ferry sai do Pier Head, na margem do rio Mersey, e funciona todos os dias das 10h às 16h. O bilhete custa 11 libras para adultos e 7 libras para crianças.

Speke Hall

Este é um dos exemplos mais bem preservados de uma casa de campo em estilo Tudor na Inglaterra. 

A casa Speke Hall foi construída entre 1530 e 1598 com uma arquitetura impressionante, vigas de madeira, janelas emolduradas e chaminés ornamentadas, por uma família influente chamada Norris.

O espaço também conta com móveis antigos, tapeçarias, pinturas e objetos pessoais dos antigos moradores, além de um jardim com labirintos, roseiras e árvores frutíferas. 

Para visitar a Speke Hall, vá até a  The Walk, a cerca de 13 km do centro da cidade. Ela abre todos os dias das 10h30 às 17h e o ingresso custa 13 libras para adultos e 6 libras para crianças.

International Slavery Museum

Com entrada gratuita, o Internacional Slavery Museum é um museu que aborda a história e o impacto da escravidão no mundo, com foco na experiência dos africanos e seus descendentes. 

O museu tem três galerias que exploram os temas da vida na África, do comércio transatlântico de escravos e da luta pela liberdade e pelos direitos humanos. 

Também é possível visitar, dentro do local, exposições temporárias, eventos educativos e uma loja de souvenirs. 

Localizado no Albert Dock, o museu abre todos os dias das 10h às 17h. 

The Beatles Fab Four Taxi Tour

Muito famoso entre os fãs dos Beatles, o The Beatles Fab Four Taxi Tour é um passeio de táxi que conduz passageiros pelos principais locais relacionados à banda em Liverpool. 

O passeio tem duração de duas horas e meia e passa por lugares como:

  • A casa de infância de cada Beatle;
  • Penny Lane;
  • Strawberry Field;
  • Eleanor Rigby’s Grave;
  • St Peter’s Church Hall, onde John Lennon e Paul McCartney se conheceram. 

Estão incluídas ainda paradas para fotos e curiosidades contadas pelo motorista-guia. 

Todo o passeio sai do Albert Dock e custa 75 libras por táxi, que pode levar até cinco pessoas.

The Philharmonic Hall

The Philharmonic Hall é um dos principais teatros de Liverpool e a sede da Royal Liverpool Philharmonic Orchestra, uma das mais antigas e prestigiadas orquestras do mundo. 

O teatro foi construído em 1939 em estilo art déco e tem capacidade para 1.790 pessoas, contando um bar vitoriano chamado The Philharmonic Dining Rooms e uma programação variada de concertos, musicais, óperas, balés e comédias. 

Localizado na Hope Street, a cerca de 25 minutos a pé do centro da cidade, ele abre todos os dias das 10h às 18h (ou até o início do espetáculo). O ingresso varia de acordo com o evento.

Croxteth Hall and Country Park

Este é um conjunto formado por uma mansão histórica, um parque natural e uma fazenda educativa, muito procurados por quem planeja descobrir o que fazer em Liverpool. 

A mansão foi construída entre os séculos XVI e XIX e foi a residência da família Molyneux, condes de Sefton e conta com salas decoradas com móveis, pinturas, armas e objetos da época.

Além disso, também é possível observar um jardim vitoriano com flores, fontes e estátuas. 

Já o parque tem 202 hectares de área verde, com trilhas, lagos, campos de golfe e um centro de visitantes. 

Enquanto isso, a fazenda tem animais típicos da região, como vacas, ovelhas, cavalos e porcos, além de atividades educativas para crianças. 

O Croxteth Hall and Country Park fica na Muirhead Avenue East, a cerca de 10 km do centro da cidade, e abre todos os dias das 10h às 17h (ou até as 16h no inverno). 

Normalmente, o ingresso custa 6 libras para adultos e 4 libras para crianças. É a opção perfeita para toda a família que se planejar para criar um roteiro de viagem sobre o que fazer em Liverpool.

Mendips

Mendips fica na 251 Menlove Avenue, Liverpool L25 7SA, Inglaterra e é a casa onde John Lennon viveu durante sua infância e adolescência, entre 1945 e 1963. 

Foi ali que ele começou a tocar guitarra, compor suas primeiras canções e formar os Beatles com Paul McCartney e George Harrison. 

A casa é administrada pelo National Trust e mantém os móveis, objetos e decoração originais da época. 

Você pode fazer uma visita guiada pela casa e ver o quarto onde Lennon escreveu alguns de seus primeiros sucessos. A visita custa £16 por adulto e £8 por criança.

Festival Gardens

Localizado na Riverside Drive, Liverpool L17 1AP, Inglaterra, o Festival Gardens é um parque inspirado no Oriente, que possui pagodas, lagos, mini cachoeiras e jardins orientais. 

A atração foi criada em 1984 para sediar o Festival Internacional de Jardinagem de Liverpool, que atraiu mais de 3 milhões de visitantes. 

Depois de passar por um período de abandono, o parque foi restaurado em 2012 e reaberto ao público. É um lugar ideal para relaxar, fazer piqueniques e apreciar a natureza. 

Sua entrada é gratuita e o parque funciona das 8h às 18h todos os dias para quem procura o que fazer em Liverpool. 

Qual a melhor época para viajar para Liverpool?

Não existe uma melhor época exata para decidir viajar e o que fazer em liverpool, mas existem meses que podem favorecer a preferência do intercambista, como por exemplo:

Se você deseja conhecer bem a cidade, o ideal é optar por um programa de intercâmbio em Liverpool, que pode transformar sua experiência com a região e com que ela representa.

Dessa forma, você pode escolher a melhor época para visitar Liverpool, de acordo com suas preferências climáticas, mas sem perder nada que a cidade tem a oferecer durante todo o ano.

É uma imersão que vale muito a pena e que pode melhorar consideravelmente seu nível de inglês, além de permitir a experiência de estar em uma das cidades mais famosas do mundo.

Aproveite o que fazer em Liverpool e tenha o melhor intercâmbio com a IE

Converse com nossos especialistas e aproveite para descobrir o que fazer em Liverpool com quem entende do assunto!

Receba nossas novidades