fbpx
O Réveillon ao redor do mundo

O Réveillon ao redor do mundo

O Réveillon é uma das comemorações mais especiais do ano. A marcação de um recomeço, de um novo tempo é sempre empolgante e deixa as pessoas com vontade de ser melhores no ano que se inicia. Com isso, temos diversas tradições que acabam virando rituais de virada do ano como é o caso de comer uvas e lentilhas, pular as sete ondinhas e passar a virada de branco. Mas você sabia que não é assim em todo lugar do mundo?

A comemoração do Réveillon é muito mais do que apenas a virada do ano, cada país tem suas culturas e tradições. Pensando nisso, preparamos uma lista com alguns destinos e as várias formas de se comemorar a tão esperada virada de ano.

Confira:

Cabo da Boa Esperança, África do Sul

africa-do-sul
Imagem: divulgação

No Cabo da Boa Esperança a virada do ano é comemorada no dia 2 de janeiro com desfiles e lembra muito o carnaval no Brasil. A data se deve à libertação dos escravos na África do Sul, em 1830.

China

china
Imagem: divulgação

O ano novo chinês acontece no 23° dia do último mês lunar. Os chineses pedem prosperidade à família e oferecem comida ao Deus da cozinha. O curioso é que cada ano é dedicado a um animal do signo chinês. Eles acreditam que a queima de fogos atrai sorte e afasta as coisas negativas.

Madri, Espanha

espanha
Imagem: divulgação

Na Espanha a festa começa mais cedo, no dia 28 de dezembro e vai até o dia 6 de janeiro, devido ao Dia de Reis. Na noite de Réveillon os espanhóis comem doze uvas, uma para cada badalada do relógio Puerta del Sol.

Moscou, Rússia

moscou
Imagem: divulgação

Por não comemorarem o Natal, o Réveillon é a principal festa do ano. Os russos vão para a praça vermelha de Moscou e tomam vodka para se esquentar do frio enquanto assistem os fogos de artifícios. As comemorações continuam no dia 13 de janeiro, quando é celebrado o ano novo ortodoxo.

New York, Estados Unidos

new-york
Imagem: divulgação

O Réveillon mais famoso do mundo, acontece exatamente na Time Square. Durante a contagem regressiva, uma enorme maça desce no meio da praça e explode a meia noite, espalhando balas e doces por todos os lados.

Atenas, Grécia

grecia
Imagem: divulgação

O ano novo grego é repleto de superstições. Eles fazem um bolo e colocam uma moeda dentro, na virada de ano o bolo é cortado e distribuído entre as pessoas que estão na festa. Acredita-se que quem recebe o pedaço com a moeda, tem um ano cheio de sorte.

Escócia

escocia
Imagem: divulgação

Os escoceses comemoram a virada do ano em um ritmo bem animado: das 8 horas do dia 31 de dezembro até às 6 horas do dia primeiro de janeiro. Para eles, essa data é mais importante do que o Natal e tem desfiles de gaiteiros e dançarinos típicos na rua principal de Edimburgo, a capital. À meia noite, os canhões do Castelo de Edimburgo são disparados e há uma grande queima de fogos, seguido de um solo feito pelo gaiteiro, que se posiciona no topo do castelo. E tem mais: os escoceses trocam biscoitos para desejar boa sorte

França

franca
Imagem: divulgação

Autora do nome “Réveillon”, a encantadora França comemora a passagem de ano de uma forma bem legal:  eles se reúnem entre amigos e familiares regados a boa comida e bebida. À meia noite, todos os convidados da festa se beijam e tomam muita champanhe (de verdade).

 

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *