Braga, Portugal: Tudo sobre a cidade mais antiga de Portugal!

Quer saber como é Braga, Portugal? Confira neste artigo como é a cidade de Braga, conheça o clima, o que fazer e os melhores bairros.
Compartilhe:

Braga em Portugal é um dos destinos mais escolhidos pelos brasileiros, seja para fazer intercâmbio ou turismo. 

Além de oferecer ótima qualidade de vida, Braga em Portugal possui diversos bairros e monumentos históricos com bastante cultura para visitar e conhecer.

Braga em Portugal é uma cidade cheia de curiosidades. Pensando nisso, decidimos criar esse artigo para mostrar tudo sobre o que fazer na cidade.

Afinal, como é Braga em Portugal?

Braga em Portugal é uma cidade no extremo norte de Portugal, a sétima maior do país, conhecida pela herança e eventos religiosos, com cerca de 15 monumentos nacionais.

Comumente chamada de “Cidade dos Arcebispos”, por ser do Arcebispo mais importante da Península Ibérica durante séculos.

É dividida em 37 freguesias, conhecida pelos brasileiros como bairros, Braga em Portugal é a cidade mais antiga do país, o motivo de ser tão famosa e repleta de tradições.

Algumas informações básicas sobre a cidade de Braga são:

História da cidade de Braga

Braga em Portugal foi a primeira cidade portuguesa, ou seja, quando o país foi fundado só existia uma cidade, a cidade de Braga e foi um importante centro religioso e cultural na Idade Média.

Foi fundada inicialmente como Bracara Augusta, ainda no império romano no século I a.C, a cidade de Braga possui mais de 200 anos de história.

Hoje, a cidade de Braga é conhecida como a “Roma portuguesa” devido à grande quantidade de igrejas e monumentos religiosos que possui, incluindo a Catedral de Braga. 

A cidade também é um importante centro universitário, com uma das mais antigas e prestigiadas universidades de Portugal, a Universidade do Minho.

Cultura de Braga

Braga em Portugal possui como principal fonte de cultura a lusitana, com algumas influências vindas de imigrantes.

Com diversas tradições e costumes, a cultura é baseada principalmente na religião, como mostrado em seus monumentos.

As principais formas de cultura de Braga em Portugal são através de: 

  • Gastronomia, 
  • Artesanato, 
  • Festivais 
  • Patrimônios históricos da cidade.

Gastronomia

O bacalhau assume-se como o prato principal de quase todo lugar, por suas inúmeras receitas, o bacalhau se tornou especialidade no local.

Outros pratos famosos são o arroz de pato, as papas de sarrabulho com rojões, o cabrito à moda de Braga, as frigideiras do Cantinho ou as da Sé e os rojões à moda do Minho.

Artesanato

O artesanato de Braga ultrapassou as fronteiras de Portugal há muito tempo. A viola braguesa foi o instrumento a dar origem ao famoso ukelele ao ser levado por imigrantes.

Artigos tradicionais que facilmente se encontram nas ruas de Braga em Portugal são os bordados, a cestaria, miniaturas em madeira, farricocos, bijuteria, ferro forjado, as louças típicas de Braga coloridas e de forma atrativa.

Festivais

Existem diversas festividades em Braga durante o ano todo, a maioria com bastante influência religiosa. Alguns dos festivais mais famosos são:

  1. Festa de São João em Braga: Realizada anualmente no mês de junho, possui vários elementos tradicionais como  a presença do carro com a Dança do Rei David e as “lavradeiras” ostentando as Velas Votivas de Braga;
  2. Semana Santa (Páscoa): Com altares decorados de flores e velas, a semana se caracteriza é cheia de apresentações e atividades para se realizar, remetendo ao amor de Cristo;
  3. Dia da Cidade: Celebrada no dia de São Geraldo, 5 de dezembro, é uma celebração oficial, com sessão solene e entrega de medalhas da cidade, não havendo festa popular, com enfeites de fruta  a especial decoração da Capela de São Geraldo em Braga, Portugal;
  4. Festa dos Patronos: Pela cidade inteira, cada paróquia celebra a festa do seu patrono. São particularmente conhecidas as de São Vicente e da ‘Cónega’, bem como as de Nogueiró e Nogueira, com festividades e costumes significativos, como por exemplo os “moletinhos” no dia de São Vicente e São José;
  5. Braga Romana: Nestas festividades, decorrem anualmente no início do mês de Junho, são recriados alguns aspetos da vida no tempo da República Romana, com representações e simulações variadas.

Patrimônios históricos

Braga possui 15 monumentos históricos, alguns já citados anteriormente, muitos com origem romana que tornam a cidade de Braga historicamente importante.

Dentre os patrimônios, podemos citar:

  1. Via Romana XVII:  ligava as cidades de Bracara Augusta (atual Braga) e Asturica Augusta (atual Astorga) passando pela cidade de Aquae Flaviae (Chaves), num total de cerca de 365 km;
  2. Mosteiro de Dume: local destinado a arqueologia, onde funciona o Núcleo Museológico de São Martinho de Dume, um museu na freguesia de Real, Dume e Semelhe. O museu tem como objetivo principal expor o Sarcófago de S. Martinho de Dume e a Basílica de São Martinho de Dume em Braga, Portugal;
  3. Estação Arqueológica de Santa Marta das Cortiças: localiza-se no alto do monte da Falperra, a 3 km de Braga, na freguesia de Esporões. É constituída por importantes vestígios de várias épocas, um castro, uma basílica paleocristã, um palácio suevo e um castelo medieval;
  4. Museu de Arqueologia Dom Diogo de Sousa: O seu acervo possui colecções de arqueologia, da região Norte de Portugal, com particular incidência em torno de Braga, cuja cronologia se estende do Paleolítico à época Medieval. É considerada a “melhor coleção de miliários de toda a Europa”.

Pontos turísticos na cidade de Braga

Braga, Portugal

Braga em Portugal é uma das cidades portuguesas com diversas opções de lazer, desde praças e parques até monumentos arquitetônicos.

Com essa grande diversidade de atividades, é possível explorar a cultura portuguesa em Braga, com lugares históricos, igrejas e santuários.

Alguns dos pontos turísticos de Braga são:

  • Santuário do Bom Jesus do Monte;
  • Fonte do Ídolo e Palácio do Raio;
  • Arcada da Lapa e Torre de Menagem;
  • Jardim de Santa Bárbara e Sé de Braga;
  • Termas Romanas de Maximinos;
  • Mosteiro de São Martinho de Tibães;
  • Santuário de Nossa Senhora do Sameiro;
  • Theatro Circo;
  • Arco da Porta Nova;
  • Paço Episcopal Bracarense;
  • Basílica dos Congregados.

Santuário do Bom Jesus do Monte

Localizado em cima de uma colina, o Santuário do Bom Jesus do Monte tem uma das melhores vistas da cidade e é um dos melhores pontos turísticos de Braga.

No exato local onde se encontra o santuário, acredita-se que foi erguida uma cruz, no alto do Monte de Espinho, no início do século XIV. 

É um complexo que conta com escadarias, o elevador e a Igreja do Bom Jesus, e um parque. A igreja é um dos primeiros edifícios de estilo neoclássico do país. 

A planta da igreja apresenta um formato de cruz latina e a fachada é ladeada por duas torres e encimada por um frontão triangular.

Fonte do Ídolo e Palácio do Raio

Também chamado como a “Casa do Mexicano”, o Palácio do Raio, localiza-se na Rua do Raio em Braga, Portugal e é um dos mais famosos  pontos turísticos de Braga.

É um dos mais bonitos edifícios da cidade, em estilo barroco joanino. A fachada é completamente decorada, ricamente trabalhada e também tem 11 janelas.

Os ornatos são assimétricos, dando ao edifício uma dinâmica e um dramatismo que são comuns na obra do arquitecto André Soares.

Já a Fonte do Ídolo, também localizada na Rua do Raio, é um dos  pontos turísticos de Braga classificados como Monumento Nacional desde de 16 de junho de 1910.

Com inscrições e figuras esculpidas num afloramento natural de granito, com uma inscrição indica que um indivíduo de nome Celico Fronto, natural de Arcóbriga, que mandou fazer.

A Fonte do Ídolo é o único monumento romano de Bracara Augusta que sobreviveu quase completamente intacto até aos dias atuais, sendo importante pelas informações que fornece.

Arcada da Lapa e Torre de Menagem

Conhecido apenas como “Arcada”, o edifício Arcada da Lapa foi construído em 1715 encostado à muralha de um antigo castelo. Desse castelo, só resistiu a Torre de Menagem.

Um edifício de dois pisos interrompido a meio pela Igreja da Lapa. O piso térreo é ocupado por lojas comerciais, na grande maioria de restauração.

A torre de menagem ou Torreão, em arquitetura militar, é o que restou da estrutura central de um castelo medieval, e atualmente um dos  pontos turísticos de Braga.

A torre de menagem, como é conhecida em Braga, Portugal, foi uma estrutura comum nos castelos da Europa medieval, sendo equivalente à torre del homenaje em Castela.

Jardim de Santa Bárbara e Sé de Braga

Um dos jardins mais bonitos da cidade de Braga, o Jardim de Santa Bárbara mistura a geometria com as cores aleatórias das flores e vegetação.

O jardim está localizado no centro da cidade, interrompendo a sequência de construções de de tijolo e cimento, é considerado um tipo de oásis da cidade.

O Sé de Braga, ou Catedral de Braga, é um templo românico com fachada neste estilo, ladeada por duas torres sineiras onde se abre o portal principal.

Considerada como um centro de irradiação episcopal e um dos mais importantes templos do país, aqui estão os túmulos de Henrique de Borgonha e Teresa de Leão.

Termas Romanas de Maximinos

As Termas Romanas de Maximinos são um monumento nacional de Braga em Portugal desde 1986, um dos mais visitados pontos turísticos de Braga possui cerca de 850 metros quadrados.

Escavações arqueológicas em 1997 descobriram ruínas de umas termas públicas junto ao “Forum” da antiga cidade romana de “Bracara Augusta“.

Essas termas romanas eram edifícios de banhos, onde se tratava da higiene, mas onde também se podia conviver e educar.

Nos finais do século III foi profundamente remodelado numa obra que pode estar relacionada com todo um programa de renovação urbana.

Mosteiro de São Martinho de Tibães

Localiza-se na freguesia de Mire de Tibães, esse ponto turístico de Braga também é conhecido como Mosteiro de Tibães ou Igreja e Mosteiro de Tibães.

O museu do mosteiro conserva um fragmento do espólio da região, somando novas peças relacionadas com a história do mosteiro e a congregação Beneditina.

Fundado no século XI, esse ponto turístico de Braga tornou-se Casa-Mãe da Congregação de S. Bento dos Reinos de Portugal a partir de 1567.

Foi recomendado pela Assembleia da República, reconhecer o monastério como monumento nacional em 21 de janeiro de 2015.

Santuário de Nossa Senhora do Sameiro

Um monumental santuário de estilo neoclássico, foi construído durante quase um século, iniciando em 1863 e finalizando em algum momento do século XX.

Este ponto turístico de Braga, foi elevado a Basílica pelo Papa Paulo VI, em 1964. Possui uma famosa imagem da Nossa Senhora do Sameiro no altar principal.

A escultura foi feita em Roma e benzida pelo Papa Pio IX, portando uma coroa com cerca 2,5 kg em ouro maciço, oferecida em 1904 pelas mulheres de Portugal.

Logo à frente do santuário, se encontra uma escadaria que leva a mais dois altares, com as imagens da Virgem Maria e do Sagrado Coração de Jesus.

Theatro Circo

Um ícone cultural de Portugal, fundado em 1915, é um dos mais antigos teatros do país e foi projetado pelo arquiteto João de Moura Coutinho, misturando os estilos Art Nouveau e neoclássico.

É conhecido pela sua programação variada, que inclui espetáculos de teatro, música, dança, cinema e outras formas de arte, recebendo artistas nacionais e internacionais.

Passou por várias reformas ao longo de sua história, sendo a última em 2006, que restaurou sua beleza original e modernizou suas instalações, tornando-o mais atrativo.

Com capacidade para mais de 1000 pessoas, o Theatro Circo é um local para experimentar a arte e a cultura num ambiente histórico e encantador.

Arco da Porta Nova

Construída em 1512 pelas ordens do arcebispo D. Diogo de Sousa, o arco nunca chegou a ter uma porta por desconsiderarem a importância dela.

Não levando a caminho específico nenhum, o Arco da Porta Nova, é o primeiro de oito arcos que fazem o mesmo e um dos  pontos turísticos de Braga mais visitados.

O arco foi originalmente construído como uma entrada para a cidade murada de Braga e hoje é um importante ponto turístico e cultural da região.

A versão atual, foi reedificada em 1772, pelo pedido do  arcebispo D. Gaspar de Bragança, e é um monumento nacional de Braga, Portugal desde 1910.

Paço Episcopal Bracarense

Localizado em frente à Sé de Braga, é um dos  pontos turísticos de Braga mais completos. Hospeda departamentos de universidade, bibliotecas, além de numerosas pinturas.

Construído durante o século XIV, o Paço Episcopal Bracarense foi ampliado durante os séculos XVII e XVIII, sendo lar de arcebispos por vários séculos.

O edifício apresenta uma mistura de estilos projetados, incluindo gótico e barroco, e é conhecido por seus belos jardins e fachadas impressionantes em Braga, Portugal.

O Paço Episcopal Bracarense é um importante centro cultural, abrigando exposições e eventos culturais ao longo do ano tornando-o um dos  pontos turísticos de Braga mais visitados.

Basílica dos Congregados

O último local dos  pontos turísticos de Braga teve início da construção no século XVI e finalizada no século XX, foi projetada pelo arquiteto André Soares.

Foi benzida em 27 de outubro de 1717, mesmo faltando construir as torres e colocar as estátuas nos respectivos nichos.

A finalização desse  ponto turístico de Braga foi feita por António Augusto Nogueira da Silva e com projeto do arquiteto Alberto da Silva Bessa em 1964.

Originalmente construída como uma igreja jesuíta em Braga, Portugal, a Basílica é agora uma importante igreja paroquial, frequentemente visitada por turistas pela​ arte e arquitetura religiosa barroca.

Melhores bairros de Braga

Existem 37 bairros de Braga (chamados de freguesias), cada um com suas características e vantagens próprias.

Escolher o melhor bairro da cidade, para turismo ou para morar em Braga, depende dos seus gostos e estilo de vida.

Se pretende estudar em Braga, os melhores  bairros de Braga são:

  • Gualtar;
  • Lamaçães;
  • São Victor.

Se pretende morar na cidade, em lugares mais ao centro, são recomendados os bairros de Braga:

  • Sé;
  • Cividade;
  • Maximinos.

E se deseja os bairros de Braga que possuem um clima mais calmo são:

  • Lamaçães;
  • Tenões;
  • Nogueiró.

Gualtar

Uma área residencial tranquila em Braga, Portugal conta uma mistura de casas modernas e tradicionais, e possui cerca de 6.000 habitantes da cidade de Braga.

Possui uma igreja paroquial, várias trilhas para caminhadas e áreas verdes, incluindo o Parque da Ponte, um parque popular entre os moradores locais para atividades ao ar livre.

É um dos bairros de Braga próspero e agradável para se viver em Braga, com fácil acesso ao centro da cidade e outras áreas próximas. 

Lamaçães

Um dos maiores  bairros de Braga e tem uma população de cerca de 10.000 habitantes. A freguesia é conhecida por suas áreas verdes, incluindo o Parque da Ponte.

Lamaçães também é lar da Universidade do Minho, uma das principais universidades de Portugal. Além disso, ela abriga o Centro Comercial Braga Parque.

É um lugar popular para se viver em Braga, Portugal. Pois tem muitas opções de moradia e fácil acesso a outras zonas da cidade de Braga e região.

São Victor

Um dos mais antigos  bairros de Braga, com uma história que remonta ao período romano, conhecida por sua arquitetura antiga, ruas estreitas e vários edifícios históricos.

É o lar de vários museus e centros culturais de Braga em Portugal, incluindo o Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, que apresenta uma coleção de registros arqueológicos e históricos da região.

Além de ser uma região movimentada, com muitas lojas, restaurantes e cafés, é frequentemente visitada por turistas que desejam explorar a rica história e cultura da cidade de Braga.

Conhecida por ser uma das áreas mais antigas e importantes da cidade de Braga, com uma rica história e patrimônio cultural.

A freguesia da Sé alberga vários outros edifícios históricos, incluindo o Palácio do Raio, um palácio barroco do século XVIII e o Arco da Porta Nova, sendo um dos preferidos para morar em Braga.

É um dos bairros de Braga mais movimentados e vibrantes da cidade, com uma grande variedade de lojas, restaurantes e cafés, compras e gastronomia local.

Cividade

Esse bairro de Braga guarda o importante sítio arqueológico da Cividade, desde da época romana e que é considerado um dos mais importantes da região de Braga, Portugal.

Além de ser um dos favoritos para morar em Braga, abriga uma série de outros marcos históricos e culturais, incluindo a igreja paroquial de Santa Maria, que apresenta elementos românicos e góticos.

É uma freguesia tranquila e rural, popular para aqueles que desejam explorar a história e a cultura da cidade de Braga, bem como desfrutar da beleza natural da região.

Maximinos

Uma das freguesias mais populosas da cidade de Braga, com uma área residencial densamente povoada, além de várias lojas, restaurantes e outras atividades comerciais.

Maximinos é conhecido por abrigar a Escola Secundária Carlos Amarante, uma das maiores escolas secundárias da cidade, tornando-o um dos favoritos para morar em Braga.

É um dos bairros de Braga  movimentado e diversificado, com uma mistura de história e modernidade, e oferece uma ampla gama de atividades culturais e de lazer para os moradores e visitantes de Braga em Portugal.

Tenões

Tenões é um dos bairros de Braga residencial e emocional, que oferece uma série de atividades culturais e de lazer para os moradores e visitantes de Braga.

É lar de várias instituições educacionais importantes, como a Escola Básica de São João do Souto e o Colégio Dom Diogo de Sousa, uma instituição privada de ensino superior.

Pontos turísticos importantes da freguesia incluem a Igreja de São João do Souto, um marco histórico da cidade, que remonta ao século XVII, e a Fonte de São João.

Nogueiró

É uma área predominantemente residencial de Braga em Portugal, com uma população de cerca de 10 mil habitantes. Esse bairro de Braga é limitado pelas freguesias de Real, Padim da Graça, Lamaçães e Espinho.

Possui várias instituições educacionais, incluindo a Escola Básica e Secundária de Nogueiró e a Escola Secundária Carlos Amarante, perfeito para quem quer morar em Braga.

Alguns dos pontos turísticos mais importantes da freguesia incluem a Capela de São Roque, a Capela de São Mamede, a Igreja Paroquial de Nogueiró e a Fonte dos Amores.

Por que morar em Braga?

Cidade de Braga

Morar em Braga lhe dará diversos benefícios, pois oferece uma ampla gama de serviços públicos, incluindo hospitais, clínicas, escolas, universidades e bibliotecas.

Braga em Portugal é uma cidade acolhedora e agradável para se viver, com uma população de cerca de 200 mil habitantes. É uma cidade de médio porte, com diversos bairros de Braga para escolher.

Além disso, a cidade tem  transporte público acessível e eficiente, outro benefício de Braga que atraía trabalhadores.

Possui um património histórico e cultural muito rico. Outra vantagem de morar em Braga é por ser uma cidade segura, com baixas taxas de criminalidade.

Braga fica a cerca de 50 km do Porto e a cerca de 300 km de Lisboa, tornando-a um ponto estratégico para viagens em Portugal e na Europa, outra vantagem em morar em Braga.

Morar em Braga também lhe dá o benefício culinário, pois a cidade também é conhecida pela sua excelente gastronomia, com uma grande variedade de pratos típicos locais.

Em resumo, morar em Braga é uma excelente escolha para quem procura uma cidade com qualidade de vida, rica em cultura e história, com boa infraestrutura e localização.

Empregabilidade em Braga, Portugal

Quando se pretende morar em Braga, uma preocupação é onde tem oportunidades de trabalhar na cidade. 

Como uma cidade em constante crescimento e desenvolvimento, com várias oportunidades de emprego em diversos setores.

Algumas das principais áreas de emprego na cidade incluem:

  1. Tecnologia e inovação: Braga é conhecida por ser um centro de tecnologia e inovação, com várias empresas de tecnologia, startups e incubadoras de negócios. Algumas das principais empresas da cidade incluem a Bosch, a Fujitsu e a Altice Labs.
  2. Educação: Braga é uma cidade universitária, com várias instituições de ensino superior, como a Universidade do Minho e o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. Há também várias escolas e instituições de formação profissional na cidade.
  3. Saúde: Braga tem um sistema de saúde bem desenvolvido, com vários hospitais, clínicas e internações médicas. Há também várias empresas de tecnologia médica na cidade.
  4. Turismo: Braga é uma cidade turística, com um grande número de visitantes todos os anos. Há várias oportunidades de emprego no setor de turismo, incluindo hotéis, restaurantes, lojas de souvenirs, agências de turismo, entre outros.
  5. Indústria: A cidade tem uma forte indústria, com várias empresas nas áreas de metalurgia, têxtil e calçado.
  6. Serviços: Como em qualquer cidade, Braga em Portugal há várias oportunidades de emprego em lugares, como bancos, supermercados, lojas e outras empresas de serviços.

Resumindo, Braga em Portugal oferece uma ampla gama de oportunidades de emprego em vários setores, tornando-a uma cidade atraente para trabalhar e viver.

Intercâmbio em Braga

Quando se trata de morar em Braga, uma das muitas formas de fazer isso, é através da realização de um intercâmbio na cidade.

Um intercâmbio em Braga pode oferecer a oportunidade de explorar uma cultura rica e histórica, viver em uma cidade agradável, acessível e estudar em instituições de ensino de alta qualidade.

Algumas das vantagens de um intercâmbio em Braga são:

Conheça a cidade de Braga com a IE

Morar em Portugal

Braga em Portugal é uma cidade rica em história e cultura, sendo um dos destinos favoritos para os amantes de arte e história.

Com diversidade de atrações e pontos turísticos, Braga em Portugal é uma ótima cidade tanto para turistas, quanto para intercambistas e para quem deseja morar em Braga.

Agora que conhece um pouco mais sobre a cidade, entre em contato com um de nossos especialistas e planeje sua viagem para Braga em Portugal.

Receba nossas novidades